14 de abril de 2012

Minha querida irmã- Capitulo 8


Os olhos de Alex se arregalaram ele se transformou em morcego e tentou fugir pela janela, mas vários vampiros pularam em cima dele antes que ele percebesse.
-Há quanto tempo Alex. Não o vejo desde que você me abandonou naquele castelo imundo.
-Gabriela... Eu pensei que você estivesse...- Ele disse voltando a forma normal
-Morta? Você acha que eu morreria por causa de sangue de fada? Talvez você sim, mas eu sou superior- Ela deu as costas e começou a caminhar para uma porta- Tragam ele para cá!
Ele foi arrastado pelas escadas que desciam em direção a um porão escuro, haviam varias pessoas presas lá algumas gritavam pela sua vida, outras estavam jogadas nas celas imóveis “Mortas” Alex pensou e isso deu vontade de tampar os ouvidos e fechar os olhos.
-Por que ainda estou vivo?- Ele se atreveu a perguntar.
Gabriela não respondeu, apenas abriu mais uma porta no fim do corredor.
- Podem soltar- ela ordenou
Os dois vampiros jogaram Alex no chão de concreto ele arranhou a maça do rosto na chão mas logo de levantou.
-Isso tudo foi um plano para me atrair? Até aquele cara zombando de você?
-Não, ele realmente não acreditava em mim, mas eu sabia que você viria. Sabe fiquei vários dias presa naquele buraco reunindo forças para me levantar, você deve saber como é horrível a experiência com sangue de fada, aquilo me enfraqueceu, eu não posso mais sair no sol, mas eu sei que você deve ter tido aulas de poções quando passou a viver com aquela fada.
-Capaz que eu vou fazer uma poção para você!!!
O olhar calmo de Gabriela se desfez, ela agarrou Alex pelos cabelos e o levantou do chão ficando cara a cara com ele, Alex abriu os olhos devagar resistindo a dor.
-Você VAI fazer a poção, ou então vai fazer parte do meu exercito, eu sei transformar um capacho como você em um monstro, então o que prefere?
Alex baixou a cabeça.
-Melhor assim, agora conheça a sua parceira...
Uma menina de cabelos negros que só podiam ser comparados com a escuridão dos seus olhos, ela usava uma capa cinza e roupas da mesma cor um pouco surradas e sujas assim como o seu rosto com uma pequena cicatriz na bochecha. Alex pensava por quanto tempo Gabriela tinha mantido aquela garota presa.
-Meu nome é Tama- Ela disse evitando olhar para Gabriela
-Eu a encontrei faz alguns dias, ela daria um ótimo lanche, mas quando ela usou magia para se defender percebi que ela poderia ser útil, uma troca simples, ela me faz a poção e eu deixo ela viva. Mas infelizmente o prazo está acabando e ela não progrediu nada.
-Eu só tenho 11 anos, fazer uma poção esquecida a milhares de anos leva tempo.
-Não tenho tempo, Alex vai fazer a poção e você vai trabalhar em um feitiço para desfazer escudos mágicos.
-Escudos mágicos?- Alex falou alto sem querer
Gabriela se virou para ele desconfiada andou em volta dele como se estivesse ecurralando ele.
-Por algum motivo não consigo mais entrar naquela cidade, o escudo está mais forte, sabe qual seria o motivo Alex?
Lovely era a responsável pelo escudo mágico de Magictopia, ele bloqueava magia muito bem, mas no dia que ele tinha conhecido Magictopia Lovely estava viajando, talvez por isso o escudo estivesse mais fraco.
-Não sei, talvez o sangue de fada tivesse te enfraquecido.
Gabriela olhou bem para ele durante alguns segundos e foi embora. Alex soltou um longo suspiro de alivio.
-Ela não acreditou em você.-Tama disse sem olhar para Alex.

Nenhum comentário:

Postar um comentário