29 de outubro de 2014

Como tudo terminou- Capitulo 3

                Dara havia chamado Lovely para uma espécie de missão, Giovana não estaria lá, teve que sair numa emergência ajudar num parto, Giselle também não iria, Dara não explicou porque. Por um lado Lovely estava aliviada por não ter que encarar Giovana, mas por outro, teria que encarar Marina.
                -Vamos logo com isso, eu quero sair daqui e enfiar a minha cabeça no travesseiro o mais rápido possível.
                -Qual o problema Lovely? Não era você que adorava uma aventura?
                -Marina, sério, hoje eu não estou num bom dia, não me obrigue a sujar a minha roupa de sangue de sereia.
                - Calem a boca você duas- Horkeus disse irritado- Estamos na central dos caçadores, destruímos uma boa parte da tecnologia deles
                -Já notaram que é sempre o inimigo que tem mais armas e recursos? E a gente que se vire com o que encontrar- Noken disse.
                -Eu realmente esperava esse comentário da Lovely- Grog disse coçando a nuca.
                -Só precisamos destruir mais algumas salas e poderemos ir embora...- Lovely disse pensativa “Qual é o motivo disso?” Ela pensava consigo mesma “Porque Dara nos mandaria para cá somente para causar alguns problemas como destruir tecnologia? Será que os caçadores descobriram sobre as puras? Sim, depois que nós descobrimos que ela é uma fada pura ficou difícil de confiar nela novamente. Talvez... Ela só tivesse medo que não aceitássemos ela, que tivéssemos medo dela” Lovely soltou um suspiro e continuou seguindo pelo corredor até fazer uma curva e esbarrar em alguém que vinha do outro lado, Leandro. Lovely se preparou para atacar Leandro, mas acabou hesitando quando se lembrou que isso era para ser uma missão pacifica. Por causa disso Leandro a acertou primeiro. Daniel apareceu logo em seguida virando o corredor.
                -O que estão fazendo aqui? Querem morrer?- Daniel perguntou
                -Ainda estou considerando essa possibilidade...- Lovely disse se levantando- Estamos destruindo a tecnologia dos caçadores..
                -LOVELY!!!! SUA IDIOTA!!- Noken gritou- Está contando a missão para o inimigo
                -Acho que eles estão aqui pelo mesmo motivo que nós, afinal se algum caçador descobrir como se derrota um impuro, isso será um grande problema, não é mesmo?
                Um alarme começou a soar pelos corredores
                -Ótimo!!- Horkeus disse dando um soco em Noken- Graças a essa besta, eles descobriram que estamos aqui. Tentem não se separar
                Todos haviam saído correndo antes que Horkeus pudesse terminar a frase, Lovely tinha ido com Daniel sem querer, Marina seguiu sozinha pelo mesmo caminho que eles, Leandro simplesmente desapareceu e Grog, Horkeus e Noken ficaram juntos
                -Só vieram... Vocês... Dois...?- Lovely dizia ofegando.
                -Não é preciso um grupo grande para algo tão simples como queima de arquivo, porque está tão cansada nem corremos tanto assim.
                -Isso é duplamente humilhante
                -A culpa não é minha se vocês fazem muito barulho e não conseguem colocar suas diferenças de lado só para continuarem vivos.
                -Eu não tenho tempo para isso, melhor parar de falar comigo de forma tão amável, seu chefe pode ficar zangado.
                Marina ouviu os dois conversando e se escondeu.
                -Talvez você devesse deixar eles presos aqui- Daniel disse brincando
                -É, isso tornaria a minha vida muito agradável, mas não vou fazer isso, não agora.- Depois saiu correndo assim que recuperou o fôlego- Desculpe por sair assim, mas não seria nada legal se algum deles descobrir.
                Marina correu para longe assustada “Lovely é uma traidora eu preciso avisar os outros antes que...”
                -Marina? Você está bem?- Noken tocou no ombro dela

                -E-eu preciso contar uma coisa...

Nenhum comentário:

Postar um comentário