16 de julho de 2012

Alex e o lobisomem- Capitulo 8


                Lovely estava em uma rua mal iluminada a noite segurando o seu arco e flecha, não sabia exatamente onde ficava a casa de Daniel, mas era um algum lugar daquela rua.
                -Acho que é essa aqui- Ela disse parando na frente a uma casa com as luzes apagadas. - Não tem carro na garagem e as luzes estão apagadas, devem ter saído.
                Lovely abriu as asas e pulou a grade, ela foi até a janela, mas estava trancada.
                -Acho que o jeito é entrar pela porta da frente, eu não faço a menor ideia de como fazer isso.
                Quando encostou na porta percebeu que ela estava aberta, ela entrou cuidadosamente na casa com o arco e flecha  preparado para disparar, quando percebeu que alguém estava atrás dela, ela se virou e soltou a flecha, mas uma rede caiu em cima dela e da pessoa que estava seguindo ela, depois uma corda puxou a rede e ela ficou pendurada no teto, as luzes se acenderam e um alarme começou a tocar. Lovely segurou firme o arco para não cair e atirou no alarme que estava tocando, só ai olhou para a outra pessoa presa na rede.
                -MARINA!!! Qual o seu problema?
                -Qual o SEU problema!!! Me atraindo para cá para eu ser capturada?
                -Primeiro eu nem sabia que você estava me seguindo, segundo, porque esta me seguindo?
                - Sabia que estava tramando alguma coisa, o que vai fazer agora? Mais um show de mágica?
                -Não tenho tempo para isso, ai! Droga, quebrei a minha unha, agora ela ta lascada.
                -RÁ, bem feito- Ela disse
Lovely deu um sorrisinho e arranhou a perna de Marina.
-AI!!! Minha perna, você ficou louca?
-Deixa de ser fresca
Lovely esfregou as mãos e percebeu que elas estavam um pouco suadas, isso deu mais uma ideia maliciosa, ela encostou a mão no corte e isso fez Marina dar um pulo na rede.
-Viu? Isso sim é motivo para reclamar, agora me surgiu uma duvida, quando vocês se machucam na forma de sereia, a água salgada não arde?
Antes que Marina dissesse qualquer coisa alguém abriu a porta, era uma mulher de cabelos castanhos, olhos castanhos e rosto fino, junto com um homem alto de cabelos morenos e olhos castanhos também.
-Quem são vocês?- O homem perguntou.
-Bem- Lovely disse- Ela é uma pinhata, eu sou um animal em perigo de extinção que não pode ficar preso, me solte!!!
-Você não perde a oportunidade não é mesmo?- Marina disse se ajeitando na rede
Depois de tirar as duas da rede, a mulher pediu que elas se sentassem na mesa enquanto o homem guardava a armadilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário