1 de agosto de 2012

Alex e o lobisomem- Capitulo 14


                Lovely não tinha certeza do que aquela flecha fazia, estava com medo, aquela provavelmente era uma flecha de medo, mas o que ela fazia? Ela lançou a flecha para descobrir. Ela acertou o braço, mas estranhamente não aconteceu nada, o braço dele nem chegou a sangrar. Lovely  tentou fazer outra flecha mas essa era a única que formava, Lovely lançou varias vezes a flecha mas não fazia nada. Depois ela tentou usar os seus poderes, mas eles não funcionavam.
                “Uma flecha de medo não funciona contra o inimigo, ela acerta a própria pessoa que lançou, cada flecha que ela lança a enfraquece, por isso ela parece cansada, e por isso não consegue usar os seus poderes” Daniel pensou “Se ela continuar assim, vai acabar se matando”
                Raizes começaram a brotar do chão rachando o concreto, as raízes tentaram tirar o arco de Lovely, mas por reflexo ela lançou mais uma flecha, dessa vez um corte apareceu perto do pescoço dela. Daniel fez com que as raízes segurassem o braço dela, quanto mais flechas ela lançava mais cortes apareciam, sem falar o fato de que ela não parava de se debater “Teimosia de fada da terra” ele suspirou consigo mesmo.
                -Lovely fica calma, para de se debater-Ele dizia tentando acalma-lá
                Lovely já não conseguia mais se mexer, as raízes apertavam os pulsos dela, Daniel se aproximou com cuidado, ela estava exausta, talvez por causa das flechas ou por estar lutando tanto para se soltar.
                -Você se acha tão forte, quase se matou agora. Olhe para si mesma. Estava tão distraída que nem percebeu que estava se machucando ao lançar as flechas.
                -Ahhhhhh claro, e você também não vai me machucar.
                Ele segurou no pescoço dela e chegou bem perto. Deu um meio sorriso e a beijou.
                -Não vou... Não agora.
                Lovely olhou confusa para ele, para tirar as duvidas ele mostrou a cicatriz que ice havia feito.
                -Não pode ser...- Ela disse espantada, depois ficou com raiva e deu um soco no braço dele
                -AI!! Ficou louca? Por que isso?
                -Eu quase morri naquele dia, babaca.
                -Desculpa, eu não sabia que Susti estava lá. E nem que os outros iriam me seguir e invadir Magictopia.
                -Mas fico feliz que esteja bem- Ela disse abraçando ele
                -Vamos deixe eu ver os cortes- Ele disse segurando o braço dela.
                Em um momento a ferida havia se fechado.
                -Onde aprendeu a fazer isso?
                -Quando tem que se virar sozinho acaba aprendendo algumas coisas uteis, produzir sua própria comida, aprender a curar de ferimentos leves.
                -O que vamos fazer? Leandro irá te procurar não é?
                -Creio que não, desde que eu não fique no caminho dele e cumpra alguns trabalhos, eu posso fazer o que eu quiser. Mas vou cuidar para que eles fiquem bem longe de Magictopia.
                Daniel soltou um suspiro ao se levantar
                -Ultimo dia de lua cheia, queria ter essa conversa antes, poderia passar o resto do tempo me divertindo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário