28 de outubro de 2016

Feitiços: Coisas que trazem azar

Em todas as culturas temos costumes e crenças que dizem trazer sorte ou azar. Continuando com os post de Halloween, hoje eu vou explicar as origens de algumas superstições que trazem azar

Espelhos quebrados
Antigamente na Grécia, existia um oraculo onde as previsões eram feitas usando o reflexo formado na água, eles acreditavam que o reflexo era uma forma de representação da nossa alma portanto, quebrar ou ferir o reflexo seria como quebrar a nossa alma e um aviso de que dias ruins se aproximavam.
No caso dos sete anos de azar, para os gregos o ciclo da vida dos humanos era renovado a cada 7 anos, desse modo passados os sete anos, o azar acabaria.
Para se livrar do azar você deve moer os pedaços e enterra-los na terra para que eles parem de refletir a sua "alma quebrada"

Abrir o guarda-chuva dentro de casa
Alguns dizem que os guarda-chuvas surgiram no Egito antigo e eram usadas apenas pelos faraós para se proteger do sol, como o faraó era considerado um descendente dos deuses, as pessoas passaram a acreditar que o guarda-chuva era um objeto que ligava o faraó com o deus do sol, por isso usar um guarda-chuva em um local coberto era um ofensa ao deus sol.
Outro motivo seria porque quando os primeiros guarda-chuvas chegaram na Europa, eles eram usados em funerais por clérigos religiosos o que levou muitas pessoas a associarem os guarda-chuvas com a morte de familiares e amigos.

Passar embaixo de escadas
Assim como os guarda-chuvas para os egipcios, o triangulo era uma forma sagrada e como uma escada encostada na parede formava um triangulo, passar por baixo dela era o mesmo que profanar esse simbolo.
Há também quem diga que antigamente quando um castelo era atacado, os invasores usavam escadas para escalar os muros, para se defender os soldados jogavam óleo fervente nas escadas, dando um banho mortal em quem estivesse embaixo.

Derrubar sal
Desde a antiguidade o sal era considerado um produto caro e com o poder de afastar espíritos malignos, derrama-lo seria um desperdício impensável e com certeza um sinal de má sorte. Os sumérios costumavam anular o azar jogando o sal derramado sobre o ombro esquerdo.



Fontes:
http://www.terra.com.br/esoterico/infograficos/simbolos-azar/
https://www.sombrinhas.com/blog-sombrinhas-guarda-chuvas/abrir-o-guarda-chuva-dentro-de-casa-da-azar-ndash-a-origem-da-supersticao/
http://www.megacurioso.com.br/supersticoes/72887-veja-porque-dizem-que-quebrar-um-espelho-pode-dar-sete-anos-de-azar.htm
http://hypescience.com/a-origem-de-9-supersticoes-comuns/
http://www.adcamigosparasempre.com.br/2012/11/passar-embaixo-da-escada-da-azar.html
http://kingdomofstyle.typepad.co.uk/my_weblog/2014/02/the-mirror-cracked.html
https://minilua.com/origem-famosas-supersticoes/

Nenhum comentário:

Postar um comentário