30 de abril de 2017

Mitologia: Basilisco

Conhecido como rei das cobras, o basilisco ficou famoso após aparecer nos livros da saga Harry Potter.

Seu nome significa "pequeno rei"e muitas vezes ele acaba sendo confundido com o cockatrice, embora o basilisco seja mais parecido com uma serpente

Origem:
Um basilisco nasce de um ovo de cobra ou sapo chocado por uma galinha.
Há também lendas que contam que o basilisco assim como pégasos, nasceu do sangue da Medusa ao ser decapitada, o que explicaria a semelhança de seus poderes

Características:
Apesar de ser considerado o rei das serpentes, o basilisco não é uma criatura gigantesca, sendo muitas vezes descrito como uma pequena cobra com cerca de 30 cm de comprimento.

Geralmente é retratado com a aparência de uma serpente com cabeça ou crista de galo, podendo também ter algumas características de sapo. Algumas representações podem possuir um rosto humano, podendo apresentar chifres e várias pernas

Hábitos:
Devido à sua capacidade de cuspir fogo, ao seu olhar capaz de matar tanto animais quanto plantas, e ao seu hálito capaz de despedaçar pedras, o único lugar que essa criatura poderia habitar seria o deserto. Dizem que seu sangue é tão venenoso que se um cavaleiro o atingir com uma lança, o veneno escorrerá pelo cabo matando tanto o cavaleiro quanto o cavalo.

Diferente da maioria das cobras, o basilisco não rasteja em curvas, e sim, seguindo uma linha reta com a cabeça erguida sendo apoiada pela cauda

Fraquezas:
A maneira mais fácil de se matar um basilisco é colocando um espelho na sua frente, fazendo com que o olhar o matasse imediatamente, outra alternativa seria faze-lo ouvir o canto de um galo.

Só existem dois seres capazes de sobreviver ao olhar e ao halito de um basilisco, a doninha e a arruda. Doninhas são inimigas mortais dos basiliscos, seu olhar não pode matá-las, enquanto a arruda por ser a unica planta que não seca com o halito do basilisco, serve como antidoto para o veneno.

Fontes:
http://jesusarteefilosofia.webnode.com.br/news/basilisco-/
https://pt.wikipedia.org/wiki/Basilisco
http://portal-dos-mitos.blogspot.com.br/2014/11/basilisco.html
http://fatoefarsa.blogspot.com.br/2014/05/voce-conhece-historia-do-basilisco.html
http://super.abril.com.br/ciencia/dez-animais-classicos-criados-pela-imaginacao-humana/
http://www.summagallicana.it/Volume3/C.VIIII.b.htm

28 de abril de 2017

Feitiços: Maio

O nome maio vem de Maya, mãe de Hermes e uma das sete irmãs que forma a constelação de Plêiades, ela era a deusa da fecundidade, da energia vital e da primavera.

Pedra:Esmeralda
Flor: Lirio do Vale e espinheiro-alvar
Árvore: Salgueiro e espinheiro-alvar
Signos: Touro e Gêmeos
Lua: Escura

Feitiços:
Para se manter jovem e realçar a sua beleza, lave o rosto com o orvalho colhido na manhã do inicio de maio.

Algumas superstições contam que crianças nascidas nesse mês ficarão doentes com mais frequência, já gatos nascidos em maio não pegam ratos e pode acabar levando cobras para dentro de casa, ou então lavar lençóis ou comprar vassouras em maio irá trazer azar.

Apesar de Maio ser considerado o mês das noivas, casar-se durante esse mês poderá trazer azar, já que esse é o mês de casamento dos deuses e ele poderiam se sentir ofendidos.

Fontes:
http://referenceforwriters.tumblr.com/post/66325896215/northorchard-the-celtic-tree-zodiac-is-based-on
http://www.witchipedia.com/month:may
http://gatomistico.blogspot.com.br/2009/02/feiticos-do-ano.html
http://bruxaguinevere.blogspot.com.br/2007/04/dias-mgicos-maio.html

27 de abril de 2017

Pedras: Rosa de areia

A Rosa do deserto, Rosa de areia, Sandrose ou simplesmente Barita, se forma quando a água da chuva é absorvida pela areia do deserto, rica em gesso, devidos às altas temperaturas dos deserto, a água evapora rapidamente cristalizando o gesso.

Físico:
É indicada para problemas estomacais e desintoxicar o organismo. Por conter bário, acredita-se que ela possa proteger contra certos níveis de radiação emitidas por equipamentos eletrônicos
Dizem que ela também pode prevenir doenças do sistema reprodutor, urinário e aliviar as dores causadas pela má circulação do sangue.

Mental:
Pode ajudar a superar obstáculos e problemas financeiros, podendo também combater o estresse, a inveja, a negatividade e o ressentimento, além de tornar o nosso sono e sonhos mais agradáveis e ser útil para pessoas tímidas com complexo de inferioridade removendo as inseguranças, medos e receios.

Espiritual:
Ela era muito utilizada em rituais xamanísticos pelos índios norte americanos para entrar em contato com o mundo espiritual.
É uma pedra associada à terra e à lua, podendo abrir o chacra cardíaco para as energias puras do universo.

Fontes:
https://www.cristaisaquarius.com.br/comprar-pedras-e-cristais-m-q/r/rosa-do-deserto
http://holisticocromocaio.blogspot.com.br/2013/02/o-poder-das-pedras-selenita-rosa-do.html
https://www.ordemdosmagos.com/2015/06/08/rosa-do-deserto-e-as-suas-propriedades/
http://worldofminerals.blogfa.com/post/12

25 de abril de 2017

Poções: Poção da Terra

Poções elementais podem usadas para se aproximar de determinado elemento, para consagrar instrumentos mágicos, servir como oferendas para determinado elemental, ou ajudar a desenvolver características associadas à certo elemento.

Uma poção da terra pode ajudar aqueles que buscam paciência, responsabilidade, fertilidade e estabilidade, além de ser usado para consagrar pentagramas.

Verbena
Poção da terra
Ingredientes:
Um punhado de Artemísia
Alguns botões de Magnólia
Um punhado de Verbena

Modo de preparo:
Quando a lua estiver posicionada em algum signo da terra (Touro, Virgem, ou Capricórnio), aqueça uma xícara de água e adicione as ervas, tampando e deixando descansar por cinco ou dez minutos.
Coe a infusão e adoce com mel ou açúcar se desejar.

Fontes:
http://www.astrologosastrologia.com.pt/blog/pocoes/pocao-magica-do-elemento-terra/
http://veronicagomelsky.com/english/therapeutic-method-menu/complementary-tools/flower-essences/bach-flowers/

23 de abril de 2017

Contos: Os doze trabalhos de Hércules, Os Pomos das Hespérides

Como presente de casamento Gaia presenteou Zeus e Hera com as maçãs douradas da imortalidade, Hera então plantou as sementes em um jardim próximo ao Monte Atlas, deixando aos cuidados das Hespérides e enviando o dragão imortal de 100 cabeças chamado Ladon para proteger o jardim.

Como penúltima tarefa, Hércules deveria trazer três pomos dourados do jardim das Hespérides, cuja a localização era indefinida e cheia de perigos, fazendo com que o herói seguisse em direção ao oeste para conseguir informações com as ninfas de Ilíria.

Passando por Tessália, ele acabou encontrando o deus Ares que queria vingança pela morte de seu filho, recebendo auxilio de Atena, Hércules conseguiu esquivar dos golpes de Ares e causar um ferimento na coxa, obrigando o deus a se recuperar no Olimpo.

Em Ilíria, as ninfas disseram que Nereu sabia a localização exata do jardim, Nereu era um antigo deus do mar e capaz de mudar de forma, Hércules se aproximou dele enquanto dormia e o amarrou gentilmente para que não acordasse, quando apertou as cordas o deus despertou e tentou fugir, mas não importava qual forma tomasse, as cordas continuavam apertadas, no fim ele não teve escolha a não ser dar a informação.

Em suas viagens o herói lutou contra Anteu, um gigante que por ser filho de Gaia, retirava sua força da terra, Hércules o levantou do chão para que não tivesse contato com a terra e o enforcou. Enquanto passava pelo Egito o herói acabou sendo escolhido como sacrifício em homenagem aos deuses para dar fim à fome que atormentava o reino, sem muito esforço o semi-deus se libertou matando tanto o faraó quanto seus sacerdotes.

Quando estava quase chegando Hércules encontrou Prometeu acorrentado no Monte Cáucaso sendo devorado por um abutre, ele resolveu matar o abutre e libertar o titã. Como agradecimento Prometeu sugeriu que o herói pedisse ajuda ao titã Atlas, pai das Hespérides.

O Monte Atlas recebia esse nome porque era lá que o Atlas estava sendo punido por ser um dos lideres na revolta dos titãs, ele passaria o resto da eternidade carregando os céus em suas costas.
Hércules disse que poderia ficar no lugar do titã por algum tempo se ele buscasse as maçãs, tendo a chance de descansar as suas costas pela primeira vez Atlas concordou.

Porém ao retornar com os pomos, Atlas resolveu que não voltaria para a sua punição e que deixaria Hércules em seu lugar. Usando sua lábia, o herói disse que poderia ficar no lugar de Atlas, mas pediu que ele ajeitasse os céus em suas costas para ficar mais confortável, quando o titã levantou os céus, Hércules saiu do lugar levando os pomos e deixando um titã confuso para trás.

Euristeu estava tão convencido de que Hércules não conseguiria cumprir a ultima tarefa que não sabia o que fazer com as maçãs, deixando a decisão para o herói, Hércules pediu um conselho da deusa Atena que levou as maçãs de volta para o jardim onde elas pertenciam

Fontes:
http://mitographos.blogspot.com.br/2015/12/hercules-os-doze-trabalhos-os-pomos-das.html
http://mitographos.blogspot.com.br/2015/12/hesperides.html

21 de abril de 2017

Feitiços: Festival do Fantasma Faminto

O Hungry Ghost Festival ocorre sempre no decimo quarto dia do sétimo mês lunar, o que pode acabar mudando de ano para ano quando usamos o nosso calendário, esse ano por exemplo irá cair no dia 5 de setembro.

De acordo com as crenças chinesas tradicionais o sétimo mês lunar é quando os espíritos podem a vagar livremente pelo mundo dos vivos.

Assim como muitas festas em homenagem aos mortos, durante o Festival do Fantasma Faminto as pessoas costumam fazer oferendas para os seus antepassados, como por exemplo queimar dinheiro do inferno (folhas de papel que se acredita serem usados como dinheiro no mundo dos mortos) ou queimar objetos de papel machê como roupas, casas, carros e moveis, para que os mortos possam usar na vida após a morte

Algumas famílias deixam lugares vagos na mesa de jantar para receber os espíritos de seus antepassados, há também lugares onde se fazem apresentações deixando a primeira fileira vazia reservada apenas para os fantasmas.

Acredita-se que durante o festival, fantasmas vagabundos podem aparecer trazendo algum tipo infortúnio, para evitar isso, as pessoas também homenageiam esses espíritos desconhecidos, oferecendo abrigo e comida.

Dizem que esses fantasmas são almas de pessoas que não tiveram um ritual de despedida decente, ou que foram esquecidas por seus familiares, no entanto algumas lendas contam que eles seriam almas de pessoas egoístas que se recusaram dar comida para viajantes famintos, por causa disso seus pescoços são extremamente compridos e muito finos, de modo que eles tenham dificuldade em engolir a comida.

14 dias após o festival, as pessoas colocam lanternas flutuantes em um rio para mostrar o caminho de volta ao mundo dos mortos, as lanternas costuma ser feitas de papel e terem o formato de lótus, essa tradição é uma forma de despedida e dá fim ao Festival do Fantasma Faminto

Fontes:
http://www.discoverhongkong.com/au/see-do/events-festivals/chinese-festivals/the-hungry-ghost-festival.jsp
https://en.wikipedia.org/wiki/Ghost_Festival
https://en.wikipedia.org/wiki/Hell_money
https://en.wikipedia.org/wiki/Hungry_ghost
https://chinanaminhavida.com/2014/08/11/hungry-ghost-festival-ou-festival-do-fantasma-faminto-na-china/
http://www.discoverhongkong.com/au/see-do/events-festivals/chinese-festivals/index.jsp
http://www.alamy.com/stock-photo-vector-illustration-of-chinese-ghost-festival-offeringstraditional-113358756.html

20 de abril de 2017

Amuletos: Bola de Cristal

Um dos métodos de prever o futuro mais conhecido no mundo é através da bola de cristal, embora eu não veja muitas pessoas utilizando bolas de cristal hoje em dia.
Diferente do Tarot a leitura da bola de cristal é muito mais intuitiva e um pouco menos clara.

Origem:
Acredita-se que as primeiras bolas de cristal surgiram na Europa cerca de 1500 a.C. sendo inicialmente feitas de berilo e utilizadas pelos druidas.

Com o crescimento do cristianismo, a Igreja Católica passou a condenar o uso de bolas de cristal, Santo Agostinho alegou em seu livro "A cidade de Deus"que praticas como essas seriam obras de demônios se passando por anjos.
Apesar das proibições, isso não impediu que povos como os ciganos praticassem a adivinhação através da bola de cristal, o que provavelmente acabou popularizando a prática.

Função:
São usadas principalmente para prever o futuro, mais especificamente um futuro próximo, embora antigamente algumas pessoas acreditassem que elas também eram capazes de se comunicar com o alem.

Como é usado:
Em primeiro lugar o cristal deve ser purificado e você deve estar relaxado, para tornar a leitura mais fácil, as pessoas costumam colocar o cristal sobre um tecido escuro em uma sala pouco iluminada, feche os olhos e relaxe respirando fundo algumas vezes, em seguida abra os olhos e fixe o olhar no cristal.

Manchas costumam indicar problemas, e quanto mais escuras, maiores serão os seus problemas.

Nuvens mudam significado dependendo da cor, cores frias como azul, violeta e verde costumam significar boas coisas enquanto cores quentes como vermelho, amarelo e laranja revelam duvidas e dificuldades.

As figuras também podem trazer certos significados:

  • Estrelas: Sonhos impossíveis
  • Coração: Um grande romance
  • Serpente: Saúde em risco
  • Pássaros: Surpresas
  • Olho: Siga sua intuição
  • Espada: Conflitos e desarmonia
  • Balança: Recompensa
Por fim, imagens que se formarem no topo da bola de cristal mostram o presente ou um futuro próximo, imagens na parte inferior do cristal revelam acontecimentos do passado. Figuras na direita mostram influencias positivas, enquanto figuras na esquerda mostram influencias negativas.


Fontes:
http://www.megacurioso.com.br/futurologia-e-previsoes/101091-a-historia-da-bola-de-cristal-desde-a-sua-origem-ate-o-imaginario-popular.htm
https://pt.wikipedia.org/wiki/Cristalomancia
https://pt.wikipedia.org/wiki/Bola_de_cristal
http://www.silatarot.pt/2013/06/sila-tarot-cristalomancia-arte-de-ler.html
http://www.cuidar.com.br/cristalomancia
https://depokafe.wordpress.com/tag/bola-de-cristal/

18 de abril de 2017

Plantas: Dama da noite

Dama da noite é o nome usado para se referir a plantas que abrem suas flores somente à noite, na intenção de atrair insetos noturnos para a polinização. Suas flores costumam ser brancas para refletir melhor a luz e chamar a atenção.

Segundo uma lenda, existia uma jovem princesa que adorava perfumes, vivia procurando flores para fazer novos perfumes, mas um dia ela ficou doente, não havia nada que pudesse fazer e a princesa acabou morrendo e foi enterrada no jardim do castelo.

Uma semana depois uma planta nasceu no tumulo, ela tinha flores brancas amareladas que espalhavam seu perfume durante a noite, por causa disso as pessoas chamaram a planta de Não me esqueças, em homenagem a princesa.

Cultivo:
O cactus orquídea é uma dama da noite cactus, por causa de seu peso a planta precisa de algo para se apoiar como uma treliça ou muro, deve ser plantada em um local ensolarado, embora possa ficar na meia sombra durante uma parte do dia.

O solo deve ser rico em matéria orgânica e arenoso para que as raízes possam respirar, recomenda-se que seja adubada no inicio da primavera com humus de minhoca, sendo sempre regada após a adubação.

Evite regar todos os dias, água em excesso pode apodrecer a raízes, durante estações de chuva é recomendado que se suspenda as regas.

Medicinal:
Deve ser utilizada com certo cuidado já que algumas podem ser venenosas, principalmente se estiverem frescas, por isso o chá de dama da noite geralmente é feito com flores secas.

Possui efeitos diuréticos, calmantes, estimulantes, cardiotônicos e remineralizante, sendo utilizada para tratar asma, bronquite, fluxo menstrual excessivo, dor de cabeça, febre, alem de problemas circulatórios e pulmonares.

Culinário:
Algumas espécies de cactus dama da noite dão um fruto escamoso conhecido como pitaya, possui poucas calorias, um sabor doce, algumas vezes semelhante ao kiwi ou ao melão, e geralmente é consumida crua, embora possa ser usada para fazer vinhos, sucos e geleias.

Magia:
Devido ao aroma doce da planta ela costuma ser usada em poções e feitiços de amor e sedução.

Outra lenda conta que a dama da noite costumava ser uma flor diurna, e que o sol era apaixonado por ela, até que em uma noite fria a flor acordou e se deparou com a lua cheia, se apaixonando perdidamente e trocando o dia pela noite e mostrando como a paixão pode ser imprevisível.

Ao ser abandonado o sol entristecido deixou de brilhar, para curar o seu coração ferido, a mãe natureza resolveu criar os girassóis, uma flor que seguiria o sol fielmente onde quer que ele fosse.

Fontes:
https://www.beneficiosnaturais.com.br/flor-da-noite-beneficios-e-propriedades/
http://www.obagastronomia.com.br/pitaya-dragon-fruit/
http://tcpaisagismojardinagem.blogspot.com.br/2011/10/lenda-de-como-surgiram-dama-da-noite-e.html
http://www.fazfacil.com.br/jardim/diferentes-dama-da-noite/
https://universodasflores.wordpress.com/author/universodasflores/page/635/

16 de abril de 2017

Mitologia: Lista de coelhos mitologicos

Feliz pascoa!! Comeram muito chocolate?

Eu ia fazer um post sobre cockatrice, mas como estamos na páscoa achei que seria uma ótima oportunidade de fazer uma lista sobre coelhos mitológicos.

Muscaliet

Os bestiários medievais os descreviam como uma criatura com corpo de lebre, rabo e pés de esquilo, dentes de javali, orelhas de doninha, focinho de toupeira e pelo de porco. Costuma pular de galho em galho usando a força de sua cauda, no entanto é um animal que exala muito calo, ao subir ou fazer seu ninho em árvores ele acaba por destruir as folhas e frutos, matando a planta e deixando-a completamente seca.

Coelho Lunar

Também chamado de coelho de jade, dizem que se você olhar atentamente para a lua cheia poderá ver a imagem de um coelho socando um pilão. Lendas chinesas contam que o coelho de jade estaria preparando o elixir de longa vida para a deusa da lua, Chang'e. Já no folclore japonês e coreano, ele estaria batendo bolinhos de arroz.

Al-mi'raj


Uma besta do folclore árabe que possui a aparência de um coelhinho amarelo com um chifre negro em espiral de mais de meio metro de comprimento, semelhante a um unicórnio.

Apesar disso o  Al-Mir'aj é extremamente violento, territorial e carnívoro, avançando contra suas vitimas e as rasgando com seu chifre afiado, ele também é capaz de caçar animais muito maiores do que ele e devora-las sem qualquer esforço. A unica pessoa que poderia domar um Al-Mir'aj e torna-lo inofensivo seria uma bruxa verdadeira.

Jackalope

Nativo dos Estados Unidos, Califórnia, o jacklope supostamente seria a mistura de uma lebre (jackrabbit) e um antilocapra (antelope). Embora muitas lojas em Douglas vendam leite de Jackalope, o folclore local o descreve como um animal perigoso e difícil de ser ordenhado.
Ele pode correr até 140 km por hora, alem de possuir a capacidade de imitar a voz humana e até mesmo cantar junco com viajantes solitários. Dizem que podem ser atraídos com um pouco de uísque e se reproduzem apenas durante tempestades de relâmpagos.

Rompo
O rompo é um animal com cabeça de lebre, orelhas humanas, braços de texugo, pernas de urso e um corpo que se assemelha a um esqueleto. Se alimenta somente de cadáveres humanos e canta baixinho enquanto come. Suas histórias parecem ter origem na Índia e na Africa.

Fontes:
https://en.wikipedia.org/wiki/Rompo
https://pt.wikipedia.org/wiki/Jackalope
https://en.wikipedia.org/wiki/Al-mi%27raj
https://pt.wikipedia.org/wiki/Coelho_lunar
http://bestiary.ca/beasts/beast4799.htm
http://portal-dos-mitos.blogspot.com.br/2014/04/o-coelho-da-lua.html
https://en.wikipedia.org/wiki/Jackalope
http://www.legendsofamerica.com/wy-jackalope.html
http://www.modaruniversity.org/Monsters.htm
https://es.wikipedia.org/wiki/Rompo
http://humoncomics.com/al-miraj
https://onthegowithpatty.wordpress.com/tag/jackalope/

14 de abril de 2017

Feitiços: Tradições de Páscoa

Ah! A pascoa, tempo de renovação, de lembrar o renascimento de Jesus Cristo, comemorar o equinócio de primavera (apesar de estamos no Brasil e aqui ser outono...), ou então se entupir de chocolate e acabar passando mal...

Assim como eu fiz no natal e no ano novo, resolvi fazer um post sobre algumas das tradições de pascoa mais comuns.

Ovos decorados
Antes mesmo do Cristianismo, muitas culturas já tinha o costume de pintar ovos de galinhas para celebrar o equinócio de primavera. Geralmente eles eram decorados com desenhos de plantas e elementos da natureza ao se ferver os ovos com ervas e corante natural.

Para obter uma farta colheita, os agricultores tinha como tradição trocar ovos decorados entre si e enterra-los nas terras de cultivo, talvez o costume de esconder os ovos tenha surgido dessa tradição.


Roupas novas
Como a pascoa celebra uma época de renascimento e renovação, muitas pessoas adquiriram o costume de usar roupas novas durante a pascoa para atrair sorte até o fim do ano.

Dizem que antigamente, aqueles que era batizados na época de quaresma, deveria utilizar roubas brancas na semana de pascoa.

Coelho
Antigamente o equinócio de primavera era dedicado à Ostera, deusa nórdica da fertilidade e do renascimento, que muitas vezes era representada carregando ou acompanhada de um coelho ou lebre, devido ao fato de serem animais que se reproduzem rapidamente, eles foram associados à fertilidade.

Apesar disso, o coelho não é o único animal que entrega ovos durante a pascoa, na Republica Tcheca por exemplo as crianças esperam presentes entregues por uma cotovia, na Austrália, onde os coelhos são vistos como uma praga, bilbies acabaram se tornando o simbolo da pascoa, já em alguns países da Europa, os coelhos foram substituídos por galos.

Fontes:
http://brasilescola.uol.com.br/pascoa/a-origem-ovo-pascoa.htm
http://www.bigmae.com/tradicoes-da-pascoa/
http://www.megacurioso.com.br/datas-comemorativas/35966-7-tradicoes-pascoalinas-que-voce-provavelmente-desconhece.htm
https://oqelagosta.wordpress.com/2015/03/26/ideias-baratas-e-lindas-para-decorar-sua-casa-na-pascoa/
http://panoramapet.com.br/revista/dicas-para-criar-um-coelho/

13 de abril de 2017

Pedras: Jaspe

Como estamos nos aproximando da páscoa, eu pesquisei alguns cristais e pedras associados à Ostara, o equinócio de primavera, eu já havia feito posts sobre ametista, água marinha, pedra da lua e quartzo rosa, então, a unica pedra que restou foi o jaspe, em especial o jaspe vermelho.

Antigamente se acreditava que o jaspe verde era capaz de atrair chuvas para os campos de quem a usasse, alguns também diziam que ela poderia ser usada como antidoto para veneno de cobra.

O jaspe no entanto não é a mais indicada para elixires já que trabalha de forma lenta, uma característica incomum na maioria dos cristais, mas que pode ser muito aproveitada se for utilizada por longos períodos de tempo, principalmente se acompanhada de uma opala.

  • Jaspe vermelho: Traz força e coragem para fazer justiça ou enfrentar situações difíceis
  • Jaspe oceânico: Também conhecido como jaspe do mar ou pedra de Atlantis, desenvolve a auto estima e a empatia.
  • Jaspe leopardo: Ajuda a encontrar o poder animal
  • Jaspe verde: Acalma o espirito restaurando o equilíbrio emocional e o controle dos pensamentos, sendo usada para garantir um sono tranquilo, ele também pode afastar os fantasmas.
  • Jaspe dalmantino: Usada tanto para proteção quanto cura, fortalece o animo, as amizades, e os laços familiares, podendo também ter efeito calmante sobre as crianças e os animais.
  • Jaspe castanho: Traz estabilidade e equilíbrio, encorajando também a consciência ambiental, se usada na meditação pode facilitar o acesso às vidas passadas

Físico:
É indicado para o sistema nervoso e controle da pressão, alem de oferecer benefícios para a bexiga, figado, estomago, baço e promover força fisica.
Costuma ser usada para estancar sangramentos, hemorragias e curar feridas, melhorando a circulação do sangue e resolvendo problemas de impotência sexual. Na gravidez ele diminui os enjoos, prevenindo vômitos e proporcionando uma gravidez mais tranquila.

Mental:
Assim como muitas pedras, o jaspe traz harmonia entre mente e corpo, ajudando a compreender os assuntos do casamento, amizade, trabalho e dando mais segurança para pessoas de personalidade frágil.

Espiritual:
Pode ser usada como amuleto de proteção contra o mau olhado, energias negativas, espíritos e feitiços malignos.
Se usada na meditação, pode libertar a nossa alma de bloqueios e restrições, trazendo a sensação de paz e liberdade.

Fontes:
https://www.cristaisaquarius.com.br/blog/significado-da-pedra-jaspe-vermelho/
http://significado-das-pedras.blogspot.com.br/2014/04/significado-da-pedra-jaspe.html
http://www.lendaviva.com.br/site/jaspe.html
http://atuavidanosastros.com/2015/08/pedras-e-cristais-jaspe/
https://pt.wikipedia.org/wiki/Jaspe

11 de abril de 2017

Poções: Chocolate

Chocolate, para algumas culturas o alimento sagrado dos deuses, para outras uma iguaria exótica, ao longo dos anos o chocolate se tornou uma guloseima incrivelmente popular no mundo inteiro, talvez por ele oferecer uma leve sensação de alegria.

Como estamos nos aproximando da Páscoa, resolvi fazer um post especial de poções sobre chocolate

História:
O cacau é uma planta nativa da America do Sul e vem sendo cultivada há pelo menos 3 mil anos. Inicialmente era consumido por civilizações Omelcas, Maias e Astecas.

Os maias preparavam uma bebida amarga chamada de xocoatl usando grãos de cacau torrados, milho fermentado, pimenta, baunilha, mel, entre outras especiarias, ela era servida durante cerimonias religiosas sendo consumida apenas pelos nobres. Posteriormente o cacau foi levado para a Europa pelos colonizadores onde se espalhou pelo mundo.

Naquela época o chocolate era consumido apenas na forma de bebida, as barras de chocolate só começaram a ser produzidas após o holandês Conrad van Houtten inventar um aparelho capaz de retirar a gordura do cacau e a transformá-la em manteiga de cacau, vinte anos depois a firma inglesa, Fry and Sons, passou a misturar o cacau moído com manteiga de cacau e açúcar dando origem ao chocolate em barra como conhecemos.

Lendas:
Para os maias e astecas, o cacau era a bebida favorita dos deuses sendo usada principalmente como oferenda, nesse caso a bebida era servida em taças de ouro para vitimas de sacrifícios

Dizem que o deus Quetzalcoatl, senhor da lua e dos ventos, queria presentear os humanos com algo que os trouxesse alegria e prazer, por isso roubou as sementes da árvore sagrada do Reino dos Filhos do sol e as plantou na região que os astecas habitavam dando origem à árvore de cacau.

Já na mitologia maia, o cacau surgiu quando o herói Hun-Hunahpú foi decapitado e teve sua cabeça pendurada no tronco de uma árvore morta, algum tempo depois a árvore voltou à vida e passou a dar frutos de cacau.

Magia:
Apesar de inicialmente o cacau servir como oferenda para os deuses, atualmente o uso do chocolate na magia é bem diferente, sendo geralmente usado em poções e feitiços de amor.

Devido ás suas propriedades antidepressivas e relaxantes, ele também pode servir como ingrediente para alimentos de celebrações ou poções de alegria e relaxamento.

Fontes:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Hist%C3%B3ria_do_chocolate
http://www.infoescola.com/alimentos/chocolate/
http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI130808-17770,00-BREVE+HISTORIA+DO+CHOCOLATE.html
http://medievallegends.blogspot.com.br/2010/08/lenda-do-cacau.html
http://www.cacaushow.com.br/artigos/lendas-sobre-origem-do-chocolate
http://www.magiazen.com.br/palavra-chave/chocolate
http://bomfeiticeiro.com/simpatias/simpatias-de-amor-simpatias/simpatia-do-bombom-para-o-amor/
http://www.astrologosastrologia.com.pt/blog/banhos-magicos/banho-magico-banho-de-chocolate-para-diversos-fins/
https://www.sciencedaily.com/releases/2008/12/081210091039.htm

9 de abril de 2017

Contos: Os doze trabalhos de Hércules, O Gado de Gerião

Gerião era um gigante com três torsos que dividiam apenas um par de pernas, ele possuía um enorme rebanho de touros vermelhos de cabeça larga e pernas esguias que era protegido pelo pastor gigante Euritião e Ortro, o cão de duas cabeças e cauda de dragão.

O gigante de três cabeças também tinha o costume de gritar durante tempestades para abafar os trovões de Zeus, ou então subir no alto de uma rocha beira mar para desafiar aos berros qualquer um que tivesse coragem de enfrenta-lo, dizem que sua voz era poderosa o suficiente para se igualar à força de dez mil guerreiros.

Por causa disso um dos servos de Euristeu acabou ouvindo o ecoar dos gritos de Gerião desafiando guerreiros que passavam, foi assim que Euristeu teve a ideia de mandar Hércules para roubar o gado vermelho de Gerião.

O gigante habitava a ilha de Erítia, para chegar até lá, Hércules precisava atravessar o deserto da Líbia. Devido ao sol escaldante, o herói enfurecido, começou a atirar flechas contra o sol, até que o deus do sol, Apolo, apareceu implorando para que ele parasse. Hércules disse que só pararia se o deus lhe emprestasse sua barca de ouro para atravessar os mares, facilitando a viagem.

Ao chegar na ilha, ele foi recebido por Ortro, o cão de duas cabeças, apesar de ser uma enorme fera, Hércules o derrubou com apenas um golpe de sua clave. Em seguida o pastou Euritião tentou levantar uma gigantesca pedra, mas foi atingido por uma das flechas do herói que o fez soltar a pedra sobre a própria cabeça.

Gerião, que ouviu a luta, então vestiu suas armaduras, capacetes, escudos e saiu de casa armado com três lanças, embora Gerião fosse um gigante de grande poder, e estivesse bem armado, isso não impediu Hércules de mata-lo com uma flecha envenenada com sangue de Hidra, dizem que após derrotar Gerião o herói ainda rasgou o seu corpo em três pedaços

O retorno para Micenas no entanto não foi tão fácil quanto conseguir os bois, ele teve que navegar pelo Oceano Atlântico para devolver a barca, alem de ter que lidar com vários dificuldades enviadas pela deusa Hera e inimigos que desejavam os bois vermelhos.

Entre eles estava o gigante Caco, que roubou dois bois e quatro novilhos, mas foi morto por um golpe da espada de Hércules, e o rei Eryx, que após encontrar um dos bois perdido, decidiu ficar com ele, quando Hércules pediu o boi de volta, Eryx o desafiou para uma luta de boxe com três rounds, onde Hércules não só o venceu como acabou matando-o.

Acreditando que essa era a ultima tarefa Hércules ficou aliviado quando finalmente chegou à Micenas, Euristeu porém lhe revelou que haviam mais duas tarefas, já que ele desconsiderou a morte da Hidra, por ter recebido ajuda de Iolau e a limpeza dos estábulos por ter sido pago.

Fontes:
http://mitographos.blogspot.com.br/2015/12/hercules-os-doze-trabalhos-os-bois-de.html
https://herculeseseus12trabalhos.wordpress.com/category/6-hercules/6-1-os-12-trabalhos/6-1-91-os-bois-de-geriao/

7 de abril de 2017

Feitiços: Usando Tarot em feitiços

Apesar de geralmente serem usadas para adivinhações e consultas, as cartas de tarot também podem servir para a execução de alguns feitiços.

Para uma entrevista de trabalho

Ingredientes:
Uma toalha laranja
Papel
Lápis laranja
Aventurina (expressão oral, comunicação, viagens e autoaperfeiçoamento)
1 incenso de canela
1 rosa branca
A carta do mago
A carta da estrela
A carta sete de paus
A carta oito de paus

Durante a lua nova, estenda uma toalha laranja sobre a mesa para facilitar a eloquência, a folha de papel, escreva a data da entrevista e seu desejo para que tudo dê certo.

Coloque a aventurina sobre o papel e acenda o incenso, colocando a rosa sobre a mesa
Ponha as cartas sobre a mesa deixando o mago no norte, a estrela no sul, o sete no leste e o oito no oeste.

Para ter um encontro especial
Ingredientes:
Uma toalha vermelha
Papel
Batom ou lápis vermelho
Foto da pessoa (opcional)
2 pedras jaspe
Penas ou pétalas de rosa
2 velas vermelhas
1 incenso de patchouly para atrair uma mulher ou musk /almíscar para homem
2 rosas vermelhas
A carta da Imperatriz
A carta do Diabo
A carta cavaleiro de copas
A carta três de copas

Durante a lua cheia estenda a tolha sobre a mesa e escreva na folha de papel sobre sua necessidade de contato físico e quanto tempo você deseja que esse encontro dure, coloque as pedras sobre o papel dobrado e espalhe as penas ou pétalas sobre a mesa.

Acendas as velas e o incenso, colocando as rosas dentro de um vaso, em seguida posicione a imperatriz no norte, o diabo no sul, o cavaleiro no oeste e o três no leste.

É importante ressaltar que a carta do diabo proporcionará magnetismo lhe tornando atraente ao olhos das outras pessoas, no entanto ela pode fazer com que você se arrependa de seus desejos, por isso é recomendado que se pense bem antes de realizar esse feitiço.

Cartas sob o travesseiro
Ingredientes:
Um baralho

Esse feitiço é bem simples, embora possa ser usado para vários propósitos. Á noite, antes de dormir, escolha uma carta do baralho que represente o seu desejo, pode usar a Imperatriz para fertilidade, o mago para despertar seu potencial ou trazer criatividade, ou os amantes para trazer amor e sexualidade, para isso é claro você vai ter que estudar os diferentes significado das cartas.

Se você for uma pessoa que se move muito na cama, como eu, talvez queira colocar a carta dentro de um caderno, aproveite e escreva das paginas onde a carta será guardada o que você deseja, sendo bem especifico.

Acredito que seja possível fazer adivinhações com esse método, nesse caso escreva ou faça a pergunta e pegue uma carta aleatória sem olhar, coloque-a embaixo do travesseiro e vá dormir, na manhã seguinte vire a carta para ter a sua resposta, acho que você também pode receber uma resposta mais complexa através do sonho.


Fontes:
http://caminhosdassombras.com.br/forum/index.php?topic=85.0
https://cartasedestino.blogspot.com.br/2013/02/feitico-com-o-tarot-para-ter-encanto.html
http://www.aeclectic.net/tarot/cards/white-magic-tarot-spell-cards/
http://misticos.blogs.sapo.pt/magia-do-tarot-3473

6 de abril de 2017

Amuletos: Olho de Hórus

O olho arrancado de um deus, embora tenham significados e origens diferentes, muitas pessoas confundem o olho de Hórus com o olho da Providência (o olho que tudo vê), mesmo assim isso não impede a possibilidade do olho da providencia ter sido inspirado no olho de Hórus, já que os dois representam os olhos de um deus.

Acho um pouco poético o fato de que o amuleto não era o olho verdadeiro de Hórus, sendo apenas um reflexo do olho restante, assim como a lua reflete o sol

Origem:

O olho de Hórus possui origem no Egito, para eles o olho era o espelho da alma e o formato desse amuleto era associado à animais sagrados para os egipcios, como gatos, gazelas e falcões.

Dizem que durante sua luta com Seth, Hórus teve o seu olho esquerdo arrancado e substituído por esse amuleto, por causa do ferimento que estava se curando, o olho esquerdo passou a simbolizar a lua e suas fases, enquanto o olho direito que não estava ferido, passou a simbolizar o sol.

Função:.
Enquanto o olho esquerdo (Wedjat) representava a lua, o sentimentalismo,a intuição, a visão feminina, informação abstrata, ou seja, o lado mais espiritual, o direito (Udjat) representava o sol, o entendimento de letras, palavras e números, a visão masculina e a informação concreta, sendo o lado mais racional.

Como amuleto o olho de Hórus era simbolo de proteção, coragem e poder. Caso os dois olhos fossem colocados juntos (Udjat/Wedjat) eles representavam todo o universo e as forças da luz, de modo semelhante ao Tao de Yin e Yang.

Como é usado:
Antigamente ele era usado para afugentar o mal-olhando durante a vida e proteger a alma contra os males do além durante a morte.

Hoje em dia ele ainda serve para espantar o mal olhado, embora não seja mais usado como amuleto pós morte, geralmente as pessoas costumam tatuar esse simbolo ou usar na forma de pingente

Fontes:
https://www.dicionariodesimbolos.com.br/olho-horus/
https://pt.wikipedia.org/wiki/Olho_de_H%C3%B3rus
https://www.significados.com.br/olho-de-horus/
https://pt.wikipedia.org/wiki/Olho_da_Provid%C3%AAncia

4 de abril de 2017

Plantas: Cenoura

Como essa semana o post de terça é sobre plantas e estamos há duas semanas da Páscoa, pensei que seria interessante escrever sobre cenouras.

Cultivo:
Se desenvolve melhor entre os 16 e 22°C, prefere sol direto embora possa crescer em sombra parcial desde que tenha uma boa luminosidade, temperaturas acima dos 30°C podem prejudicar o crescimento e sabor das raízes, é importante que as sementes sejam plantadas em um local definitivo, pois a cenoura não costuma suportar o transplante.

Para que as raízes não cresçam tortas, o solo deve ser fofo, livre de pedras e profundo, o ideal também seria que ele fosse rico em matéria orgânica e bem drenado para evitar o acumulo de água.

Quanto à rega, deve ser feita de modo que a terra fique úmida sem encharcar, excesso de água pode causar apodrecimento da raiz. A colheita pode ser feita entre 60 a 120 dias após o plantio.

Medicinal:
É uma rica fonte de betacaroteno, responsável por manter o bom estado da pele, das mucosas e pela produção de vitamina A no organismo, melhorando a visão e a imunidade.

As sementes possuem propriedades abortivas, diuréticas, alem de ajudar a reduzir os gases intestinais e facilitar o fluxo menstrual. A raiz serve como antibacteriano, anti-séptico urinário e tônico, podendo também ser usada na forma de máscara hidratante de beleza para pele e cabelos secos.

Culinário:
Seu sabor é levemente adocicado podendo ser consumida tanto em saladas e conservas quanto em sopas e até mesmo bolos, ela também pode ser colocada em molhos de tomate para reduzir a acidez evitando assim a adição de açúcar.

No entanto, deve se evitar a adição de frutas cítricas no preparo de sucos de cenoura, pois o acido presente nessas frutas irá destruir grande parte da vitamina A.

Magia:
É uma planta regida por Mercúrio embora alguns considerem Marte como seu regente, sendo usada para rituais de fertilidade. Há também algumas simpatias com cenouras destinadas a tirar o desejo sexual do homem em relação à outras mulheres.
Por ser uma planta de Mercúrio, acredito que ela também possa ser utilizada para trazer alegria e criatividade.

Fontes:
https://hortas.info/como-plantar-cenoura
http://www.plantasmedicinaisefitoterapia.com/cenoura-daucus-carota/
http://professorkibersitherc.blogs.sapo.pt/59708.html
http://www.vix.com/pt/bdm/receitas/7-formas-de-diminuir-a-acidez-do-molho-de-tomate-usando-fermento-cenoura-e-mais
https://nplantas.com/cenoura-uso-culinario/
http://www.almanaqueculinario.com.br/dica/cenoura-dicas-e-beneficios-14
http://ciganosencantados.blogspot.com.br/2011/04/magia-para-o-homem-broxar.html
http://www.magiazen.com.br/palavra-chave/planetas/page/2
http://oficinadasbruxas.com/?s=cenoura
http://www.treinomestre.com.br/7-importantes-beneficios-da-cenoura/

2 de abril de 2017

Mitologia: Hipogrifo

Simbolo de amor impossível e platônico, os hipogrifos são descendentes dos grifos, o que faz com que muitas pessoas confundam as duas criaturas.

Origem:
Um hipogrifo surge da união entre um grifo e uma égua, porém devido ao fato de que cavalos costumam ser as presas preferidas dos grifos, esse acontecimento é extremamente raro sendo usado como um ditado popular para se referir a algo impossível ou improvável.

Características:
Geralmente possui cabeça, asas e garras dianteiras de uma águia com plumagem laranja, enquanto o resto do corpo se assemelha a um cavalo marrom.

Costuma medir de dois a três metros de comprimento e diferente do grifo, ele não apresenta características físicas de um leão, sendo no máximo possível encontrar representações possuindo a cauda de um leão.

Hábitos:
São seres onívoros, podendo tanto caçar quanto se alimentar de pasto, alem disso são extremamente ágeis e velozes, servindo como montaria para cavaleiros e feiticeiros.

Por serem metade cavalo, são muito mais doceis e domesticáveis do que os grifos, embora seja mais fácil cria-los quando ainda são jovens ou antes de sair do ovo, após atingir a idade adulta em três anos se tornam mais difíceis de serem domados.

Fraquezas:
Assim como o grifo, o hipogrifo não possui fraquezas claras, mas podemos supor que eles partilhem do seu ódio contra os basiliscos e cockatrices devido ao seu olhar mortal.

Fontes:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Hipogrifo
http://www.seresmitologicos.net/voladores/hipogrifo

http://es.warhammerfantasy.wikia.com/wiki/Hipogrifo
http://www.dragaobebado.com.br/2016/08/as-criaturas-mais-temidas-da-idade-media-grifo.htmlhttp://medievallegends.blogspot.com.br/2009/02/hipogrifo.html