17 de outubro de 2012

A Dama Perfeita- capitulo 14


Naquela noite, Lovely estava se revirando na cama, algo estava a incomodava, não conseguia dormir de jeito nenhum, ela ficou olhando para as pétalas fechadas da sua cama quando ouviu um barulho do lado de fora, parecia que tinha alguém no quarto.
-Quem ta ai? Melody? É Você?
Melody entrou dentro da flor por uma abertura que tinha no topo, ela pulou no colo de Lovely e começou a latir para o lado de fora. Realmente tinha alguem lá. Lovely pegou o seu arco e abriu a flor, Lovely esperava tudo, menos encontrar a própria Wind na sua frente, usava as mesmas roupas que estavam nos retratos dela, e era muito parecida com os retratos, mas era diferente do disfarce que Karim havia criado, alem de aparentar ser bem mais velha, talvez uns 40 anos, Wind tinha uma aparência simples. Lovely ficou olhando por um tempo sem saber o que dizer.
-Quem é você?- Lovely perguntou.
-Eu sou Wind... Mas a pergunta é: Quem é VOCÊ?
-Eu sou Lovely...
-Não, não é...- E depois desapareceu.
-Estou dizendo Giselle, isso está acontecendo todas as noites, eu tenho certeza que não é um sonho.
-Está me dizendo que toda a noite você vê a rainha Wind no seu quarto e ela parece desapontada?
-Acho que ela quer tomar o seu lugar hein, Lovely- Noken apareceu do nada
-SAI DEMONIO!!! Que susto!!!
-Noken, quem foi que te chamou aqui?
-Ninguém, mas eu soube que a Wind vai te substituir, já estava na hora, Você não faz nada...
-Ignora ele Lovely... eu acho que ela estava tentando te avisar de algo...
No dia das apresentações,” Wind” havia preparado algo de especial, quando chegou a vez dela ela fez um circulo usando sementes de dente de leão. Ela se sentou no centro do circulo, as luzes estavam apagadas a musica começou, as sementes começaram a levitar em volta de Wind eles dançavam conforme a musica, assim como Wind, ela levantou voo, mas parecia que estava caminhando em cima das sementes.
As sementes começaram a se espalhar pelo salão e algumas continuaram a dançar em volta de Wind até ela pousar, as luzes foram diminuindo, e com um movimento fechando os braços as sementes desapareceram no ar deixando um rasto de brilho, como se fossem fragmentos de estrela. A plateia a observava de queixo caído depois daquela apresentação, Wind agradeceu e se retirou do palco.
Logo em seguida era Marina, mas ao invez de se apresentar no palco, uma tela apareceu do nada, parecia funcionar como uma tela holográfica, mas era controlada por magia, Marina estava do outro lado.
-Boa dia á todos, parece que gostaram da apresentação da nossa antiga rainha Wind, vocês mudaram de ideia quando ouvirem o que eu planejei.- Ela disse conectando um cabo ao microfone.
-O MICROFONE DA SEREIA!!!
-Ela não vai...
-Ela VAI!

Nenhum comentário:

Postar um comentário