12 de setembro de 2012

Sombras no metro de São Paulo- Capitulo 11


                -Porque ela não quer ser encontrada
                -Seu raciocínio é meio lerdo não é?
                -Se você não percebeu isso até agora quem tem o raciocínio lerdo é você.
                -... Isso vai ter volta. Agora coloca essa cabeça para pensar como vamos fazer para encontrar a Diere
                -Vão embora!!- Uma voz ecoou pela escuridão
                -Diere?
                -O que estão fazendo aqui? Eu não quero vocês aqui!!!! Vão embora!!!
                -Diere, o que aconteceu? Nós somos suas amigas
                -Eu não tenho amigos, todos eles me abandonaram inclusive você!!! Como pode?
                -Porque é que elas acham que um dia eu vou abandonar elas?
                De repente uma sombra apareceu e segurou o Lovely pelos cabelos.
                -Você nunca vai sair daqui!!!!- Ele Disse erguendo ela no ar
                -M-me solta!!!Giovana faça alguma coisa- Ela disse tentando se virar, mas Giovana também estava presa por outra sombra.
                Diere começou a se afastar com medo, mas quando estava prestes a desaparecer na escuridão ela parou e olhou para trás.
                -Não... Isso não esta certo!!! Garras de tigre- Ela disse atacando uma das sombras que desapareceu no ar.
                Lovely se levantou e olhou para Giovana.
                -Isso foi uma das suas ilusões? FICOU LOUCA?!!!! TEM IDEIA DE COMO ISSO DOEU???!!!
                -Relaxa Lovely, precisamos sair daqui
                -Onde estamos, o que aconteceu?- Diere perguntava confusa
                -Basicamente caímos em uma armadilha (para variar) e precisamos sair daqui antes que sejamos mortas.- Lovely disse

Nenhum comentário:

Postar um comentário