9 de julho de 2012

Alex e o Lobisomem- Capitulo 5


                -Para que nós precisamos da Lovely? Ela só vai atrapalhar. Nós já temos um ogro, ogros são ótimos em preparo de poções.
                -Isso Dara- Lovely disse- Eles não me querem no grupo, eu não quero entrar no grupo.
                -Boa tentativa Lovely, você vai fazer 18 anos em agosto, e será coroada rainha tem que aprender a enfrentar os seus problemas. Mas não posso te obrigar a ficar, se quer ir você pode.
                -Isso, volta para o seu castelo princesinha- Noken disse.
                Lovely, que estava prestes a sair se virou e disse:
                -Quer saber, eu vou ficar.
                -Muito bem, Gravou isso Giselle?- Dara disse.
                -Anotei, ela disse em alto e bom som com varia testemunhas em volta.
                -Muito bem, hoje vocês podem tirar o dia de folga para se conhecerem melhor.
                -Mas e quanto aquele caso de corpos estraçalhados?
                -Resolvemos isso amanhã, mas não vou colocar vocês nesse caso, tenho outro grupo em formação já.
                Alex caminhava pelas ruas da cidade reclamando em voz baixa
                -Aquelas duas me enganaram, pensei que éramos amigos, garotas. Hunf!
                Foi quando levou uma bolada na cabeça que o fez cair no chão, ele olhou para o lado e viu um menino correndo na direção dele.
                -Foi mal cara, eu não te vi, você ta bem?
                -Ah... Estou, só fui pego de surpresa
                -Eu estou jogando sozinho, que jogar?
                -Claro, porque não? Não preciso ir a lugar nenhum.-Ele disse descendo uma ladeira em direção a uma “quadra” improvisada, tinha duas pedras como gol, e só.
                -Nunca te vi por aqui. Qual o seu nome?- Ele disse chutando a bola.
                -Alex... Eu moro meio longe daqui, tive um discussão com as minhas... irmãs.
                -Prazer, meu nome é Juan, sei como se sente, eu tenho 7 IRMÃS!!! E elas são muito chatas. Por isso eu venho pra cá, para me esconder delas, mas elas logo aparecem para me arrastar para casa.
                -Acredite, eu sei como é ter uma irmã doida,suas irmãs só estão preocupadas com você.
                -Elas são paranoicas, a única pessoa mais paranoica que as minhas irmãs, é a minha mãe, ela é assustadora, e está sempre séria. E você? Como é a sua família?
                Antes que Alex pudesse responder, Ice apareceu no topo do barranco chamando ele.
                -É a sua irmã?- Juan perguntou
                -... É sim Eu tenho que ir- Ele disse escalando o barranco
                -Onde tu tava Alex? Vamos, temos um trabalho a fazer.- Ice disse arrastando Alex pela rua segurando na gola da camisa.
                -Aonde está me levando?
                -Dara nos deu uma missão, temos que investigar umas coisas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário