5 de novembro de 2014

Como tudo terminou- Capitulo 6

-Você é um inútil mesmo, não é Leandro?- Ela disse soltando Lovely- Não consegue nem ao menos manter uma prisioneira.
Lovely ainda estava sentindo dor, mas pode ver que Leandro estava com um olhar de desprezo enquanto Gabriela falava.
-Saiam, quero ficar sozinha com ela.- Gabriela ordenou, Daniel ficou olhando para Lovely enquanto saía. Gabriela fechou a porta e disse calmamente- Qual é o ultimo ingrediente da poção?- Ela disse segurando o ombro de Lovely.
-Eu não sei de nada- Lovely mentiu. Gabriela se mostrou desapontada e apertou o com força fazendo um estalar- Argh, solta sua...arg
-O ultimo ingrediente... agora!- Ela continuou
Leandro e Daniel podiam ouvir gritos e batidas durante um certo tempo.
-Eu só não murchei os seus pulmões ou esmaguei o seu cérebro porque ainda preciso do ultimo ingrediente. Porque não facilita as coisas para você, prometo que depois que tiver a minha resposta acabarei com o que sobrou da sua vida de maneira bem rápida, você nem irá sentir...
-Se me matar logo depois que eu disser o ingrediente...- Ela disse deitada no chão- Como saberá que eu não menti?- Ela tentou usar o braço para se apoiar mas acabou caindo- Você não precisa apenas do ultimo ingrediente, precisa de todos e como fazer a poção.
-Posso procurar outra pessoa para fazer isso.
-Você tem mais de 500 anos... Se existisse tal pessoa você já teria encontrado. Sinto muito que tenha que ser assim...
-Eu também- Gabriela disse sorrindo.
Depois que um tempo Gabriela saiu da sala um pouco incomodada. Ela olhou para Daniel que parecia um tanto nervoso.
-Já consegui o que eu queria, mas ainda preciso descobrir o resto da poção, você ficará encarregado de descobrir, faça o que for preciso, mas deixe-a viva.- Ela disse friamente e saiu.
Quando ela estava longe o suficiente Leandro deu um soco na parede.
-COMO ISSO FOI ACONTECER????!!! SUBJUGADO POR UMA CRIANÇA!!!
-Você foi descuidado, simplesmente aceite isso, deixar o livro com todos os seus feitiços inclusive sua própria fraqueza foi estupidez. Poderíamos ter matado ela sem grandes problemas se não fosse o seu descuido... Devemos nossa vida a Lovely, se ela não tivesse dado um motivo para a vampira deixa-la viva, todos nós já estaríamos mortos.
-Por acaso está se sentindo grato a magictopiana? Pensei que você queria a cabeça dela em uma bandeja. Parece que você está amolecendo, precisamos encontrar uma cura para a sua maldição rápido.
-Vou levar a prisioneira para o meu quarto, não vai dar para interroga-la se ela morrer de hemorragia interna- Ele disse entrando na sala e levantando Lovely. Quando chegou no quarto, ele a deitou no chão- Obrigado, Lovely, fique aqui eu já volto.- Acreditando que ela estava inconsciente
“Arg... Não consigo mover as minhas pernas... Nem os meus braços. Fique aqui, eu já volto, o que ele tava pensando quando disse isso?”- Ela mexeu a cabeça derrubando o amuleto no chão- Por favor que essa droga dê certo... Eu preciso falar com o Alex!!- Uma esfera apareceu com a imagem de Alex dentro, Lovely podia ouvir a voz de Marina ao fundo.
-Alex?! É Você certo? Espera... A Marina está ai? Pode dar um soco em cada um deles por mim? Pode beber o sangue deles se quiser, apesar de que você pode passar mal.
-Lovely, para de piada, onde você tá? Você está bem? Por que está suja de sangue?- Alex perguntou
-Hum... Eu não tenho certeza de onde eu estou, mas não tenho tempo a perder, escute. Temos sérios problemas... Não há palavras que descrevam o quanto isso é ruim...
-Quem fez isso com você?
-Sua irmã... Ah cara, eu sabia que osso quebrados doíam mas não desse jeito... Precisei falar o ultimo ingrediente da tal poção que ela roubou, ela completou a poção e está indo ai se vingar.
-Não se preocupe Lovely, eu vou ai te buscar
-NÃO!! Eu to bem... E...Eu vou ficar bem... Preciso que você faça algo, há mais uma poção no meu atelier coloque uma gota de sangue de fada e estará completa.
-Mas você disse que isso poderia ser perigoso, que eu poderia enlouquecer ou algo do gênero. Eu não quero...
-EU SEI!!! Alex, você é o único que pode segurar uma luta com ela agora... Hey... O amuleto e o sangue só podem dizer o que você é, mas eles nunca poderão dizer quem você é. Diga para a Diere procurar a Ana.
-Mas e se... Você tiver que me matar?
-Isso não vai acontecer
-Não precisa mentir... Eu entendo...- Ele disse desviando o olhos, Lovely ficou em silencio...- Sangue de fada? Pelo que eu conheço a minha irmã ela usaria o sangue da Ice por orgulho.
-Deve ter sido algo que eu falei...

-EI!!!! O QUE ESTÁ FAZENDO???!!!- Daniel gritou ao ver Lovely falando com Alex, ele correu e desligou a esfera.- Qual é o seu problema?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário