19 de setembro de 2012

A Dama perfeita- Capitulo 2


-Respire fundo, e relaxe, veja todos os seus problemas e preocupações desaparecerem.- Llana dizia sentada no chão
-Isso é tão chato, logo logo eu vou dormir, pra que eu preciso aprender isso? Eu já sei controlar o crescimento das plantas, fazer feitiços intermediários.- Lovely disse se jogando no chão
-Levite aquele copo de água até aqui- Ela apontou.
Lovely se concentrou no copo que estava em cima da mesa  a água tremeu um pouco mas não fez muita coisa, “concentre-se”- Ela pensava. Começou a tentar lembrar de algo que a deixasse com raiva. “O que você vai fazer da vida Tati?”- Uma voz ecoava na mente dela enquanto ela repetia mentalmente “Cala a boca, cala a boca, cala a boca, NÃO É DA SUA CONTA!!!” Nessa mesma hora o copo explodiu jogando cacos de vidro para todos os lados. Llana criou um escudo de energia para deter os cacos. Depois ela se levantou calmamente, se concentrou e os cacos e a água que estava no chão começaram a flutuar no ar e voltaram a ser um copo de vidro cheio de água, Llana segurou o copo sem dizer nada, apenas ficou olhando para a água enquanto agitava o copo.
-Desculpe- Lovely disse meio sem jeito.
-É sempre assim, toda a vez que você precisa de concentrar, ou nada acontece, ou você explode alguma coisa. Paciência não é só esperar sem reclamar, ouvir insultos sem reagir, só isso não basta.
-Já disse, eu não consigo fazer objeto flutuarem, feitiços avançados, nem nada dessas coisa.
-Se continuar dizendo isso..
-Nunca irei conseguir, eu sei, eu sei, você já disse isso mais de mil vezes.
-Não se trata de usar raiva, alegria ou emoções, você precisa ser teimosa o suficiente para não desistir e paciente para encontrar a resposta, porque não passa um tempo com outras fadas da terra, se afastar um pouco da agitação de ser uma rainha.
-Não posso, a minha “sombra” fica marcando compromisso para mim o tempo todo, não consigo nem mais ficar criando do meu atelier.
-Bem, acabamos por hoje, mas antes vou lhe dar algumas dicas, redirecione sua teimosia e paciência para o lado certo, mantenha a calma quando for tomar alguma decisão, e quanto aos seus problemas pessoais... Tente ser corajosa, você já enfrentou coisas piores.
-Hunf. Pra ela é fácil falar.
Lovely foi para o Atelier passar o tempo antes que o seu ajudante aparecesse, Melody estava brincando com algumas folhas de papel e potes de tinta. Quando viu Lovely chegar, ela limpou as patas e a ponta da calda e foi mostrar o desenho para ela. Lovely se sentou na cadeira que ficava perto da escrivaninha. Melody voou e se sentou na escrivaninha com o desenho na boca, era um mapa de Magictopia, Tinha o castelo, as montanhas dos dragões, o campo dos unicórnios, a casa mau assombrada, a floresta das ninfas com a arvore gigante que dava ovos de animais bem no centro, havia a pequena costa da praia das sereias e um rio que cortava o mapa.
-É mais bonito que o que eu fiz quando eu era pequena, vou colocar do lado do meu- Ela disse prendendo na madeira da estante.- Se eu soubesse que governar fosse tão chato... Isso não mudaria nada...- Ela disse suspirando
Melody deitou no colo dela tentando animar Lovely.
-Você tem razão, não posso ficar para baixo, amanhã eu vou treinar algumas receitas para vocês provarem ok?
-Melody começou a voar pelo atelier alegremente
-Lovely!- uma voz chamou ela do lado de fora.- Posso entrar?
-Estranho, essa não é a voz do Alcem...Entra
Giselle abriu a porta um pouco preocupada junto com Karim e Mita.
-Preciso que me faça um favor.- Ela disse

Nenhum comentário:

Postar um comentário