8 de fevereiro de 2012

O casamento da Borboleta negra- Capitulo 15


Zair estava procurando Lovely pelos corredores, mas de deparou com algo mais preocupante, Leandro.
-E ai Daniel? Já matou ela?- Ele quis saber
-Ainda não, ela pegou a minha fac...
Leandro tirou uma faca da manga e apontou para a jugular de Daniel
-Você quis dizer ESSA faca?
-Você poderia parar de baforar na minha cara? E parar de apontar essa faca para mim? Está me lembrando a filha da deusa do amor.
Leandro se afastou e jogou a faca em Daniel que criou uma raiz para parar a faca
-Melhor não desperdiçar a minha poção Daniel, sabe que eu não gosto de desperdícios.- Ele disse desaparecendo em um portal na parede.
Daniel continuou procurando Lovely pelo castelo, quando ele virou o corredor acabou batendo em Alex.
-Puxa, essa é a segunda vez que eu esbarro em você, o que está fazendo?
-Eu? Nada...
-Hum, você deveria conhecer os feiticeiros como você. Não é bom ficar muito tempo sozinho, você pode ficar maluco que nem a minha irmã
-S-Sua irmã? O que aconteceu com a sua irmã.
-Eu te conto se você concordar em fazer passar o dia comigo
-Você por acaso vai abrir um buraco na minha artéria?
                -Não- Alex disse soltando um suspiro- Só vou te apresentar algumas pessoas da escola
                -Eles são vampiros?
                -Você é a única pessoa mais desconfiada que a Ice.
                Enquanto isso Lovely estava lutando contra Ice, na arena, Lovely tinha paralisado ela e por isso ela não conseguiu a vitoria que faltava. Ice lançou cristais de gelo que fizeram pequenos cortes em Lovely
                -Ai, eu pensei que era só para eu te ajudar.- Lovely disse passando a mão nos cortes
                -Mas para me ajudar você tem que perder, mais precisamente entrar em coma
                -Espera, você vai me socar até eu desmaiar?
                -Viu? Você já pegou o espírito da coisa.
                -ICE!!!!! Chega de brincadeira
                Lovely fez plantas brotarem do chão e atacarem a fada do gelo, a casca da arvore pegou de raspão na pele de Ice o que fez um arranhão
                -A mira delas é horrível- Giovana disse
                -Não é tão ruim assim, elas estão errando de propósito, Lovely não teria coragem de machucar a Ice seriamente- Kaila disse
                -Mas e a ice?
                -Minha irmã parece cruel, mas ela não seria capaz disso. Ela só é meio chata as vezes
                -Esse ano você vai ter idade para lutar, não é Kaila?
                -É, vou poder tacar bolas de fogo nas pessoas!!!- Ela disse sorrindo- Giovana, para onde vocês vão agora que terminaram a escola?
                -Depende de cada uma, eu vou viajar com a Borboleta negra, vou voltar a ser a aprendiz dela e vou acabar com qualquer caçador que se atreva a perseguir uma fada.
                -E você Giselle?- Kaila disse se virando para a bruxa que estava distraída lendo um livro.
                -Hum? O que? Eu acho que vou viajar pelo mundo conhecer outras culturas e aprender outras línguas, sabe como é né? Sou uma esponja de conhecimento.
                Kaila olhou para baixo um pouco triste e disse:
                -Vou sentir falta de vocês...
                Giselle olhou para Giovana emocionada, mas antes que ela pudesse dizer alguma coisa Kaila terminou a frase.
                -Quem é que vai brigar enquanto eu jogo vídeo game e me ensinar xingamentos novos?- Ela disse com o seu sorriso Kaila.
                -É Kaila, você pode ser um amor, mas continua sendo a Kaila- Giovana disse rindo
                Kaila estava sorrindo mas logo parou, ela olhou para Giselle e perguntou
                -E a Lovely?
                -A Lovely? Eu não sei Kaila...
                -Ela vai entrar na faculdade e talvez não passe mais as férias com a gente, e se ela conseguir uma mestra ai ela não vai poder vir para Magictopia...
                -Não se preocupe Kaila, quantas fadas conseguem chegar a fase adulta sem serem mortas por caçadores- Giovana disse.
                -Isso significa que ela vai morrer?- Kaila disse com os olhos cheios de lagrimas
                -Giovana, definitivamente você não sabe acalmar ninguém- Giselle falou zangada- Não se preocupe Kaila, a Lovely não vai morrer tá
                -Não tão cedo- Giovana acrescentou
                -GIOVANA!!!!!
                -O QUE?? Não espera que ela viva para sempre né?
                -Vejam!!! a Ice neutralizou os poderes da Lovely
                Ice tinha congelado TUDO, a estratégia dela era fazer com que nenhum tipo de planta pudesse brotar no chão, mas ela havia se esquecido de uma coisa, lírios do inverno. Eles começaram a brotar do chão, os cristais das flores se soltaram e foram em direção a Ice.
                -Puxa Lovely, você não é uma fada tão frágil assim, mas eu ainda sou mais forte.
                Quando Ice desviou de todos os cristais, voou em direção a Lovely para dar um soco, Lovely voou e deu de cabeça com Ice.
                -O que aconteceu? Por que as duas caíram?-Kaila perguntou
                -Lovely meteu a cabeça dura dela na cabeça da Ice, essa deve ter doído.- Giovana disse
                -A Lovely tem uma mania de dar cabeçadas, né?- Giselle observou
                -É...
                -A gente não deveria levar elas para a enfermaria?- Gisele perguntou preocupada
                -Espera, vamos ver se elas tem um derrame- Giovana disse
                -Giovana!!!!- Gritou Giselle
                -Tá bem, vamos carregar elas para a enfermaria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário