12 de agosto de 2016

Feitiços: Ritual de Exorcismo

Como há algum tempo atrás eu fiz um post sobre água benta, então porque não um sobre exorcismo? Ao contrário do que aparenta, o ritual é muito longo podendo levar horas ou dias até que o espirito abandone o corpo do possuído. O processo envolve vários símbolos, textos, orações, gestos e quase nunca é realizado por uma unica pessoa.



Antes de se realizar o ritual, é importante verificar se a vítima está mesmo possuída, não seria bom exorcizar alguém que apenas sofre de esquizofrenia, ou algum outro tipo de doença.

Pessoas que foram possuídas costumam falar em línguas desconhecidas, entender frases ditas em outro idioma, possuir conhecimento de fatos ocultos, possuir uma força acima do normal, ou demonstrar aversão á deus e objetos sagrados

Também não é aconselhável que espalhe a execução do ritual em qualquer meio social, o exorcismo deve-se manter discreto, antes, durante e após o ritual, ou seja, não é uma boa ideia filmar, e postar no Youtube, ou tirar um selfie e marcar o capeta no Face.

É um costume que o padre faça uma confissão a fim de ter os seus pecados perdoados, e vestir uma roupa adequada para a cerimonia. Ao chegar ao local onde será realizado o exorcismo, ele deve fazer uma reverencia ao altar, ou à cruz. Com todos de pé, se faz uma benção e o exorcista diz virado para os presentes:
"Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
Amén.
Deus Pai todo-poderoso, que quer salvar todos os homens, esteja convosco.
O Senhor esteja convosco."
O ritual se inicia borrifando água benta sobre a si mesmo, a vitima e as pessoas envolvidas, geralmente um padre mais jovem, um médico e um membro da família, enquanto diz:
"Eis água bendita: seja para nós salvação e vida, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
Amen."
O exorcista convida todos á orar:
"Imploremos humildemente, irmãos caríssimos,
a misericórdia de Deus omnipotente,
para que, pela intercessão de todos os Santos,
oiça benignamente a voz da sua Igreja
em favor deste nosso irmão N. (desta nossa irmã N.),
que sofre tão grave provação."
Todos se ajoelham e se inicia a ladainha, podendo inserir nomes de outros santos, como o padroeiro do local. Como é um texto extremamente extenso, irei deixar o link aqui para quem tiver curiosidade  (pag. 21)
Quando terminar de recitar a ladainha, o exorcista deve se levantar e dizer a seguinte oração:
"Deus de bondade infinita,
que estais sempre pronto a compadecer-Vos e a perdoar,
atendei a nossa súplica
e fazei que este vosso servo (esta vossa serva) N.,
oprimido (a) pelas cadeias do poder diabólico,
seja liberto (a) pela vossa benigna misericórdia.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.
Amén."
Após isso, o sacerdote recita alguns salmos, versículos ou estrofes, finalizando com uma oração. Em seguida acontece a leitura do evangelho.

O Verbo fez-Se carne e habitou entre nós
Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João
1, 1-14
No princípio era o Verbo,
e o Verbo estava com Deus,
e o Verbo era Deus.
No princípio, Ele estava com Deus.
Tudo se fez por meio d’Ele,
e sem Ele nada foi feito.
N’Ele estava a vida,
e a vida era a luz dos homens.
A luz brilha nas trevas
e as trevas não a receberam.
Apareceu um homem enviado por Deus, chamado João.
Veio como testemunha, para dar testemunho da luz,
a fim de que todos acreditassem por meio dele.
Ele não era a luz,
mas veio para dar testemunho da luz.
O Verbo era a luz verdadeira,
que, vindo ao mundo, ilumina todo o homem.
Estava no mundo,
e o mundo, que foi feito por Ele, não O conheceu.
Veio para o que era seu,
e os seus não O receberam.
Mas àqueles que O receberam
e acreditaram no seu nome,
deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus.
Estes não nasceram do sangue,
nem da vontade da carne, nem da vontade do homem,
mas de Deus.
E o Verbo fez-Se carne e habitou entre nós.
Nós vimos a sua glória,
glória que Lhe vem do Pai como Filho Unigénito,
cheio de graça e de verdade.

O exorcista coloca as mãos sobre a cabeça do atormentado e diz:
Desça sobre nós, Senhor, a vossa misericórdia, porque em Vós esperamos.
Kýrie, eléison
Enviai o vosso Espírito e tudo será criado e renovai a face da terra.
Kýrie, eléison
Salvai o vosso servo (a vossa serva), meu Deus, que em Vós confia.
Kýrie, eléison
Sede para ele (ela) uma torre fortificada, perante o inimigo.
Kýrie, eléison
Nenhum poder tenha sobre ele (ela) o inimigo, nenhum mal possa fazer-lhe o filho da iniquidade.
Kýrie, eléison
Do vosso santuário, Senhor, enviai-lhe o vosso auxílio e de Sião socorrei-o (a).
Kyrie, eléison
Todos então são convidados à professar a fé, dizendo e utilizando o simbolo:
Esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.
O simbolo:
Creio em um só Deus,
Pai todo-poderoso, Criador do céu e da terra,
de todas as coisas visíveis e invisíveis.
Creio em um só Senhor, Jesus Cristo,
Filho Unigénito de Deus,
nascido do Pai antes de todos os séculos:
Deus de Deus, Luz da Luz,
Deus verdadeiro de Deus verdadeiro;
gerado, não criado, consubstancial ao Pai.
Por Ele todas as coisas foram feitas.
E por nós, homens, e para nossa salvação desceu dos Céus.
 E encarnou ... e Se fez homem.
E encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria,
e Se fez homem.
Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos;
padeceu e foi sepultado.
Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras;
e subiu aos Céus, onde está sentado à direita do Pai.
De novo há-de vir em sua glória,
para julgar os vivos e os mortos;
e o seu reino não terá fim.
Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida,
e procede do Pai e do Filho;
e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado:
Ele que falou pelos Profetas.
Creio na Igreja una, santa, católica e apostólica.
Professo um só baptismo para remissão dos pecados.
E espero a ressurreição dos mortos,
e a vida do mundo que há-de vir. Amen.
De mãos juntas o exorcista inicia a oração dominical:
Juntamente com o nosso irmão (a nossa irmã),
supliquemos a Deus que nos livre do mal,
como Nosso Senhor Jesus Cristo nos ensinou:
De braços abertos:
Pai nosso, que estais nos céus, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso reino; seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; e não nos deixeis cair em tentação; mas livrai-nos do mal.
Mãos juntas concluindo:
Vosso é o reino e o poder e a glória para sempre.
Com a cruz em mãos, ele abençoa a vitima da possessão, dizendo:
Eis a Cruz do Senhor: fugi, forças inimigas.
Se se for conveniente, assoprar no rosto do atormentado:
Com o vosso Espírito, Senhor, afastai os maus espíritos: mandai que se afastem, porque chegou o vosso reino.
O exorcista deve então proferir a formula deprecativa do exorcismo, e se possível, a imperativa:
Formula Deprecativa:
Deus, criador e protector do género humano,
olhai para este vosso servo (esta vossa serva) N.,
que formastes à vossa imagem
e chamais a participar na vossa glória:
o antigo adversário atormenta-o (a) ferozmente,
com poderosa dureza o (a) oprime,
com cruel terror o (a) aflige.
Enviai sobre ele (ela) o vosso Espírito Santo,
para que o (a) fortaleça no combate,
o (a) ensine a orar na tribulação
e com a sua poderosa protecção o (a) defenda.
Escutai, Pai santo,
o gemido da Igreja suplicante:
não deixeis que o vosso filho (a vossa filha)
sofra a possessão do pai da mentira;
que o vosso servo (a vossa serva),
remido (a) pelo sangue de Cristo, vosso Filho,
esteja prisioneiro (a) no cativeiro do diabo;
que o templo do vosso Espírito Santo
seja morada do espírito imundo.
Ouvi, Deus de misericórdia,
as preces da Virgem Santa Maria,
cujo Filho, ao morrer na cruz,
esmagou a cabeça da antiga serpente
e confiou à sua Mãe como filhos todos os homens:
resplandeça neste vosso servo (nesta vossa serva)
a luz da verdade,
entre nele (nela) a alegria da paz,
tome posse dele (dela) o Espírito de santidade
e, com a sua inabitação, o (a) torne sereno (a) e puro (a).
Ouvi, Senhor,
a intercessão do Arcanjo São Miguel
e de todos os Anjos que incessantemente Vos servem:
Deus de todos os poderes,
repeli a força do diabo;
Deus da verdade e do perdão,
afastai as suas insídias enganadoras;
Deus da liberdade e da graça,
desligai os laços da iniquidade.
Deus clemente,
que no vosso amor infinito quereis a salvação humana,
ouvi a oração
dos vossos apóstolos São Pedro e São Paulo
e de todos os Santos,
que por vossa graça foram vencedores do Maligno:
libertai este vosso servo (esta vossa serva)
de todo o poder do mal
e guardai-o (a) são e salvo (sã e salva),
para que, recuperando a tranquila piedade,
Vos ame com todo o coração e Vos sirva nas suas obras,
Vos glorifique no seu louvor e Vos exalte na sua vida.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.
Amen.
Formula Imperativa:
Eu te esconjuro,
Satanás, inimigo da salvação humana:
reconhece a justiça e bondade de Deus Pai,
que condenou com justo juízo a tua soberba e inveja:
afasta-te deste servo (desta serva) de Deus, N.,
que Deus formou à sua imagem,
enriqueceu com os seus dons
e adoptou como filho (filha) da sua misericórdia.
Eu te esconjuro,
Satanás, príncipe deste mundo:
reconhece o poder e a força de Jesus Cristo,
que te venceu no deserto,
te derrotou no Horto das Oliveiras,
te destronou na cruz
e, ressuscitando do sepulcro,
transferiu os teus troféus para o reino da luz:
retira-te desta criatura de Deus N.,
que Jesus Cristo, nosso Senhor,
nascendo, tornou seu irmão (sua irmã)
e, morrendo na cruz, adquiriu pelo seu sangue.
Eu te esconjuro,
Satanás, sedutor do género humano:
reconhece o Espírito da verdade e da graça,
que desarmou as tuas ciladas
e desfez as tuas mentiras:
sai desta criatura de Deus N.,
que Ele marcou com o selo divino;
retira-te deste homem (desta mulher),
que Deus, com a unção espiritual,
converteu em seu templo sagrado.
Por isso, afasta-te, Satanás,
em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo;
afasta-te, pela fé e a oração da Igreja;
afasta-te pelo sinal da santa Cruz
de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Ele que que vive e reina pelos séculos dos séculos.
Todos respondem:
Amen.
Após a libertação da vitima, todos os presentes proferem o cântico:
A minha alma glorifica o Senhor *
e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador.
Porque pôs os olhos na humildade da sua serva: *
de hoje em diante me chamarão bem-aventurada
 todas as gerações.
O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas: *
Santo é o seu nome.
A sua misericórdia se estende de geração em geração *
sobre aqueles que O temem.
Manifestou o poder do seu braço *
e dispersou os soberbos.
Derrubou os poderosos de seus tronos *
e exaltou os humildes.
Aos famintos encheu de bens *
e aos ricos despediu de mãos vazias.
Acolheu a Israel, seu servo, *
lembrado da sua misericórdia,
como tinha prometido a nossos pais, *
a Abraão e à sua descendência para sempre.
Glória ao Pai e ao Filho *
e ao Espírito Santo,
como era no princípio, *
agora e sempre. Amen.
E por fim se encerra com uma oração:
Deus, criador e salvador de toda a humanidade,
que acolhestes na vossa benigna misericórdia
este vosso amado servo (esta vossa amada serva),
protegei-o (a) pela vossa admirável providência
e conservai-o (a) na liberdade
que o vosso Filho lhe concedeu:
fazei, Senhor, que o espírito da iniquidade
nunca mais tenha poder sobre ele (ela);
mandai que nele (nela) habite
a bondade e a paz do Espírito Santo,
de modo que seja livre de todo o temor do Maligno,
porque está connosco o Senhor Jesus Cristo.
Ele que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.
Amen.
Para se despedir, o exorcista, virado para os presentes de braços abertos diz:
A paz de Deus, que excede toda a inteligência,
guarde os vossos corações e o vosso espírito
no conhecimento e no amor de Deus
e de seu Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo.
Amén.
Abençoe-vos Deus todo-poderoso,
Pai, Filho e Espírito Santo.
Amén.
Para você que ficou lendo até o final, eu deixou um Parabéns, e a recomendação de que só um sacerdote qualificado tem permissão para realizar um ritual de exorcismo, sabe, se você não fizer o procedimento corretamente, talvez acabe apenas piorando a situação.
Realmente esse foi um dos posts mais cansativos que eu já fiz, caso tenha gostado, sugiro que dê uma olhada nos sites citados nas fontes.

Fontes:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Rituale_Romanum
http://mundoestranho.abril.com.br/materia/como-e-feito-o-exorcismo
http://www.liturgia.pt/rituais/Exorcismos.pdf
http://www.darksidebooks.com.br/exorcismo-thomas-b-allen/
https://vidaeestilo.terra.com.br/horoscopo/esoterico/saiba-como-funciona-o-exorcismo-e-as-quatro-formas-de-possessao,c5086d65a7b4d310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário