26 de janeiro de 2013

Escola de bruxas- Capítulo 4


                A diretora dispensou os alunos, Giovana foi descansar depois da longa viagem o garoto que estava no salão continuou seguindo ela e contando historias.
                -Dizem que elas podem virar mariposas e entrar nas casas a noite, ou virar um hibrido de mariposa de bruxa. Podem causar desastres só com um pensamento.
                -Por acaso todo mundo por aqui gosta de ficar exibindo o seu conhecimento?
                -Qual o problema? Você não consegue memorizar tudo o que aprende?
                -Não, e eu não vejo a necessidade de se lembrar qual foi o livro que você leu a 5 anos atrás, que roupa estava vestindo ou sei lá o que.
                -Então se você não é boa na parte teórica, então deve ser boa na parte pratica.
                -Eu estou pouco ligando pra isso, não preciso dizer para os outros que sou boa emm alguma coisa, eu simplesmente sou.
                -Isso é só um modo de dizer que não é boa em nada.
                -Quer ir para a arena comprovar isso?
                -Giovana!!!- Giselle disse do outro lado- Bruxos não lutam usando força bruta!
                -Mas eu sim- Ela disse dando uma rasteira no bruxo e encostando a varinha na testa dele.
                -Tudo bem, já entendi que a jovem se irrita fácil, mas se eu fosse você tomava cuidado para não arrumar muitos inimigos no seu primeiro dia.
                -Já estou acostumada a fazer inimigos- Ela disse sorrindo, isso para mim não foi uma declaração de guerra, só uma... saudação.
                -O lugar de onde você veio tem um jeito estranho de cumprimentar as pessoas.
                -Onde é que eu vou para dormir por aqui?
                -Dormir? Agora? Mas as aulas já vão começar
                -MAS É NOITE!!!!!
                -Eu sei, as aulas são noturnas- Ele disse
                As salas de aulas tinham cheiro de mofo, não tinha janelas, e quase tudo que era ensinado Giovana já sabia, ou então não estava interessada em aprender, Giselle por outro lado parecia empolgada e anotava tudo. Lovely estava do lado dormindo em uma poça de baba.
                -Já é o meu turno?- Ice disse entrando junto com Diere
                -Espera só mais um pouco...- Giselle disse sem tirar os olhos da tela- Giovana, abre os olhos, eu estou anotando.
                -Vamos Giselle, preciso falar com você- Lovely disse se levantando, limpando o rosto e arrastando a bruxa para fora da sala.

Nenhum comentário:

Postar um comentário