21 de janeiro de 2013

Escola de bruxas- Capitulo 2


                -Me empresta o seu amuleto.- Giselle disse
                Ela passou a mão por cima do cristal que brilhou enquanto mudava de forma.
                -Aqui está, uma varinha no estilo clássico muito parecida com o que as bruxas usam hoje em dia.
                -Ah! Quase me esqueci, Dot me entregou isso- Karim entregou um fone de ouvido com microfone- ele pode traduzir conversar que Giovana tiver lá na escola, assim vocês poderão entender a conversa- Ela disse olhando para Lovely Diere e Ice.
                -Acho que esta tudo pronto, Giovana já pode arrumar a suas malas.- Giselle disse confiante.
                Giovana lutava para manter o equilíbrio enquanto voava com uma maleta pesada na ponta da vassoura.
                -Como conseguem voar nessas coisas? É anti-aerodinamico
                -Essa palavra existe?- Lovely falou sozinha enquanto Giselle e Karim davam instruções para ela continuar no céu.
                -Muito bem Certifique-se de entrar na escola certa Giovana, é meio complicado de se encontrar, as duas escolas ficam em lugares afastados da civilização.
                -Esquecemos de avisar que a escola é impossível de ser localizada porque ela muda de lugar o tempo todo.- Lovely falou toda alegre
                -OQUE????!!!!-Vocês me mandaram voar meio mundo por nada?!!
                -Eu acho que você voou só um quarto de mundo, de qualquer forma a escola esta em algum lugar por ai, você só precisa achar.- Lovely disse calmamente
                -Qual é o problema de vocês!!!!!!!????- Ela disse perdendo o equilíbrio e caindo, ela cortou o braço em uma pedra. Giovana se sentou segurando o braço e viu que as pedras começaram a se mexer formando uma entrada subterrânea.
                -Hum, sangue de alguém que já matou um inocente em pedra branca abre a entrada para a escola... Não esperava que fosse ao pé da letra. Parece que você achou.
                Giovana entrou no túnel ignorando o tagarelar de Lovely. Dois rapazes apareceram usando capa pretas.
                -Aluna nova? – Um deles perguntou- Diga o seu nome.
                -Giovana- Ela disse sem se importar com um novo nome, já estava disfarçada, um nome não faria diferença.
                -Sobrenome?- O outro perguntou levantando a sobrancelha.
                -Não tenho sobrenome- Ela disse séria
                -Vamos logo com isso, estamos atrasados.- O outro disse indicando o caminho no túnel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário