4 de fevereiro de 2012

O casamento da borboleta negra- Capitulo 13


-Zair, você segura essa toalha para a gente enrolar o bebê e limpar ele.
-Na Diere, você tem certeza que sabe o que está fazendo?
-Não se preocupe Lovely, unicórnios sabem dar a luz sozinhos, não precisam de ajuda, mas é sempre bom ter uma fada dos animais por perto.
-Ah, tá
Diere foi ajudar a unicórnio a dar a luz depois de um tempo um bebê unicórnio, Lovely apoiou a cabeça da mãe em uma almofada de folhas. E foi ajudar a limpar o bebê, ele era dourado, mas parecia um pouco mais escuro, algo como bronze
-Ai que coisa mais adorável- Lovely disse segurando metade do corpo do bebê enquanto Zair segurava a outra parte.- Ele é tãaaaaaaao fofo!!!!
-E ela começou de novo- Pegasus olhou para Lovely incomodado com o jeito dela.
Diere riu um pouco com o comentário dele, mas Zair parecia um pouco assustado.
-O que ela tem?- Ele perguntou
-Ontem nasceram flores que representam a Lovely e ela ficou durante um tempo meio... Lovely demais, ela também fica assim quando vê um filhote, acho que funciona como um instinto materno.
-Ah Diere, você sabe como eu adoro filhotes, e as vezes eu não resisti a agir como se fosse uma mãe, não é bebezinho?- Lovely disse olhando para o bebê unicórnio- Eeeee, talvez seja efeito do pólen da minha flor-Ela disse limpando o bebê.
-Seu bebê é lindo Pegasus- Disse a mãe
-OQUE?????!!!!-Diere gritou
-Diere, fala baixo, vai assustar o bebê- Lovely pediu
-Esse bebê é seu pegasus?
-E se for? Não é da sua conta- Ele disse olhando um pouco zangado para a mãe do unicórnio
-Como é que você me traz para ajudar no parto do seu próprio filho e não me conta.
-Eu já disse que não é da sua conta
-Só por que eu não sou a sua antiga mestra, não significa que eu não goste de você
-Eu prefiriria que ela estivesse aqui ao invés de você- Ele disse
-Então eu já sei como resolver isso, me matando- Diere disse saindo correndo.
-De novo não- Lovely disse se levantando- Zair, termine o trabalho.
-Mas como eu vou saber o que fazer...
Mas Lovely já tinha ido embora deixando ele sozinho
-Pegasus, você foi muito grosso com ela- Disse a Mãe
O bebê saiu dos braços de Zair para beber leite, Zair se levantou, pensou em dizer algo antes de sair, mas não tinha certeza se eles iriam entender.

Nenhum comentário:

Postar um comentário