6 de agosto de 2012

Diere, Um anjo?- Capitulo 1


                -Perdemos ela Lovely.- Tama disse
                -Como assim perderam ela? Como conseguiram perder ela?- Lovely dizia balançando Tama.
                -Estavamos fugindo deles e de repente ela sumiu.
                -A essa hora ela já deve estar morta.- Ice disse cruzando os braços- Era uma missão perigosa, e a culpa é sua, se não estivessem tão ocupado para pegar essa missão a Dara não teria mandado a gente. Francamente mandar crianças para espionar caçadores?
                -Não, a Diere ainda está viva, eu tenho certeza- Alex disse.
                -Pois é- Continuou Tama- Fadas dos animais são incomuns, provavelmente estão fazendo experiências com ela.
                -Não quero saber a gente vai achar ela- Lovely disse decidida- Onde a viram pela ultima vez?
                Diere estava deitada em um monte de feno olhando para um buraco que avriu no teto de uma celeiro, suas asas doíam, mas não tanto quanto a sua cabeça, ela havia batido a cabeça com a queda e não lembrava quem era, de onde veio e nem como havia chegado ali, sem contar o fato de que não conseguia se mexer. Uma menininha chegou puxando um garoto pelo braço, ela devia ter uns 7 anos e os garoto uns 13
                -É um anjo,Gen, eu disse, ela tem asas!!
                -E-ela t-tem asas!!!-
                -Eu falei- A menina disse soltando a mão dele e se aproximando de Diere
                -Qual o seu nome?
                -Meu nome....? Eu não lembro... Ai, minha cabeça está doendo muito- Ela disse tentando se levantar...
                “-Vamos apostar corrida!!!- Ice dizia
                -Ei!!! Esperem por mim!!!!
                -Não deixem eles escaparem!!!!- Um caçador disse disparando uma bala que pegou na asa direita de Diere.”
                Os dois ajudaram Diere a se levantar,tinha alguns arranhões nos braços por causa da queda.
                -Meu nome é Agenor, essa é minha irmã Eliza. De onde você veio?- Ele perguntou.
                -Eu não lembro, acho que estava voando quando fui atingida e cai.
                -Ela tem um machucado na asa.
                Os dois levaram Diere para a casa deles para cuidar dos machucados dela.
                -Nosso pai saíu e só volta de noite. Você conhece outros anjos lá no céu?- A menininha dizia se apoiando na mesa.
                -Elisa, pare de incomodar a garota, ela não é um anjo- Ele disse olhando confuso para as asas dela.
                -O que mais ela poderia ser?

Nenhum comentário:

Postar um comentário