6 de julho de 2015

Como tudo começou- Capitulo 23

                -Edru, Moleque vampiro...
                -Meu nome é Alex...
                - Que seja, quero que deem o fora daqui.
                -Mas e você?
                -Estarei logo atrás de vocês, vou segura-los, apenas corram. – Horkeus disse.
                Edru hesitou por um momento, até que Alex puxou pelo braço correndo até a porta- Não tão rápido rapazes- Um dos bruxos que estava na casa se colocou no caminho deles, Alex pegou um vidro que estava amarrado em sua cintura e bebeu o liquido segurando o frasco com a boca ele empurrou o bruxo com toda a força que bateu em um dos pontos de sustentação da casa.
                -Horkeus vamos, essa casa vai desabar!!!
                Alex e Edru já estavam quase na porta pulando os moveis espalhados pelo chão, primeira bruxa estava indo atrás deles quando, Horkeus a derrubou e prendeu a sua capa no chão com uma faca. Quando os dois já estavam do lado de fora, Horkeus terminou de destruir os pontos de sustentação da casa.
                -Ele esta demorando para sair, nós deveríamos ver se ele- Edru dizia até que a casa inteira desabou no chão, o rapaz ficou alguns segundos paralizado como se não conseguisse se mover, Alex correu até os escombros aproveitando que o efeito da poção ainda não havia acabado e começou a remover as pedras- NÃO!!!NÃO- Como se tivesse saído de um transe Edru se juntou a Alex até que encontraram Horkeus. Alex com cuidado puxou o braço dele-... Não estou sentindo a pulsação...- Edru continuava a murmurar não incontáveis vezes- Edru... ele está morto...- Edru ficou em silencio tentando processar tudo.
                -A CULPA FOI SUA!!! Foi você que derrubou a casa!! Você deveria odia-lo mesmo não é?- ele gritou empurrando Alex
                -Do que está falando? Foi um acidente,eu só danifiquei um ponto de sustentação, você não percebe que ele destruiu a casa para que nós escapássemos?
                -Não devo chorar- Edru disse tremendo enquanto Alex observava- Nunca devo demonstrar fraqueza.
                -O seu irmão morreu, ou você deixar esse orgulho de lado ou eu vou lhe socar a cara, sem falar que só tem nós dois agora.
                Edru desabou no chão-Ele nunca dizia o que estava sentindo, nem mesmo para a garota que ele amava, e aposto que ela nunca soube que ele a amava.
                -Era a Marina?
                -Sim... Não entenda mal, mas de um modo geral nós te atormentávamos para atingir a Lovely.
                -Não diga o nome dela agora
                -Vocês brigaram?
                -Acho que ela não era a pessoa que eu pensei admirar...
                -Por que isso está acontecendo conosco? O que eles tem a ganhar?
                -Precisamos encontrar a Ice e avisar que a Diere esta desaparecida.
                -Como sabe que ela não está morta
                Alex o encarou com raiva por um momento- Ela não está. –Ele disse e continuou andando- Vocês vieram do esconderijo?

                -Sim, muitas pessoas estão desaparecidas, não tivemos nenhuma noticia da Giovana, Marina e agora Lovely também está desaparecida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário