25 de fevereiro de 2012

O casamento da borboleta negra- Capitulo 22


                Kaila lançou uma bola de fogo enquanto ele estava distraído, Leandro urrou de dor quando a bola de fogo acertou o seu rosto.
                -Ninguém além de mim faz a minha irmã gritar, você está bem, Ice?
                -Nunca pensei que fosse dizer isso, mas, kaila você é demais.
                -Obrigada, vai ser mais legal quando eu começar a lutar.
                -Como ousam?- Ele disse se levantando
                Leandro começou a gritar, seu grito fez as paredes tremerem e os vidros quebrarem. Ice criou um escudo para se proteger dos cacos.
                -Precisamos fazer ele calar a boca- Ice disse
                Diere apareceu puxando Marina até onde elas estavam
                -Faça o seu truque.- Ela disse
                Marina começou a gritar tão alto quanto ele, Leandro afundou na parede e quase desmaiou. Kaila pegou alguns cacos de vidro e os derreteu fazendo bolinhas de vidro derretido, as quatro encurralaram Leandro, prontas para atacar.
                -Valeu marina- Diere agradeceu
                -Como conseguiram chegar tão perto?- Kaila perguntou
                -Cera de abelha- Diere disse tirando do ouvido- Eu tenho um pouco guardado.
                -Não vou perguntar de novo, o que vocês querem? -Giovana disse apontando a sua adaga para a fada de asas vermelhas- Eu não to brincando!!!!
                -Giovana, a fada das trevas, você não é muito diferente de mim, nós duas matamos as nossas próprias famílias.
                -Como você?
                -isso é um segredo meu, mas você não tinha dito que nunca se surpreendia?- Ela disse aproveitando que Giovana se distraiu e se soltou.
                -Bem você não é a primeira criatura que pode ler mentes que eu enfrento...
                -Ora, bobinha, eu não leio mentes, sou muito mais especial que isso, meu nome é Rosaris, e eu...
                Uma esfera de energia acertou nela bem na cabeça, Giselle estava voando na sua vassoura e lançando feitiços em um outro bruxo.
                -Giselle? Você? Lutando?
                -Sei que eu não gosto de lutar, mas você não acha que eu iria ficar sentada só olhando e deixar esses bárbaros destruírem tudo não é?
                -Giselle, você acaba de ganhar pontos comigo. Quer me ajudar a dar um surra nesses dois idiotas?
                -Não vai ser preciso...
As duas de viraram e viram Dara, Luis e Borboleta negra , Dara correu em direção a Rosairis mas ela se desviou e Dara acabou acertando uma coluna, Dara continuava atacando, mas Rosairis sempre desviava e ela acabava acertando uma coluna.
                -Como você é lerda, não me atingiu nem uma só vez.- Ela disse
                -Não preciso... Todo mundo para fora da sala!!!!!-Ela gritou enquanto corria em direção à saída.
                Rosairis atirou pequenas lanças, mas Borboleta negra as parou coma as suas asas.
                -Eu disse que passar aquele esmalte nas asas seria útil, agora Luis, a espada!!!
                Luis usou a espada para cortar o ar, um som muito alto fez as paredes  vibrarem e a sala da diretora desmoronar enterrando os dois
                -Bem dois já foram, agora você poderiam me explicar o que são eles?
                -Não sei direito, só sei que não são como nós- Giselle começou- enquanto eu lutava contra aquele bruxo ele me disse que todos eles abandonaram sua parte humana
                -Isso me parece meio familiar...
                Dara, Giselle, e Giovana arregalaram os olhos quando se deram conta
                -Daniel!!!- Disseram as três
                -Vocês vão procura a Lovely, eu sei como expulsar todos eles daqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário