3 de dezembro de 2014

Como tudo começou- Capitulo 3

                -Me explica de novo, que tipo de droga você usou para eu concordar com essa loucura.- Giovana dizia irritada chutando o asfalto- E essas roupas são muito desconfortáveis.
                -Não faço a menor ideia do que você está falando, você não come nem bebe nada do que eu faço já faz um tempo, Giselle e Kaila foram para a Alemanha falar com o conselho das bruxas, depois vão para a Inglaterra para ver o conselho dos magos e por fim no Egito procurar feiticeiros remanescentes, Kaila pode proteger a Giselle caso algo de errado e a Giselle fala varias línguas diferentes fluentemente. Ice e Diere foram conversar com a rainha das fadas puras, por elas serem educadas e saberem se portar perto da realeza.
                -E é por isso que fomos mandadas para cá, nós não somos nada educadas ou responsáveis, não sabemos nem falar português direito, e costumamos causar problemas, o único lugar que poderíamos ser mandadas é... A sede dos caçadores. Você sabe que nos mandaram para cá para se livrarem de uma vez por todas de nós.
                -Isso é um pouco paranoico... Não acha? Acho que nos mandaram para cá juntas porque eu acho que você irá fazer algo muito irresponsável, e você acha que eu vou fazer alguma burrice, nós duas vamos estar tão preocupadas com o que a outra vai fazer que não vamos conseguir fazer nenhuma besteira dessa vez.
                -Lovely... Por acaso está com medo?
                -Ah... Um pouco... Porque?
                -Porque está apertando o meu braço com muita força.
                -Ah! Foi mal- Lovely disse soltando o braço de Giovana e olhando para a escola- è aqui certo? Não gosto desse lugar, é um hospital, uma escola e uma prisão, tudo que eu praticamente odeio.
                Giovana ignorou o comentário de Lovely e tocou na campainha, um homem alto e sério abriu a porta, ele observou as duas jovens a sua frente, passou a mão nos cabelos e perguntou sorrindo- Posso ajuda-las senhoritas?
                Giovana parecia um pouco incomodada com aquilo, tanta gentileza era estranho. Lovely limpou a garganta.
                -An...Eu... Nós queríamos falar com o diretor...
                -Giovana?!- Um rapaz tocou no ombro de Giovana- O que está fazendo aqui?
                -Felipe? Não esperava te encontrar por aqui. Como tem andado?- Giovana perguntou como se fosse a coisa mais normal do mundo, mas ela pode sentir os olhos de Lovely a fuzilando.- Está é a minha ...amiga.... Lovely.- Ela disse se virando para Lovely que estava com os punhos fechados com força- Lovely... Esse é o Felipe
                -Oi...- Ela disse tentando ser educada.
                O senhor que havia atendido as duas mais cedo olhou confuso- Felipe, de onde você conhece essas duas?
                -Elas são fadas.- Ao dizer isso Lovely puxou o prendedor de cabelo, pronta para transforma-lo em um arco. O homem olhou para as duas um pouco mais sério.
                Lovely começou a suar frio- Hum... Nós queríamos pedir ajuda... Sabe... Com tudo que está acontecendo seria legal colocar as diferenças de lado- Ela disse se escondendo atrás de Giovana.
                -Aquele idiota causou uma verdadeira revolução, Ele acabou com o nosso sossego, e não acho que vá parar por ai, feiticeiro costumam tirar vantagem da ignorância humana sobre magia, ninguém se atreveria a revelar o nosso segredo para os humanos a não ser que tivesse algum plano em mente.- Giovana disse tentando se afastar de Lovely

                -Interessante...- Um senhor se apoiando em uma bengala disse enquanto coçava o queixo- Estão procurando aliados não é mesmo?- Lovely balançou a cabeça concordando- Tenho uma condição para isso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário