19 de março de 2012

Aprendiz -capitulo 7


                Mesmo estando no subterrâneo Giovana conseguia ouvir que do lado de fora estava chovendo. “Será que Kaila consertou a minha janela direito?” Ela pensou, Giovana se levantou da rede eu subiu a escada, a janela tinha um pequeno buraco por onde a água passava.
                -Eu não acredito- Ela disse colocando um vaso embaixo da goteira- A Kaila me paga- Ela disse saindo de casa. Foi ai que ela viu a tempestade que se formou do lado de fora.- Eu tenho que encontrar a Kaila.
                Mesmo que Giovana pudesse enxergar na escuridão, ela não via nada muito alem da chuva.
                -KAILA!!!!- Ela gritava, mas o barulho da tempestade abafava tudo.-É impossível eu ver algo por aqui, Kaila não poderia voar nessa chuva, ela nem gosta de voar, deve estar lá embaixo no meio da floresta.
                Era impossível encontrar Kaila na floresta, Giovana conseguia ver as árvores, mas era igual ao treinamento mais cedo. Até que ela se lembrou de uma coisa que Kaila havia dito:
                “Não, tudo bem, eu marquei o caminho com fuligem”
                Ela pegou a adaga que havia ganho de presente e fez uma marca em uma árvore, saiu voando o mais rápido que pode, marcando o caminho, depois de desviar de algumas arvores ouviu um choro.
                -Socorro!!!
                Giovana correu em direção a voz e viu Kaila presa em um buraco.
                -Giovana, me tira daqui... De repente ficou escuro e eu cai nesse buraco
                Giovana segurou a mão de Kaila e puxou com toda a força.
                -Ai! Acho que ralei o joelho- Ela disse se sentando no chão.
                -Muito bem Giovana, eu vi tudo, e fiquei impressionada- Borboleta disse aparecendo do nada.

Um comentário:

  1. alguém pode me explicar porque quando eu não posto nada chegam 16 visitas de uma vez?

    ResponderExcluir