30 de setembro de 2016

Calendário Egípcio

Eu já havia feito dois post sobre esse tema, um sobre o calendário celta, e o outro sobre o calendário greco-romano, por isso achei que seria interessante falar sobre o calendário egípcio.

Assim como os celtas, os primeiros calendários egípcios eram baseados no ciclo lunar, mas com o passar do tempo os egípcios perceberam que as cheias do rio Nilo aconteciam nas mesma época em que a estrela Siriús surgia no horizonte, pouco antes do nascer do sol.

Como as cheias do Nilo eram extremamente importantes para a agricultura, eles usaram essas descobertas para criar o calendário solar com 365 dias, usando como base o calendário lunar de 354 dias.

O ano era dividido em 12 meses com três semanas, sendo que cada semana tinha 10 dias, isso totalizava um ano de 360 dias mais 5 dias dedicados a homenagear os deuses: Hórus, Seth, Ísis, Osíris e Néftis

Meses egipcios (nomes gregos):

  1. Djehuti (Thoth)
  2. Paneipet (Phaophi)
  3. Huthor (Athyr)
  4. Kahorka (Choiak)
  5. Taabet (Tybi)
  6. Panepamekheru (Mechir)
  7. Paneamen-hotep (Phamenoth)
  8. Panerenenutet (Pharmouthi)
  9. Panekhensu (Pachons)
  10. Paneinet (Payni)
  11. Ipip (Epiphi)
  12. Mesutré (Mesore


A vida no Egito girava em torno do rio Nilo, e o ciclo de cheias dividiu o ano em três estações de quatro meses: Akhet, Peret, Shemu.

Akhet (Período das inundações)
Antes de chegar no deserto do Egito, o Nilo passava por varias florestas tropicais da Africa trazendo consigo um lodo escuro e fértil. Quando o rio inundava, a terra era coberta com esse lodo se tornando fértil e úmida. Essa estação ocorria aproximadamente de junho à outubro.

Peret (Período do plantio)
Começava em meados de outubro e se estendia até o inicio de fevereiro, o peret marcava o inicio do plantio e cultivo da terra.

Shemu (Período da colheita)
De fevereiro até junho era a época da colheita, também conhecida como estação da seca ou verão. No mês de maio o Nilo atingia o seu nível mais baixo voltando a encher nos meses seguintes.

Dias dedicado aos deuses
Os cinco dias dedicados aos deuses aconteciam no final do ciclo, cada um comemorava o nascimento de um deus e seriam correspondentes aos dias 10, 11, 12, 13 e 14 de junho do nosso calendário, sendo que o dia 15 era dedicado os nascimento do deus Rá, marcando o festival de ano novo no calendário egípcio.

Fontes:
http://antigoegito.org/calendario-egipcio/
http://www.calendarios.info/o-calendario-egipcio/
http://www.solbrilhando.com.br/Curiosidades/Calendarios/Calendario_Egipcio.htm
https://cultura.revues.org/1296
http://www.nationalgeographic.com.es/historia/grandes-reportajes/la-astronomia-en-egipto_7198

29 de setembro de 2016

Pedras: Obsidiana

A obsidiana é uma pedra escura de origem vulcânica podendo ser encontrada em diversas partes do mundo, por causa de sua abundancia, ela era muito utilizada em ornamentos, espelhos, facas e joias.

Físico:
Pode auxiliar o sistema digestivo e traz equilíbrio para as energias físicas do corpo, ela também melhoraria a circulação diminuindo problemas com mãos e pés frios. Os nativos americanos acreditavam que essa pedra poderia aguçar tanto a visão interior quanto a exterior.

Mental:
A obsidiana é conhecida por agir sobre aquilo que está oculto e não resolvido, podendo algumas vezes ajudar a superar arrependimentos passados e antigos amores, afastando a negatividade e despertando o desejo de viajar e conhecer o mundo.

Porém deve ser usada com certa cautela já que esse vidro vulcânico permite entrar nos pensamentos mais profundos das pessoas se tornando um perigo nas mãos erradas.

Espiritual:
Costumava ser utilizada em rituais de adivinhação no antigo México pois ela poderia reforçar o dom da profecia, ou como facas e adagas em sacrifício maias.

Obsidianas também são usadas na fabricação de espelhos negros que podem servir como um portal para se comunicar com o mundo dos mortos, nesse caso, é aconselhável que se cubra o espelho quando não o estiver usando, pois a energia que emana dele poderia contaminar as pessoas que passassem por perto.



Fontes:
http://significado-das-pedras.blogspot.com.br/2014/04/significado-da-pedra-obsidiana.html
http://www.personare.com.br/obsidiana-pedra-tira-voce-da-zona-de-conforto-m5549
http://www.seressencial.com/potencia.php?c=16
http://medialabufrj.net/2014/10/o-espelho-negro-indagacoes-sobre-o-lado-obscuro-do-reflexo/
https://www.youtube.com/watch?v=e9GKyd4Al0c
http://pt.altarta.com/04_22/propriedades-medicinais-e-magicas-de-obsidiana/
https://mindbodyspiritualawareness.com/tag/obsidian/

27 de setembro de 2016

Plantas: Morango

Vermelho como a rosa e no formato de um coração, o morango é uma fruta carnuda e levemente acida, sua safra ocorre nos meses de julho a novembro quando as frutas estão mais doces e suculentas.

Cultivo:
Existem dois tipos principais de morangos, os remontantes que devem ser plantados na primavera e crescem continuamente de junho á outubro, e os não-remontantes que são plantados no final do verão e produzem morangos apenas uma vez por ano entre abril e junho.

Morangos precisam de pelo menos seis horas de sol direto para desenvolver fruto saborosos, seu solo deve absorver bem a água ao mesmo tempo que permite seus escoamento, sendo regados pelo menos uma vez por semana, o ph ideal seria em torno de 5,3 e 6,5. Também não é aconselhável que plante-os próximos à raízes de grandes arvores já que elas poderiam roubar a umidade da terra ou em locais onde já foram cultivados tomates, pimentas, berinjelas ou batatas, pois elas são suscetíveis às mesmas doenças.

Medicinal:
A infusão feita com as folhas pode ser usada para limpar queimaduras e pequenos ferimentos, como gargarejo ela ajuda a tratar inflamações na gengiva e na garganta.
Os frutos frescos costumavam ser usados para tratar gota, artrite, tuberculose e reumatismo por serem refrescantes, uma compressa feita com morangos amassados por exemplo pode aliviar queimaduras de sol e inflamações na pele, alem de funcionar como um relaxante em casos de gastrite e convalescência.

Infusão de Morango
Ingredientes:
1 colher de chá de folhas secas de morango
1 xícara de água quente

Modo de preparo:
Coloque as ervas em um bule e despeje a água por cima, tampe e deixe descansar por 10 minutos antes de coar. Beba uma xícara dessa infusão três vezes ao dia para combater diarreia.


Culinário:
Pode ser consumido ao natural, com açúcar, chantily, creme de leite, ou usado na preparação de sucos, caldas e doces em geral.
Em sobremesas ele costuma servir como recheio para tortas ou bolos, podendo também ser usado em iogurtes, sorvetes, geleias, gelatinas e pudins.
Alem disso ele também pode ser usado em drinks e pratos salgados como risoto e carnes.

Magia:
Regido por Vênus e Júpiter, o morando é muito comum em feitiços relacionados ao amor, à sorte e à prosperidade.

Por ser uma fruta ligada às deusas do amor, ele costuma ser usado tanto para poções do amor quanto para curar desilusões amorosas e ativar a energia sexual.
Morangos também são associada ao equinócio de primavera e ao festival de Beltane, o casamento dos deuses.

Fontes:
http://omeujardim.com/artigos/como-cultivar-morangos
http://www.plantasmedicinaisefitoterapia.com/morango-fruta-beneficios.html
CURTIS, Susan; GREEN,Louise; ODY, Penelope; VILINAC, Dragana. O livro de receitas das ervas medicinais: Informações essenciais para plantar, cozinhar e produzir cosméticos e remédios naturais. São Paulo: PubliFolha, 2011.
http://nplantas.com/morango-uso-culinario/
http://www.terra.com.br/culinaria/infograficos/receitas-com-morango/
http://sortegoodluck.blogspot.com.br/2013/03/magia-com-ervas-e-seu-significado.html
http://sonhosdeflora.blogspot.com.br/
http://bruxariaemagiasolitaria.blogspot.com.br/p/ervas_10.html
https://bibliotecadasbruxas.blogspot.com.br/2013/08/magia-com-frutas-vermelhas.html
https://www.meliuz.com.br/blog/morango-faz-bem/
http://digamaria.com/2013/07/calda-de-morango-facil-e-rapida/#.V-cvQPArLIU

25 de setembro de 2016

Mitologia: Pesadelos

Conhecido como o cavalo infernal, pesadelos costumam servir de montaria para demônios e outros seres malignos sendo que raramente são vistos sozinhos sem um cavaleiro, são animais perigosos capazes de atravessar barreiras dimensionais e causar ferimentos incuráveis com seus cascos.

Origem:
Acredita-se e que os cavalos pesadelos sejam demônios Alps que assumiram a forma de cavalos. Alps são espíritos de pessoas que cometeram crimes hediondos como assassinato ou estupro, suas almas então seriam arrastadas para o inferno antes de voltar para a terra e atormentar os vivos com pesadelos.

Características:
Possui a forma de um corcel negro com chamas azuis ou avermelhadas saindo dos cascos, cauda e crina. Dizem que seu corpo é composto de trevas, seus olhos brilham como brasa incandescente e suas narinas expelem um gás venenoso

Hábitos:
Aqueles que olharem no fundo de seus olhos, terão um vislumbre do inferno capaz de causar medo em seus corações.
Apesar de não serem capazes de falar, são seres muito inteligente capazes de se comunicar com o seu cavaleiro através de telepatia, geralmente ele serve de montaria para outras criaturas sombrias como vampiros, demônios ou até fantasmas

Fraquezas:
Por serem semelhantes aos Alps, alguns acreditam que eles possam ser capturados do mesmo jeito. Alps costumam entrar nas casas através de pequenos buracos nas paredes fazendo alguns ruídos no processo, colocando uma garrafa na abertura do buraco faria com que o espirito entrasse no vidro e ficasse preso, só podendo sair quando prometesse nunca mais perturbar o local.

Podem ser domados usando platina, um metal extremamente valioso que serve como alimento para essas criaturas. Outro método de afastar pesadelos seria mostrar uma cabeça de cavalo decapitada para intimida-los, mas isso não funciona cem porcento das vezes.
Ao ser abatido, suas chamas se apagam e seu corpo se reduz a cinzas.

Fontes:
http://misteriosfantasticos.blogspot.com.br/2011/04/demonios-dos-sonhos-alp-egua.html
http://misteriosfantasticos.blogspot.com.br/2014/04/cavalos-infernais-pesadelos-nightmare.html
http://criptomania-criptozoologia.blogspot.com.br/2013/02/pesadelo-o-cavalo-do-capiroto.html
http://mitosbyjuliana.blogspot.com.br/2010/03/pesadelo.html
http://cqmsjt.com/files7/nightmare-horse.html

23 de setembro de 2016

Feitiços: Altar

O altar basicamente seria uma superfície plana e elevada, onde as pessoas homenageariam os deuses, podendo ser usado para rezas, trabalhos espirituais, ou como local para oferecer sacrifícios, isso pode variar de religião para religião, mas o altar foi feito para ser um espaço sagrado dedicado aos deuses


Um altar não reflete apenas a divindade, mas também aqueles que a adoram, principalmente se ele for um altar pessoal, feito por uma unica pessoa e não por um grupo que segue uma religião

Geralmente altares possuem imagens de santos ou divindades, mas isso não é uma regra já que existem altares que não são dedicados à nenhuma divindade em particular, um altar pessoal deve reunir elementos que sejam sagrados para você, assim como objetos que atraiam a energia que você está buscando, amuletos, velas, pedras e cristais são muito utilizados em altares, alem disso o altar pode ser reorganizado de forma que atraia outros tipos de energias.


Há também aqueles que escolhem usar a própria natureza como o seu altar, montar um altar no jardim ou até mesmo dentro da própria mente podendo ter acesso durante suas meditações.

Outros já preferem seguir as regras à risca e usar uma mesa de madeira especifica que deve ser limpa com sabonete perfumado, água morna e consagrada com óleo de rosas, ervas e incenso.
Sobre essa mesa eles colocam um manto de algodão ou linho branco, o livro sagrado, um vaso de flores, azeite, sal, velas e objetos representando os quatro elementos que devem ser colocados em locais específicos
  • Norte terra
  • Sul Fogo 
  • Leste Ar 
  • Oeste Água 
De qualquer maneira, o altar é como se fosse um santuário na sua casa, e você deve se sentir confortável e bem ao se aproximar dele, como uma bancada de cozinha para um chef ou um caderno para um desenhista. O que seria sagrado para você?

Fontes:
http://oficinadasbruxas.com/montando-proprio-altar/
https://pt.wikipedia.org/wiki/Altar
http://www.astrologosastrologia.com.pt/blog/altares/
http://www.emporiowicca.com.br/altar.html
http://www.gnosisonline.org/medicina-esoterica/altares-magicos-e-de-cura/
http://www.casadobruxo.com.br/textos/cons.htm
http://www.sanctamissa.org/en/sacristy/sacristy-sanctuary-and-altar/altar-carpets.html

22 de setembro de 2016

Amuletos: Dentes e garras

Sexta-feira passada comecei a trabalhar, perdi o emprego na terça, #AEternaBuscadeLovely....
Há alguma semanas eu havia feito um post sobre marfim, então resolvi fazer um sobre dentes e garras

Origem:
Antigamente alguns povos tinham o costume de usar garras e dentes de animais como amuletos de proteção, sendo que dedos e dentes de tribos rivais poderiam tanto ter a função de proteção como a de causar medo em seus inimigos.
Para os vikings, dentes caídos deveriam ser escondidos, enterrados ou queimados, pois poderiam ser usados em feitiços malignos por bruxas, alguns acreditam que essa seria a origem da tradição de esconder os dentes debaixo do travesseiro.

Função:
Simbolizam bravura, força e virilidade, geralmente são usados para afastar o medo. Dizem que restos mortais de animais, como ossos, penas ou garras, podem carregar o espirito deles servindo como protetor para aquele que o possuir, isso seria uma forma de honrar o animal abatido.

Como é usado:
Geralmente dentes são usados na forma de pingentes presos em colares ou correntes.
Um tradição muito comum em vários lugares é a de colocar dentes de leite embaixo do travesseiro em troca de um presente ou dinheiro.

Fontes:
http://www.espiritualidadefeminina.com.br/animais-de-poder-as-criaturas-ou-criaturas-animais-totens-xamanismo/
http://www.acidadevotuporanga.com.br/artigo/2010/11/amuletos-e-talismas-n2233
http://www.updateordie.com/2011/07/19/a-lenda-da-fada-dos-dentes/
http://folclorevertentes.blogspot.com.br/2014/04/o-folclore-dos-dentes-parte-1.html
https://pt.aliexpress.com/shark-tooth-necklace_reviews.html

20 de setembro de 2016

Poções: Tarteletes da saúde

Chegamos na minha parte favorita, a sobremesa!!!!
a realidade eu não sou muito fã de doces, mas por algum motivo eu gosto de faze-los, eles costumam ser fofos e delicados.
Frutos como amêndoas, maçã, uva, abacaxi e laranja podem ser usadas para feitiços ligados à saúde, então achei que seria interessante fazer tarteletes usando um pouco de farinha de amêndoas e   recheá-las com frutas.

Tarteletes de salada de frutas
Ingredientes:
100g de açúcar confeiteiro (glaçucar)
250g de farinha de trigo
2 gemas de ovo
200g de manteiga em temperatura ambiente
40g de farinha de amêndoas
1 maçã
150g de uvas picadas
6 laranjas
120g de abacaxi picado
folhas de hortelã para decorar

Modo de preparo:
Misture os ingredientes secos com a manteiga arrastando arrastando com um garfo até formar uma farofa. Acrescente as gemas e faça uma bola com a massa. Embrulhe-a em plastico filme e leve para a geladeira por 4 horas.
Forre as forminhas de tartelete com a massa, fure o fundo para deixar o ar escapar e leve ao forno pré aquecido a 150°C por cerca de 20 minutos.
Pique as frutas de modo que elas possam ser colocadas dentro das tarteletes, com uma colher raspe toda a polpa do da laranja, retire as semente e coe o excesso do suco, deixando a polpa levemente úmida para que não deixe a tartelete muito mole.
Forre as tarteletes com a polpa da laranja, recheie com as frutas picadas e decore com as folhas de hortelã.
Ps: eu não coloquei açúcar nas frutas, mas você pode colocar se precisar.

Fontes:
http://fogoprateado-matilda.blogspot.com.br/2008/05/ervas-mgicas.html
http://oficinadasbruxas.com/correspondencias-ervas-magicas/

18 de setembro de 2016

Contos: Mil e uma Noites

Dizem que há muito tempo atrás haviam dois irmãos, filhos de um grande rei de Sassan. Chariar, o mais velho, governava a Percia, enquanto Chazaman, o mais novo, era o rei de Samarcán.


Os dois viveram tranquilamente durante vinte anos, até que Chariar, sentindo saudades de seu irmão, o convidou para visita-lo em seu reino. Chazaman aceitou o pedido e aproveitou a ocasião para presentear o seu irmão que já não via há muito tempo.

Quando Chazaman estava prestes a sair ele se lembrou que havia esquecido o presente de seu irmão, voltando aos aposentos reais, ele encontrou sua esposa nos braços de um escravo, aquela imagem fez o seu mundo cair, ele mal havia saído do palácio e sua esposa o traiu? Tomado pela raiva, Chazaman matou os dois e partiu para visitar o seu irmão.

Ao chegar no reino de seu irmão, Chazaman é recebido com muita alegria e entusiasmo por Chariar, porém a lembrança de sua esposa o traindo ainda o incomodava, ele não bebia, comia e sua aparencia se tornou pálida e sem vida. Notando a tristeza de seu irmão mais novo, Chariar tentou anima-lo o convidando para caçar, mas Chazaman recusou preferindo ficar no palacio.

Mais tarde naquele dia, Chazaman observava os jardins e a piscina do palácio apoiado na janela, nesse momento vários escravos saíram do palácio e se reuniram na piscina, entre eles estava a esposa de Chariar.

"Massud! Massud!!" Ela chamou

Um homem se aproximou dela e a abraçou, começando a beija-la, a mesma coisa acontecia entre os outros escravos do palácio e isso durou até o amanhecer. Chazaman que havia presenciado tudo pensou:

"Isso parece ser muito pior do que a traição que eu sofri," Sentindo que não havia mais motivo para tristeza e desgosto, ele começou a comer e beber sem parar.

Quando Chariar voltou da caça, ficou feliz ao ver que seu irmão havia voltado ao normal, e perguntou o motivo dessa mudança. Chazaman então contou sobre a traição de sua esposa e como isso o deixou abalado e triste, depois contou sobre o incidente na piscina com os escravos e a esposa de Chariar, e sobre como isso o fez pensar que a sua desgraça não era tão ruim.

Chariar se enfureceu, mas queria ver a traição com seus próprios olhos, Chazaman então sugeriu que seu irmão fingisse sair para caçar, mas ficasse escondido observando. E foi o que Chariar fez, anunciou que sairia numa caçada, mas ficou escondido observando a piscina da janela junto com seu irmão.

Novamente homens e mulheres se reuniram no jardim junto com a esposa de Chariar, beijando e se deitando com outros homens, assim como Chazaman havia contado. Desolado com essa revelação, Chariar resolveu partir em uma viagem com Chazaman, uma viagem que só teria fim quando eles encontrassem um caso de traição pior do que a que eles sofreram.

Viajaram por dias e noites até chegar em uma árvore no meio de um prado próximo ao mar, onde os dois se sentaram para descansar. Algumas horas depois o mar começou a ficar agitado e de dentro dele saiu uma fumaça negra que voou em direção ao prado.

Os dois irmãos assustados subiram na árvore se escondendo entre os galhos. A fumaça negra tomou a forma de um grande gênio carregando uma caixa sobre a cabeça, o gênio se sentou debaixo da árvore e tirou da caixa um cofre de cristal de onde saiu uma linda jovem com um sorriso brilhante como o sol.

O gênio deitou a cabeça sobre o colo da jovem para descansar de sua longa viagem e acabou adormecendo, a jovem olhou para cima apenas para encontrar os dois reis escondidos entre os galhos das árvores, ela colocou a cabeça do gênio delicadamente no chão e ficou de pé perto da árvore.

Por meio de sinais ela pediu que os dois descessem, pedido que foi recusado pelos rei temendo o gênio, a jovem então disse que se eles não descessem ela iria acordar o gênio.

Quando os dois irmãos desceram ela pediu que os dois se deitassem com ela, ainda temendo a ira do gênio por hora adormecido, os reis se recusaram novamente mas a jovem os ameaçou.

"Se não fizerem isso eu irei acordar o gênio"

Não tendo outra escolha Chariar e Chazaman se deiraram com a jovem, depois disso ela tirou de dentro de um saquinho um colar com quinhentos e setenta anéis de sinete, e explicou que cada anel daquele colar pertenceu a um amante dela, assim ela exigiu que os dois irmãos entregassem os seus anéis para que ela não acordasse o gênio.

"Esse gênio me sequestrou na minha noite de núpcias e me trancou em um cofre de cristal trancado à sete chaves no fundo do mar, mas saiba que quando uma mulher deseja algo, nada fica em seu caminho"

Espantados os dois irmãos disseram entre si " Se até mesmo um todo poderoso gênio sofre de tragedias maiores que as nossas, não vejo mais motivo em continuar essa viagem" E assim os dois voltaram para o reino.

Porém Chariar passou a acreditar que nenhuma mulher é digna de confiança, ao voltar para o palácio, ele ordenou que decapitassem sua esposa e todos os escravos. A partir desse dia todas as noites o seu vizir teria que lhe trazer uma jovem virgem como esposa que seria morta na manhã seguinte, desse modo nenhuma mulher iria traí-lo novamente.

Isso durou cerca de três anos, não havia mais jovens no reino para se casar com Chariar, o vizir começou a entrar em desespero como medo de ser punido pelo rei. Sua filha, uma bela moça chamada Sherazade, percebendo a agonia de seu pai se ofereceu como noiva do rei e embora o vizir implorou para que ela reconsiderasse, a jovem lhe garantiu que tinha um plano.

Sherazade avisou sua irmã, Doniazade que quando ela estivesse com o rei, iria chama-lá para entrar nos aposentos.

"Eu usarei a desculpa que desejo me despedir de você, quando estiver lá, peça que eu lhe conte uma história."

E foi isso que aconteceu, Sherazade começou a contar a história do mercador e o gênio prendendo a atenção do rei durante a noite inteira, quando a manhã chegou, a jovem ainda não havia terminado a história deixando o rei curioso para saber o final. Por causa disso Sherazade foi poupada apenas para terminar a sua história na noite seguinte.

Mas todas as noites a jovem iniciava uma nova história, todas muito compridas, com outras histórias dentro, e todas as manhãs o rei a poupava para poder continuar a ouvir suas histórias. Isso se seguiu por mil e uma noites, no final da ultima história, Sherazade já havia dado à luz a três filhos do rei e pediu que fosse poupada, o rei arrependido de seus atos e apaixonado por Sherazade resolveu que não a mataria na manhã seguinte, e a torna sua rainha definitivamente, enquanto que a irmã de Sherazade, Doniazade, acaba se casando com Chazaman.

Fontes:
http://www.florijane.com/Antigo%20Site/mileumanoites.htm
https://pt.wikipedia.org/wiki/As_Mil_e_Uma_Noites
http://kitab-alf-layla-wa-layla.tumblr.com/

16 de setembro de 2016

Feitiços: Voodoo

Quando se fala em vodu as pessoas pensam em zumbis revividos por magia, ou bonecas usadas para controlar pessoas, apesar de não ser bem assim...




O vodu tem origem no Haiti sendo uma mistura de várias crenças e religiões, a grande maioria veio de religiões africanas trazidas pelos escravos, mas há também algumas crenças católicas no vodu.

As divindades são chamadas de Loas, que significaria algo como espirito, em alguns rituais os Loas podem possuir o corpo do sacerdote Houngan, ou sacerdotisa Mambo, a fim de fornecer sabedoria divina e energia.

Divindades como os Loas possuem dias específicos para serem reverenciados, as oferendas costumam ser carne de galinha, cabra, frutas ou outros tipos de alimentos, sendo tradicionalmente deixados em uma encruzilhada à meia noite. Contudo, se um loa deixar de receber oferendas e possuir um corpos de sacerdotes, ele irá perder os seus poderes, e desaparecerá para sempre.

Os Loas também podem ser divididos em duas categorias principais:

  • Rada: Invocados em rituais de proteção e magia branca, a maioria tem origem na Nigeria e Benin, o nome Rada vem de Arada, uma aldeia localizada em Benin
  • Petro: São mais agressivos e acredita-se que tenham sido trazidos por um Houngan espanhol chamado Dom Pedro, responsável por introduzir novos ritos vodu no Haiti, como por exemplo uma dança dos espíritos, mais violenta que as danças praticadas por outros sacerdotes na época

Como tudo nesse mundo, o vodu não é algo exclusivamente ruim, podendo ser usado tanto para o bem, como curar pessoas, quanto para o mal, como causar a morte de um inimigo.

Para se invocar um loa, deve-se desenhar veves(emblemas dos loas que serão invocados) no chão usando farinha ou cinzas. Dois santuários também são erguidos na clareira, um para os Rada e outro para os Petro. No centro há um mastro dedicado ao Loa Legba chamado de poteaumitan, é através desse mastro que surgem os outros loas.

Velas coloridas são acesas e colocadas sobre os veves e orações são rezadas. Terminando a reza, os tambores começam a tocar e os animais são sacrificados e entregues ao cozinheiro. Canções são cantadas seguindo o ritmo dos tambores e a invocação se inicia.

O ritmo dos tambores serve tanto para levar os dançarinos a um estado de transe, quanto para manter os loas dançando e afastar espíritos indesejados. Nessas cerimonias, os possuídos pelos loas podem dar conselhos, curar os doentes, executar milagres ou então adivinhar o futuro.

Fontes:
http://www.astrologosastrologia.com.pt/Vodu.htm
http://www.astrologosastrologia.com.pt/Vodu_Voodoo.htm
http://vodubrasil.jimdo.com/
http://www.imagick.org.br/pagmag/sistmag/voduvampiro.html

15 de setembro de 2016

Pedras: Safira

Uma pedra tão bela que chega a ser comparada ao céu noturno, o nome Safira significa azul, mesmo assim é possível encontra-lá nas cores cinza, preto, amarelo ou verde. Suas principais fontes então localizadas nos  Estados Unidos, Austrália e Índia, porém as safiras de melhor qualidade são encontradas na Birmânia.
Físico:
Ela proporciona equilíbrio para o corpo, estabilizando os sistemas e regulando as glândulas. Alguns a utilizam contra reumatismo, dor na coluna, ataques de epilepsia e histeria. 
Essa pedra também pode remover impurezas dos olhos ou normalizar perturbações na corrente sanguínea, como cortes ou pequenas hemorragias
Antigamente se acreditava que assim como a esmeralda, a safira serviria de antidoto contra venenos.

Mental:
Conhecida como o cristal da sabedoria e como a maioria das pedras de coloração azul, ela alivia a tensão mental e liberta de pensamentos indesejados, distrações e negatividade, alem de ajudar na concentração.
Se colocada próximo à garganta ela pode facilitar a auto-expressão.

Espiritual:
Ela é considerada um talismã para o amor, trazendo um casamento feliz, duradouro, protegido da inveja e agraciado divinamente.
Os nativos do Sri Lanka e Birmânia dizem que aquele que usar essa pedra será protegido por deus, podendo compreender os oráculos mais profundos.
Antigamente se acreditava que a safira tinha o poder de influenciar os espíritos, criando paz entre inimigos e nos protegendo das doenças da alma.

Fontes:
http://www.heartjoia.com/7390-safira-pedras-cristais-cura-terapias-gemas-cristaloterapia
http://purajoia.blogspot.com.br/2011/04/safira-da-sorte-do-amor-da-sabedoria.html
http://significado-das-pedras.blogspot.com.br/2014/04/significado-da-pedra-safira.html
http://pt.altarta.com/02_11/propriedades-medicinais-e-magicas-de-safira/
http://blog.poesie.com.br/pedras-preciosas/safira-a-pedra-preciosa-do-mes-de-setembro/

13 de setembro de 2016

Plantas: Cravo

O cravo leva esse nome por causa de uma especiaria com o mesmo nome, pois as duas tem um cheiro parecido. Na Espanha, ganhar um cravo de um rapaz no inverno era um ótimo elogio, porque no invernos as flores eram muito raras.


Cultivo:
O solo deve ser quente, bem adubado e não muito úmido, é aconselhável que as sementes sejam plantadas entre maio e julho, porém se a sua região for muito quente, plante-as durante o outono.
É uma planta exigente quando se trata de luz e ventilação, por isso plante-a em um local arejado e bem iluminado

Medicinal:
O cravo em si não tem muitas utilizações medicinais, seu principal uso é na fabricação de perfumes devido ao seu aroma delicado. Alem disso ele é eficaz em afastar formigas, já que a maioria das formigas domesticas sente repulsa à essa flor.

Culinário:
Apesar do cravo em si não ser ideal para o consumo, a cravina, também conhecida como cravo-da-China, pode ser usada para aromatizar açúcar, geleias, vinhos e vinagres, seu aroma lembra o cravo-da-Índia levemente adocicado
Ela também pode dar cor para saladas, sobremesas, queijos e até patês. Porém é recomendado que se retire o centro das pétalas, já que possuem um gosto amargo


Magia:
Na frança as mulheres davam essas flores para os homens que iam para a guerra, pois se acreditava que as flores protegiam as pessoas, para que eles voltassem a salvo.
É regido pelo Sol e pelo fogo, podendo assim ser associada ao sucesso, acredita-se que essa planta traga sorte nos negócios, dinheiro e saúde.
Dizem que na época das inquisições, bruxas carregavam essa flor para que não fosse capturadas e enforcadas.

Fontes:
http://www.jardimdeflores.com.br/JARDINAGEM/A50jardimcomestivel.htm
http://revistagloborural.globo.com/vida-na-fazenda/como-plantar/noticia/2013/12/como-plantar-cravo.html
http://blog.giulianaflores.com.br/arranjos-e-flores/cravos-conheca-sobre-flor-deuses/
https://pt.wikipedia.org/wiki/Craveiro
http://www.circulosagrado.net/cs/magia/ervasmagicas.php
https://www.flickr.com/photos/denela/4849606743/

11 de setembro de 2016

Mitologia: Gênios

Podendo também serem chamados de Djins, que assim como youkais e sprites, era um termo usado para se referir a qualquer criatura sobrenatural na região do Oriente Médio e nordeste da Africa,


Origem:
De acordo com o Alcorão os gênios foram criados a partir do fogo, milhares de anos antes da criação dos humanos, o fogo que lhes deu origem não produzia fumaça, alguns sugerem que essa chama seria na verdade uma referencia ao vento escaldante do deserto.

Dizem que quando o homem foi criado, um djin chamado Iblis, se recusou a se curvar perante ao homem, por causa de seu orgulho ele foi expulso do paraíso, junto com vários outros djins que o seguiam.

Características:
Sua aparência física poderia ser facilmente alterada, tomando a forma de um homem, ou então a de um animal.

Seu tamanho também pode variar conforme a sua vontade, seus poderes incluíam superforça, distorção da realidade, intoxicação pelo toque, alem de poder materializar objetos.
É comum descreve-los como seres que amavam e dependiam do fogo, algumas vezes até representados como seres de fogo.

Hábitos:
Gênios podiam tanto ser criaturas benevolentes quanto seres malignos, mas na maioria das vezes eles tendem a agir conforme os seus próprios interesses.

Geralmente usam os seus poderes para punir humanos que cometeram algum ato nocivo, ajudar sábios a prever o futuro, ir até os céus e espionar a conversa dos anjos sobre os próximos acontecimentos ou simplesmente roubar casas e sequestrar crianças.

Outra habilidade peculiar, era a de sussurrar pensamentos nos ouvidos das pessoas influenciando o seu comportamento, desse modo ele poderia aproximar casais, levar uma pessoa ao suicídio e até mesmo faze-lá cometer um crime.

Fraquezas:
Podem ser aprisionados por um feiticeiro habilidoso dentro de objetos como garrafas, lampadas ou anéis, acreditando na promessa de liberdade, os gênios obedeceriam todos os comandos do feiticeiro.

E apesar de serem livres de restrições físicas, eles possuíam todas necessidades físicas humanas, podendo até serem mortos.

Fontes:
http://www.mortesubitainc.org/monstruario/bestiario/genios
http://www.assombrado.com.br/2014/01/djinn-o-genio-do-fogo.html
http://portal-dos-mitos.blogspot.com.br/2012/11/genios-djinns.html
http://misteriosfantasticos.blogspot.com.br/2010/05/genios.html

9 de setembro de 2016

Feitiços: Tarot

Eu havia feito um post sobre cartomancia há algum tempo atrás, mas exitem algumas diferenças entre o tarot e a cartomancia, por isso eu resolvi escrever sobre tarot, como são muitas cartas acho que irei dividir o post em 5 partes.

A tarologia é uma especie de cartomancia já que ela usa cartas como meio de prever o futuro, mas ela usa exclusivamente cartas de tarot, enquanto que a cartomancia pode ser feita com um baralho comum de 52 cartas.

No tarot são usados 78 cartas, 22 arcanos maiores que representam coisas que dificilmente podemos escapar, e 56 arcanos menores que representam o nosso livre arbítrio. Os arcanos menores são divididos em 4 naipes assim como um baralho comum, a diferença é a adição de quatro cavaleiros

Arcanos Maiores





I-O mago
Representa a habilidade de lidar com as situações e elementos que nos cercam, aquele que pode transformar tudo o que toca.
Sua aparição indica que devemos ter cuidado com o que diz respeito a nossa pergunta, e para não nos deixarmos ser influenciados, mas apesar disso ela também é um sinal de que podemos superar a situação com certa habilidade.

II-A alta sacerdotisa
Representa serenidade, estudo e mistério
Você deve ter prudencia e saber esperar antes de agir, mantenha os seus planos em segredo e use a sensibilidade para compreender as pessoas e suas motivações.

III-A imperatriz
Representa realização, recompensa pelos seus esforços e sabedoria feminina.
Indica que você tem capacidade se superar as provas que surgirem e alcançar o que deseja

IV-O imperador
Associada à concretização, à riqueza e à esperança
Ele indica que você tem grandes chaces de sucesso em relação à sua pergunta, podendo significar uma promoção, um relacionamento seguro e estável ou a cura de uma doença

V-O papa
Significa sabedoria, fé e confiança em deus
Ele sugere que você entregue o assunto nas mãos de deus e seja paciente. Essa carta também pode anunciar um casamento, ou a necessidade de fazer alguns exames ou uma consulta de rotina.

VI- Os amantes
Representa a escolha e a necessidade de ouvir a voz da intuição.
Essa carta anuncia que uma decisão muito importante precisa ser tomada já que a pessoa se encontra dividida, seja qual for a escolha, marca o inicio de uma nova vida.
Dependendo da pergunta ela também pode indicar a chegada de um novo amor ou algum problema de saúde em órgãos duplos como pulmões e rins

VII- A carruagem
Significa sucesso
Ela anuncia uma mudança positiva na sua situação atual, os problemas irão se resolver mais rapidamente e os objetivos serão alcançados, no entanto deve-se tomar cuidado para que não acabe caindo no falso sucesso, analise bem a situação sem se precipitar. ela também indica o surgimento de novas oportunidades.

VIII- A justiça
Ela indica que devemos ser justos e racionais antes de tomar uma decisão, pense melhor antes de agir, analise a situação e evite excessos. Ela também pode alertar sobre problemas com a justiça, então tente ficar atento a possíveis infrações.

IX- O eremita
Representa busca e solidão
Ele aconselha a ouvir a voz interior, fazer uma parada no ritmo agitado da vida e procurar as respostas no silêncio. Essa carta indica um período de reflexão, onde só é seguro prosseguir quando tivermos certeza do que queremos e do que fazer.

X- A roda da fortuna
Representa a sorte em movimento
Ela sugere que se tome uma postura mais flexível e esteja aberto à oportunidades e situações que virão. Em tempos difíceis essa carta indica que a solução se aproxima, ela também anuncia surpresas em sua vida.

XI- A força
Significa domínio sobre a situação e força para superar os desafios
É uma carta positiva que trás segurança e indica que a pessoa tem grande probabilidade de ser bem sucedida, já que as energias lhe favorecem.

XII- O enforcado
Representa sacrifício,
Essa carta indica a necessidade de se ter prudência, a situação atual não irá permitir uma atitude, ela também indica uma grande sacrificio, mas se souber como aceitar a situação, pode-se tirar uma lição para toda a vida.

XIII- A morte
Significa renovação,
Apesar de ser uma carta temida a mensagem que ela carrega é para que se liberte do passado, de tudo que já não lhe faz bem e receba o futuro de braços abertos. Indica que uma fase da sua vida chegou ao fim dando lugar para uma nova, por isso, aceite as mudanças.

XIV- A temperança
Representa equilibrio
A mensagem que essa carta trás é que para se alcançar o sucesso, devemos ter equilíbrio nas nossas ações, sem deixar que coisas pequenas nos perturbem. Ela pode indicar um período de espera e paciência, já que trás tranquilidade e harmonia sem acontecimentos marcantes.

XV- O diabo
É uma carta associada a energias negativas.
Ela é um aviso de que devemos ficar atentos a nossas ações, pensamentos e o ambiente que nos cerca, evite agir por impulso e confiar em pessoas que não conhece bem, pois essa carta indica perigo.

XVI- A torre
A torre é uma alusão à torre de Babel.
Essa carta é um alerta sobre nossas convicções que podem estar equivocadas e nos levar ao colapso, ela aconselha a rever os nossos conceitos e a reformular as nossas vidas

XVII- A estrela
Representa  a estrela que cuida de nós.
Uma carta que indica vitória sobre qualquer obstaculo, e mesmo as situações mais difíceis acabam por se tornarem favoráveis para nós. A estrela carrega a mensagem de que estamos sendo protegidos por um anjo da guarda.

XVIII- A lua
Ela está relacionada com falsas ilusões.
Indica duvida, mistério e confusão, por isso deve-se estar atento à ilusões no seu caminho. Apesar disso ela também pode anunciar uma gravidez, a criação de uma obra de arte, ou qualquer coisa que esteja sendo criado em segredo sem necessariamente ser algo ruim.

XIX- O sol
Representa glória, brilho e sucesso.
Uma carta abençoada, seja qual for a pergunta, você tem grandes chances de ser bem sucedido, ela irá dissipar as duvidas e trazer segurança. Também indica um momento favorável para por em pratica os seus projetos.

XX- O julgamento
Significa um novo ciclo de vida
Indica que nossas ações estão sendo julgadas, tanto pelos que nos cercam, quanto por deus, portanto é uma boa época para rever os seus conceitos e questionar se está agindo corretamente.
Após o julgamento, um novo ciclo se inicia, por isso essa carta também pode anunciar mudanças como um casamento, um divorcio, o inicio de um contrato ou o seu fim.

XXI- O mundo
Representa fertilidade, bons resultados e alegria
Ela indica que você terá oportunidade de obter o que deseja, que os seus esforços valeram a pena e que em breve poderá colher os frutos do seu trabalho e dedicação

0- O tolo
A carta XXII que também leva a numeração zero, fechando o ciclo e voltando ao inicio, essa carta representa a excentricidade e a descoberta de um novo mundo.
O tolo trás novidades, a insegurança de um novo começo e a promessa de que tudo pode acontecer. Ele anuncia a chegada de alguém com espirito aventureiro em nossas vidas, ou que uma aventura propriamente dita nos aguarda, ele indica tempo de descobertas.

Espero que tenham gostado, talvez posteriormente eu faça um post descrevendo os arcanos menores e como é o método de leitura do tarot.

Fontes:
http://www.astrocentro.com.br/blog/tarologia/descubra-diferenca-tarologia-cartomancia
http://www.personare.com.br/tarot/introducao
http://www.mariahelena.pt/pages/os-arcanos-menores-do-tarot
http://www.mariahelena.pt/pages/os-arcanos-maiores-do-tarot
http://spimajim.nazory.eu/rubriky/galerie-tarot

8 de setembro de 2016

Amuletos:Olho grego

Também chamado de Olho Turco, Nazar Bancugu e Olho Mistico, o Olho Grego costuma ser feito de vidro na cor azul, apesar de existirem olhos gregos de outras cores.


Origem:
Antigamente ele era utilizado em rituais islâmicos de proteção, podendo também ser encontrado em países árabes, como Grécia, Irã e Armênia, Posteriormente o simbolo foi adotado pelo catolicismo.
Dizem que ele tem a cor azul porque se acredita que o mau-olhado tenha essa cor se tornando mais fácil de neutralizar os seus efeitos.

Função:
Usado para afastar a inveja e o mau-olhado, absorvendo as energias negativas.
Ele também é simbolo de sorte, energia positiva, limpeza, saúde, luz, paz, proteção e clarividência, alem de ser considerado a representação do olhar de deus que ilumina e protege as pessoas dos males e da inveja.


Como é usado:
Na turquia é comum as pessoas possuírem objetos que carregam esse simbolo, como por exemplo uma ferradura com olhos gregos no lugar de pregos. Algumas mães também colocam o talismã nas roupas das crianças, nesse caso, se o amuleto aparecer rachado significa que ele protegeu a criança e deve ser trocado por um novo.
Também pode ser usado na forma de pingentes, servindo como colares, pulseiras e brincos, muitas vezes acompanhados de uma pimenta de vidro vermelha.
E assim como a maioria dos símbolos de sorte, o olho grego pode servir como uma tatuagem de proteção.

Fontes:
https://www.significados.com.br/olho-grego/
http://www.dicionariodesimbolos.com.br/olho-grego/
http://newspressrelease.wordpress.com/2010/03/08/o-olho-grego-e-seu-significado/
https://www.waufen.com.br/blog/olho-grego-semi-joias-tendencia/
https://www.circulodediana.com.br/produto/439/ferradura-de-olho-grego-para-pendurar-afasta-o-mal-olhado-e-atrai-sorte.html

6 de setembro de 2016

Poções: Lombo da paixão

Em primeiro lugar, você consegue falar Lombo da paixão em voz alta sem começar a rir? Eu não... Mas não consegui pensar em nenhum nome melhor do que esse.

Poções do amor costumam ter um gosto adocicado, então eu fiz uma marinada com mel, licor de maçã, cravo e canela, como acompanhamento eu assei batatas temperadas com alecrim, orégano e manjerona, eu escolhi carne de porco porque parecia combinar mais com a marinada de maçã.
Acho que daria um ótimo jantar romântico dependendo de como fosse preparado

Lombo assado com batatas
Ingredientes:
1 lombo de porco (700g)
2 colheres de sopa de mel
4 colheres de sopa de licor de maçã (ou suco de maçã concentrado)
7 cravos da índia
1 colher de sopa de vinagre de maçã
Sal e pimenta
1 pitada de canela em pó
5 Batatas grandes
Alecrim
Orégano
Manjerona
Azeite

Modo de preparo:
Prepare uma marinada com o mel, o licor, os cravos, o vinagre, a canela, e tempere com sal e pimenta. Corte o lombo em fatias e deixe marinando da noite para o dia.
Corte as batatas em quatro e cozinhe até que elas fiquem macias mas sem desmanchar, coloque-as em uma assadeira, regue com azeite e tempere com as ervas picadas, sal e pimenta.
Coloque o lombo na assadeira separada se preferir, regue com um pouco de azeite e leve ao forno até que fiquem dourados, você pode reservar um pouco do caldo da marinada caso a assadeira comece a secar.

Fontes:
http://nofogao.blogspot.com.br/2011/05/porco-ao-cravo-e-canela.html
http://fogoprateado-matilda.blogspot.com.br/2008/05/ervas-mgicas.html

4 de setembro de 2016

Contos: A Pata do macaco

A pata de macaco foi escrita por WW.Jacob, em 1902, não é um conto mitológico tradicional, mas não deixa de ser um conto interessante, eu havia postado ele há algum tempo, mas o modo como foi escrito dificultava a leitura, por isso resolvi refazer o post.


Em uma noite chuvosa a família White estava na sala de visitas esperando a chegada de um convidado para o jantar, o sargento Morris, que havia voltado recentemente da Índia onde viveu muitas aventuras, os Whites estavam curiosos para ouvir os relatos de Morris.

-Ele chegou- O pai disse recebendo um homem alto,corpulento de olhos pequenos e nariz vermelho- Sargento Morris!

O sargento cumprimentou o senhor White com um aperto de mão e se sentou no perto do fogo se juntando à família enquanto o seu anfitrião servia alguns copos de uísque e colocava uma chaleira de cobre no fogo. O sargento passou então a contar histórias sobre as suas viagens, falou de paisagens selvagens, feitos intrépidos e culturas estranhas.

-Eu gostaria de ir à Índia- Disse o Sr. White- Conhecer aqueles templos, os nativos, os faquires...

-Você está melhor aqui- Disse o sargento sacudindo a cabeça.

-O que foi que você começou a me contar outro dia? Algo sobre uma pata de macaco...

-Nada.- O homem cortou rapidamente- Não é nada importante

-Para de macaco?- Perguntou a Sra. White.

-É apenas algo que possa ser chamado de magia- Disse o sargento querendo desviar do assunto, mas ao ver o olhar interessado da família ele desistiu e começou a mexer no bolso- Aparentemente é só uma patinha comum ressecada- Disse tirando algo do bolso que fez a Sra. White recuar, mas o filho do casal resolveu pegar a pata e examinar

-O que há de especial nela?- Perguntou o Sr.White examinando a pata que estava com o seu filho e colocando sobre a mesa.

-Foi encantada por um velho faquir, um homem muito santo que queria provar que o destino regia a vida das pessoas, e aqueles que interferissem seriam duramente castigados. Três homens diferentes poderiam fazer três pedidos cada um para esse amuleto.

-Bem,- Disse Herbert White, o filho do casal- Porque não faz os seus três desejos, senhor?

-Eu fiz..

-E eles se realizaram?- A Sra. White quis saber.

-Sim, mas eu não quero falar sobre isso...

-E mais alguém fez os pedidos?- Ela insistiu.

-Um homem antes de mim fez três pedidos para a pata, eu não sei quais foram os dois primeiros, mas o terceiro oi para morrer, foi assim que eu consegui a pata.- Por fim ele atirou o amuleto no fogo fazendo com que o Senhor White soltasse um grito e corresse para tira-la da lareira.

-Se você não a quer, então dê ela para mim.

-Eu a joguei no fogo, se você ficar com ela, não me culpe pelo que acontecer, seria melhor deixar essa coisa queimar.

-Como se faz para pedir?- O velho disse ignorando o aviso do amigo.

-Segure com a mão direita e faça o pedido em voz alta, mas eu sugiro que não faça isso.

O jantar ocorreu normalmente, depois que Morris foi embora os Whites continuavam intrigados com a pata de macaco.

-Na verdade- Disse o Sr. White- Eu não sei o que pedir, acho que já tenho tudo o que quero.

-Seria bom se nós terminássemos de pagar a casa certo?- Disse Herbert- 200 libras deve ser o suficiente.

Sr. White então segurou a pata com a mão direita e disse- Eu desejo 200 libras!- Imediatamente ele soltou o amuleto assustado- Ela se mexeu!! A pata se mexeu!!

-Bem, eu não vejo o dinheiro- Disse o filho- Deve ter sido a sua imaginação pai.

-Não, eu juro, ela se contorceu como uma cobra.- O velho insistia - Não faz mal, não aconteceu nada mesmo.- Mais tarde a família foi dormir rindo da ingenuidade de acreditar em um conto de fadas. Na manhã seguinte o filho continuava a fazer piadas com a pata do macaco que não funcionou.

-Creio que todos os velhos soldados são iguais - disse a Sra. White- Essa ideia de dar ouvidos a tal tolice! Como é que se pode realizar desejos hoje em dia? E se fosse possível, como é que iam aparecer 200 libras?

- Morris disse que as coisas aconteciam com tanta naturalidade - disse o pai - que a gente podia até achar que era coincidência

-Então não gaste todo o dinheiro antes de eu voltar- disse Herbert saindo para o trabalho.

Algumas horas depois o casal ainda estava na cozinha conversando quando acampainha tocou, um homem bem vestido esperava do lado de fora, lembrando das 200 libras a Sra. White desamarrou o avental e convidou o estranho para entrar. O homem parecia um pouco nervoso e calado até tomar coragem para falar.

-Eu... pediram-me para vir aqui - disse ele finalmente, e abaixando-se tirou um pedaço de algodão das calças. - Eu venho representando "Maw&Meggins" onde o seu filho trabalha.

-Aconteceu alguma coisa com Herbert?! Ele se machucou? O que é- Ela se assustou tendo que ser acalada pelo marido.

-Calma, não tire conclusões precipitadas. O senhor certamente não trouxe más notícias, não é, senhor?

- Eu lamento... - começou o visitante

-Ele está ferido?

- Muito ferido - disse. - Mas não está sofrendo...

- Ah, graças a Deus! - disse a senhora, apertando as mãos- Graças a Deus! Graças...-Parou de falar de repente quando o significado sinistro da afirmativa se abateu sobre ela.

- Ele foi apanhado pela máquina... É dificil...- O visitante disse caminhando até a janela- A firma me pediu para transmitir os nossos sinceros pêsames a vocês por sua grande perda.- Respirando funto tentando encontrar as palavras certas para continuar ele disse- Eu peço que compreendam que sou apenas um empregado da firma e estou apenas obedecendo ordens... Devo dizer que "Maw&Meggins" estão isentos de toda responsabilidade- Continuou- Eles não têm nenhuma dívida com a família, mas, em consideração aos serviços de seu filho, desejam presenteá-los com uma certa soma como compensação.

O Sr. White largou a mão da esposa e, pondo-se de pé, olhou para o visitante horrorizado. Seus lábios secos pronunciaram as palavras:- Quanto?

-Duzentas libras - foi a resposta.

Indiferente ao grito da esposa, o velho sorriu fracamente, estendeu as mãos como um homem cego e caiu, desfalecido, no chão.

O enterro foi silencioso, como se o casal estivesse esperando que algo mais acontecesse, os dias foram se passando e eles quase não conversavam mais, não havia mais assunto. Em uma noite o Sr. White viu que sua esposa não estava mais na cama.

-Volte para cama- Ele disse ainda meio sonolento- está frio.

Foi então que um grito estérico da mulher despertou o velho completamente

-A PATA!!! A pata de macaco!!

-Onde? Onde está? O que houve?- Ele se levantou alarmado

-Eu quero a pata. Você não a destruiu certo?

-Está na sala em cima da prateleira, por quê?

-Só tive essa ideia agora! Por que não pensei nisso antes? Nós ainda temos dois desejos.

-Um já não foi o suficiente?!- O velho perguntou irritado

-Não, desça e deseje que o nosso filho volte à vida.

- Meu bom Deus, você está louca!- Gritou ele, horrorizado

- Pegue aquela coisa - disse ela, ofegante- pegue depressa, e faça o pedido... Ah, meu filho, meu filho!

-Volte para a cama- disse ele, incerto- Você não sabe o que está dizendo

- Nós conseguimos satisfazer o primeiro pedido - disse a senhora, febrilmente. - Por que não o segundo? Vá buscar a pata e faça o pedido- Ela gritou

- Ele já está morto há 10 dias e, além disso, ele... Eu não queria lhe dizer isso, mas... só consegui reconhecê-lo pela roupa. Se já estava tão horrível para você ver, imagine agora?

 Você acha que tenho medo do filho que criei?Traga-o de volta!!!

O velho desceu as escadas e tateou os moveis até encontrar o amuleto,a possibilidade de que seu desejo pudesse trazer o filho mutilado de volta o encheu de terror e medo. Com a testa fria de suor ele voltou para o quarto para encontrar a sua esposa pálida e ansiosa, ele sentiu medo dela.

-Peça!

-Isso é loucura!!!

-PEÇA!!!

Hesitante ele levantou a mão e disse- Eu desejo que meu filho viva novamente- O homem olhava para a pata que caiu no chão enquanto se afundava na cadeira trêmulo.

A esposa foi até a janela, mas nada parecia acontecer, Sr. White sentiu um certo alivio pelo amuleto ter falhado e voltou para a cama seguido pela esposa um tanto decepcionada. Os dois ficaram em silencio ouvindo o tique-taque do relógio, antes que eles pudessem cair no sono eles ouviram... Alguém estava batendo na porta da frente.

-É o Herbert!!!!- Ela gritou correndo em direção à porta, mas o marido bloqueou o caminho agarrando o braço dela

-O que vai fazer?- Ele sussurrou

-É o meu filho Herbert! Ele voltou!! Poque está me segurando? Me solte, eu tenho que abrir a porta.

-Pelo amor de deus, não deixe ele entrar

-Você está com medo do próprio filho- gritou ela, debatendo-se. - Me solte. Eu já vou, Herbert; eu já vou.- A senhora finalmente conseguiu se soltar e saiu correndo em descendo as escadas.

O marido tentou chama-la de volta, mas ela não respondeu, ele ouviu a corrente da porta balançar mas não ouviu a porta destrancando

-A tranca- gritou ela nervosa e ofegante.- Desça que eu não consigo puxar a tranca.

De joelhos no chão o velho procurava a pata desesperadamente, ele precisava encontra-la antes que aquilo entrasse em casa, as batidas na porta pareciam ficar cada vez mais altas. Ele sentiu o seu sangue gelar ao ouvir a porta destrancando lentamente. Finalmente ele encontrou o maldito talismã fazendo o seu ultimo desejo.

As batidas pararam, embora o som ainda ecoasse pela casa, ele ouviu a porta se abrindo e sentiu um vento frio subindo pela escada. Um gemido alto e longo de decepção de sua esposa tomou conta da casa. Tomando coragem o Sr. White desceu as escadas e foi até a porta da frente. O lampião da rua balançava de um lado para o outro iluminando uma estrada completamente deserta.

Fontes:
http://riesemberg.blogspot.com.br/2006/10/pata-do-macaco-w-w-jacobs.html
http://letrasmundosaber.blogspot.com.br/2012/07/pata-do-macaco-de-ww-jacob.html

2 de setembro de 2016

Feitiços de beleza

Fiquei procurando um tema para o post de sexta-feira e acabei encontrando várias simpatias ligadas à beleza, cabelos, pele, cintura, etc.

Beleza é algo relativo, mas acho que todo mundo gosta de se sentir belo, ou pelo menos não gosta de se sentir feio, e não vejo problema em ter um pouco de vaidade, desde que a pessoa se sinta bem consigo mesma.


Simpatia do espelho para uma pele macia
Materiais:
Um espelho
Pétalas de rosa branca
Um lenço de seda


Como Fazer:
Na primeira noite de lua cheia fique de costas para a lua, e se olhe no espelho de modo que você consiga ver a lua atrás de você, talvez você precise ficar em um local alto dependendo de onde você mora.
Cubra o espelho com as pétalas de rosa, embrulhe com o lenço e guarde dentro da fronha do seu travesseiro.
Faça isso em toda a primeira noite de lua cheia usando o mesmo espelho.

Para ficar com a cintura fina
Materiais:
1 fita branca

Como fazer:
Na primeira noite de lua minguante, depois das nove da noite, pegue a fita e corte ela exatamente no tamanho da sua cintura.
Amarre a fita na cintura de um pilão e deixe ali até o primeiro dia de lua nova. Desamarre a fita e estique horizontalmente sob o seu colchão

Para dar brilho ao cabelo
Materiais:
Uma vasilha de vidro, ágata ou ferro
1 Litro de água
1 Botão de rosa branca
1 Joia de ouro

Como fazer:
Durante a lua cheia deixe do lado de fora de casa a vasilha cheia de água com a rosa e a joia durante toda a noite. A joia não pode ser feita de nada alem de ouro, podendo ser uma aliança ou um brinco.
No dia seguinte lave os cabelos e enxague com essa água deixando secar naturalmente. Esse feitiço pode ser feito todos os meses durante a lua cheia.

Metamorfose
Materiais:
Um casulo de bicho da seda

Como fazer:
Na realidade essa simpatia não irá mudar a sua aparência, e sim o modo como você se enxerga, você vai precisar de uma certa coragem e paciência, espero que não tenha nojo de insetos.
Em uma noite de lua cheia fique em frente a uma janela em que você consiga ver a lua, comece a desenrolar o casulo com cuidado até chegar no centro.
Pegue o bichinho que estiver lá dentro com cuidado e leve-o até o jardim colocando dentro de uma flor aberta, enquanto o fio que você desenrolou do casulo deve ser colocado dentro do seu travesseiro.

Fontes:
http://www.astrologosastrologia.com.pt/blog/simpatias/simpatia-para-beleza-simpatia-para-ter-a-pele-macia/
http://www.astrologosastrologia.com.pt/blog/beleza/simpatia-para-ficar-com-a-cintura-fina/
http://www.astrologosastrologia.com.pt/blog/beleza/simpatia-para-dar-brilho-ao-cabelo/
http://oreidoscabelos.com.br/blog/as-melhores-dicas-para-quem-deseja-um-cabelo-deslumbrante/

1 de setembro de 2016

Pedras: Marfim

Apesar de ter uma certa elegância e beleza o marfim é uma "pedra" manchada de sangue, isso porque o marfim é o osso de um animal, elefantes, morsas e baleias costumam ser caçados ilegalmente por causa desse material tão raro.

Na realidade existem vários tipos de substitutos sintéticos, se as pessoas parassem de procurar objetos feitos de marfim verdadeiro, não haveria motivo para abaterem esses animais, não acho que as propriedades do marfim sejam únicas, podendo se encontrar um substituto facilmente.

Pode ser encontrado nas cores branco, creme e mais raramente rosado e amarelo.

Físico:
Por ser um dente de um animal, o marfim possui certa ligação com os ossos, as juntas e os dentes ajudando na cura dessas partes.
Ele também trás benefícios para a pele e para o sistema circulatório já que tem habilidade de desintoxicar o organismo

Mental:
O marfim irá mudar o modo como você enxerga a própria existência o tornando uma pessoas mais analítica principalmente em relação a suas expectativas e de como torna-las mais realistas e viáveis.

Espiritual:
Dizem que restos mortais de animais carregam um pouco do espirito deles, dessa forma, o marfim te ajuda a se aproximar dos animais e da natureza.
Ele também pode ser usado em rituais, sendo que algumas pessoas fazem uma oferta espiritual para o animal abatido.

Fontes:
http://significado-das-pedras.blogspot.com.br/2015/10/significado-da-pedra-marfim.html
http://www.patrickvoillot.com/pt/marfim-127.html
http://pt.aliexpress.com/w/wholesale-ivory-stones.html