31 de março de 2012

Minha queria irmã- Capitulo 2


-Não acredito que vamos viajar para Atlântida, capital das sereias, dizem que fazem roupas lindas lá, e que as festas de lá são o máximo. E vamos com a Marina, eu já disse o quanto ela é bonita? Ela é 19 vezes mais bonita que você!!!- Ice dizia arrumando as malas.
-Primeiro, se quer fazer compras lá terá que ter dinheiro de lá, segundo nós não temos tempo para festejar com as sereias, terceiro, se falar mais uma palavra sobre a Marina eu vou te jogar pela janela.
-Eu tenho asas- Ice disse socando roupas em uma mochila.
-Ei!!!! Porque raios você ta colocando roupas nas malas, nós vamos para Atlântida, suas roupas vão ficar encharcadas, era para levar só o seu amuleto e uma bolsa para carregar frutos do oceano que vamos colher na praia.
-Quantas pessoas vão?
-Só nós três, Diere está ocupada aperfeiçoando as suas transformações, sabe poder ter ao mesmo tempo visão de águia, velocidade de guepardo e força de tigre. Giselle está organizando a biblioteca da escola, e Giovana aprendendo a manipular as sombras.
-Então vai ser uma viagem como nos velhos tempos?
-Depende, quando você diz velhos tempo está querendo dizer quando Magictopia era deserta, assustadora e tinha cheiro de carne amaldiçoada, ou quer dizer quando a gente se aventurava na chácara da vovó?
-Acho que a segunda opção. E você está mau humorada porque vai rever a Marina ou o que?
-Marina acha que o culpado foi o Alex, mas não acho que o Alex faria isso, só não sei como provar o contrario. Ei!!!! Você quer fazer direito não é Ice?
-É, mas eu não sei nada sobre leis do mundo mágico.
-Bem, elas teoricamente não existem, mas você pode ser a advogada de defesa do Alex. Seria um bom treinamento- Lovely disse amarrando a sacola.
-E você vai procurar pistas?- Kaila perguntou.
-Sim, já que a Giselle está ocupada.
-Já estou vendo, do jeito que a sua lógica funciona vai dizer que as sereias foram furadas por um baiacu e depois atacadas por peixes bruxas.- Ice disse tirando as roupas da mochila.
-E o que eu vou fazer?- Kaila resmungou.
-Bem pelo jeito vamos dar de cara com um vampiro e todo mundo sabe que a fraqueza dos vampiros é o fogo.
-Mas nós vamos estar embaixo d’água.-Kaila disse preocupada
-Você ainda não aprendeu o fogo mágico? Hum, depois a gente vê isso. Deixei um recado para as três caso elas voltem mais cedo.
-Agora que você falou sobre moedas Lovely. Porque Magictopia não tem uma? Tipo trocar objetos por favores ou materiais é tão primitivo- Ice comentou- Poderiam contruir uma vila na floresta das ninfas, nem precisaria derrubar as suas preciosas árvores, poderíamos construir em volta e fazer lojas...
-Não.- Lovely interrompeu- Isso faria com que Magictopia se tornasse uma cidade de verdade.
-E qual é o problema?
-O problema é que muitas pessoas iriam passar a morar aqui, e deixar o mundo dos humanos, isso não estaria certo, diz a lenda...
-Ai!!Lá vamos nós- ice falou, uma fada desejava viver entre os humanos, se nós criarmos um mundo para viver longe dos humanos estaríamos desonrando a historia dela e blá blá blá.
-Tudo bem Ice, se algum dia a situação lá fora estiver tão catastrófica a ponto dos humanos descobrirem nossa existência, caçadores estarem soltos pelas ruas e o caos reinar, nós construímos uma cidade. Eu sei que algum dia vou me arrepender disso profundamente.
-Já disse que você é a melhor prima do mundo?
-Ei!!!Suas duas cabeçudas!!! Nós vamos ou não vamos?- Kaila disse gritando do corredor- Eu já estou pronta!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário