10 de março de 2012

Aprendiz- capitulo 3


                Giselle estava sobrevoando o litoral na sua vassoura, indo em direção a casa de sua tia Ivone, era uma casa bem próxima da praia, mas tinha uma senhora na porta, ela parecia ter 90 anos, mas não se movia com dificuldade. Giselle deu meia volta e aterrissou bem longe dali.
                “Ivone vem de uma família de bruxas mariposas, tenho que tomar cuidado quando for visita-lá”
                Ela andou pela praia até chegar novamente na casa de Ivone, com todo o cuidado ela ficou olhando pela janela, Ivone estava sentada bebendo chá e a senhora de pé olhando para ele com um ar superior.
                -O que você quer.... Mamãe?-Ivone disse sem olhar para a velha bruxa
                “Ela é a minha avó!!!”-Giselle pensou
                -Ivone... Como ousa se dirigir dessa maneira a mim?
                -Você é a minha mãe não é mesmo? Não sou uma de suas súditas, escravas ou seguidoras.
                -É, você foi a vergonha da família, uma bruxa boa, onde já se viu?
                -Existem milhares de bruxas como eu, não é mais como na sua época, aliais, nem na sua época era assim, nunca foi assim.
                -Sabe, é mesmo um desperdício uma bruxa tão inútil como você ter a capacidade de ver o futuro.
                -Esse é o único motivo para eu ainda estar viva, e é o motivo de você estar aqui, não é?
                -Hum- A velha disse-Então deve saber o que vou fazer, não é?
                -Sei, eu sei de muitas coisas, sei também, que você não vai ficar no topo por muito tempo, pena que não vou estar aqui para ver...
                “Ela não...”-Giselle pensou, mas antes que pudesse fazer alguma coisa a velha apontou para Ivone e a janela explodiu com o feitiço e acertou Giselle, ela ficou deitada na grama tentando levantar.
                “Nunca vi algo assim- Gisele pensou- Bruxas anciãs são realmente muito poderosas”
A anciã saiu da casa transformou um colar de mariposa em uma vassoura e saiu voando, Giselle entrou na casa depois que a sua avó já estava longe o suficiente, as estantes haviam caído com a explosão, ela encontrou Ivone caída no chão com queimaduras muito parecidas com as que haviam nas asas de Lovely. Ela se aproximou mas viu que já não tinha mais o que fazer, Ivone estava morta.
                Giselle começou a andar pela casa procurando alguma coisa que sua tia havia deixado, e se deparou com um livro escrito Magictopia.
                Ela abriu o livro e começou a folhear, nada de importante, só a historia antiga sobre Magictopia, a briga, a invasão e tudo, ela deixou o livro em cima da mesa q continuou procurando.
                Uma vela em cima da mesa havia caído e quase incendiou o livro, Giselle levantou a vela, mas viu que letras apareciam.
                -Suco de limão, antigo, mas ainda assim útil.
                “Giselle, que bom que você veio me visitar, pena que não vou poder servir nada para você comer, andei tendo muitos sonhos horríveis, e descobri que eu ia ser morta, pela minha mãe, sua avó. Não estou surpresa, nem todas as bruxas más chegam a esse ponto, mas ela sim. Por isso escrevi esse livro, você não conhece muitas bruxas fora da sua nova casa e a sociedade delas é complicada...Lembre-se, entre as bruxas mariposas sua avó é a rainha, não deixe que ela descubra que você existe...Não agora.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário