25 de julho de 2015

Como tudo começou- Capitulo 31

                Quando Lovely se deu conta do que tinha feito o feitiço foi quebrado, mas já era tarde demais. Ice estava dentro da bolsa na garganta do dragão sentindo a sua pele formigar- Não tem como eu sair daqui... Ela... Ela realmente queria me matar, mas por que? Ela estava magoada? Eu vou morrer aqui... Não, eu me recuso a acabar assim, eu vou sair daqui e acabar com o Leandro.
                “Nascida da magoa, ódio e traição, uma espada fria como a neve e afiada como o orgulho, uma espada que pode cortar tudo que eu ordenar, mas que não irá ferir nada que eu não deseje, uma lamina que só corta o que eu desejar, assim como a excalibur, ela não pode ser erguida por ninguém alem de mim, uma espada sem limites, a não ser que eu queira. Mas ela nunca cortará outros objetos mágicos.”
                Seus poderes haviam voltado, mas o acido do dragão ainda fazia efeito             
                -Com essa espada eu posso sair daqui- Ela disse rasgando a garganta do dragão de dentro para fora, e limpando o acido do dragão na neve, mas ela notou uma coisa, suas asas tinham sido muito danificadas pelo acido- Eu não vou poder voar até encontrar um local seguro... Daniel... ele deve ter enganado a Lovely, e feito alguma coisa com ela- Um sentimento de vingança começou a crescer, mas ela não se importou com isso no momento, ela tinha que encontrar Alex.
                Alex se levantou, ele ainda estava atordoado por causa da queda, ele caminhou até uma estranha caverna e quase enfartou ao ver Diere cheia de ferimento deitada em uma cama improvisada.
                -D..Diere... O que aconteceu - Alex tremeu se ajoelhando ao lado dela- Lovely nos traiu, você tinha desaparecido, o que está acontecendo?
                Ele começou a cuidar dos ferimentos com cuidado.
                -De todas as pessoas, você é a que menos merecia passar por isso. Eu não consigo entender... O que aconteceu.
                -COMO VOCÊ PODE?!!! ICE!!! ELA...ela..
                -Pode se acalmar?
                -Não, por sua culpa eu-
                -MINHA CULPA??!!- Ele gritou sem se preocupar se alguém iria ouvir- Foi você que deixou a Diere naquela fazenda, você queria que Alex fosse embora e pretendia fazer isso com todos os outros, você queria tanto que eles ficassem seguros que os separou um por um. Você apenas estava facilitando para Leandro.
                -Eu não queria que eles se machucassem.

                -Você não pensou que eles poderiam se proteger sozinhos, e nem que estariam mais seguros se ficassem juntos. Mas isso não importa agora, temos que fazer Leandro abaixar a guarda. E se quiser que tudo acabe bem terá que deixar seus sentimentos de lado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário