10 de dezembro de 2014

Como tudo começou- Capitulo 6

                -A-aqueles traidores, principalmente aquela va- A bruxa gemeu de dor segurando o estomago- Eu praticamente a criei- Ela disse raspando as unhas no chão.
                -Os impuros- Giselle tremeu
                -Vieram se fazendo de fracos, se ingênuos, mas foi só virarmos as costas que todos eles nos atacaram, um poder que eu nunca presenciei, parecia muito antigo.
                -Eles são muito fortes mas estavam se fazendo de fracos para não chamar a atenção de ninguém até que atingissem um grande numero.
                -Eles estão vindo para cá!- Kaila gritou apontando para um grupo relativamente pequeno de bruxos se aproximando liderados pela ex-aprendiz, Susti.
                -Existe algum meio de dete-los?
                Giselle se lembrou do ataque realizado na cidade, ninguém havia morrido, nenhum corpo tinha sido encontrado, todos saíram correndo quando Dara utilizou a pedra, estavam fingindo fraqueza, a única coisa que poderia dete-los era uma pedra daquelas.
                -Precisamos fugir daqui- Giselle disse puxando Kaila pelo braço- Até termos um plano, não temos como enfrenta-los desse jeito. Eu tinha vindo aqui buscar aliados.
                -Se for para me vingar daquela ingrata- a avó começou a dizer- Você tem a minha ajuda.. Argh!!!- Ela disse ainda se contorcendo por causa das dores
                -Sim, mas primeiro você precisa descansar- A diretora disse um tanto quanto preocupada
                -Porque está tão preocupada comigo? Se eu morrer você terá uma inimiga a menos para se preocupar
                -Bruxas boas não deveriam querer o mal até mesmo para seu pior inimigo, sem falar que é desonroso matar alguém que não pode se defender.- Ela se virou para Giselle que já estava se preparando para ir embora- Preciso conversar com o conselho de bruxas para decidir o que fazer, vamos retirar todos os alunos daqui, e criar uma ilusão para despistar os chamados “impuros”, precisa de alguma ajuda meu anjo?
                -Tenho uma amiga procurando aliados na Irlanda, de certo modo... Preciso visitar a capital dos magos e dos feiticeiros.
                A diretora permaneceu pensativa por um momento- Você não terá problemas em encontrar o conselho de magos, assim como nós eles gostam de viver em lugares altos para ficar perto do sol e da lua, Inglaterra, um prédio bem alto, para falar a verdade. Já os feiticeiros... Isso torna tudo mais complicado, Feitiçeiro costumavam ter o Egito como capital, mas com o passar do tempo todos eles abandonaram a capital e foram viver em outros lugares.
                -Então não há um líder...
                -Feitiçeiros sempre causaram muitos problemas, você não conseguirá muita coisa visitando a capital deles...- Ela ficou em silencio por um momento- Melhor eu me calar, certas coisas não devem ser ditas em voz alta.
                Giselle concordou- Sim, obrigada pelo aviso, vamos Kaila- Ela disse levantando voo. “Espero que a ice tenha mais sorte do que eu”
                -Não.- A rainha disse decidida sem nem ao menos se mover do trono.
                -Como assim não?- Ice perguntou indignada- Tem um maluco prestes a dominar o mundo e a única coisa que pode acabar com eles é um desses cristais- Ice disse apontando para um pequeno cristal no centro da sala
                -Esses cristais foram um presente da minha antecessora, eles protegem o reino, ela deu a própria vida para cria-los
                -Então crie novos.- Ice disse cruzando os braços
                -Vou repetir: Ela deu  a própria VIDA para cria-los
                -Como se você soubesse o significado de vida, quando vocês morrem simplesmente retornam para a árvore, quase como se fosse um adubo- Ice provocou com um sorriso, Diere a cutucou se mostrando decepcionada
                -Sinto muito magestade pela grosseria da minha... Parceira, mas é realmente importante, vocês foram as únicas que descobriram um jeito de derrotá-los.
                -Não é do meu interesse ajudar o mundo de vocês, os impuros são problema de vocês, não nosso, se virem
                -Como podem dizer isso? Lovely ajudou vocês quando precisavam, ela nem ao menos te conhecia, foi por pura bondade, ela não pediu nada em troca.
                -Esquece Diere, essa monarca egoísta não vai levantar o traseiro do trono, elas já nos abandonaram uma vez, porque iriam nos ajudar agora? Se eu estiver bem o resto que se ferre, não é?- Ice disse se retirando até que deu de cara com um bruxo.

                -Já tinha ouvido boatos sobre esse lugar, realmente esperava muito mais coisa, lugarzinho acabado viu?

Nenhum comentário:

Postar um comentário