16 de janeiro de 2012

O casamento da Borboleta negra- Capitulo 5


                Lovely estava em cima da árvore mais alta de toda a floresta, a mesma árvore que deu o ovo de onde Melody nasceu, Ela florescia, mas raramente ovos nasciam nela, de vez em quando um ovo caia em cima de uma pessoa, essa pessoa seria a dona do animal que sairia do ovo, era estranho sendo que as raposas fadas não nasciam de ovos. Perdida em seus pensamentos Lovely nem notou Alex lá embaixo.
                -LOVELY!!!! O que esta fazendo ai em cima?- Ele gritou
                “Lovely!!!” Zair pensou “É ela!”
                -Ah! Oi Alex! A Diere já me encontrou, vi você passar umas vinte vezes por aqui. Deveria ter olhado para cima.
                -Eu sei.
                -Quem é o seu amigo?
                -O nome dele é Zair, ele que me ajudou a te achar- Eu tinha esquecido que fadas podem voar.
                Alex olhou novamente para ele e notou algo estranho...Os olhos dele estavam castanhos, eles eram azuis...bem podia ser algo na luz...mas eles tinha mudado algo, pareciam olhos normais agora.
                -Vai ficar me encarando com essa cara de bobo moleque?
                Daniel mudou seus olhos azuis, Lovely com certeza iria reconhecê-lo. Os olhos foram as únicas coisas que não haviam mudado, talvez por que eles faziam parte dos seus poderes. Mas isso não importava, com os olhos castanhos ninguém se apaixonaria por ele, mudando a aparência ninguém reconheceria ele, e como agora era um parte humano, poderia se misturar com as outras pessoas.
                -Acho que nunca te vi por aqui, você é novo?- Lovely perguntou
                -Sim, eu sou.
                -Você vai adorar esse lugar, vamos mostrar tudo por aqui, não é Alex? Vamos voltar para a escola.
                Daniel nunca tinha visto tantas pessoas do mundo mágico em um só lugar, tantas fadas, feiticeiros, sereias e bruxas. Da ultima vez que tinha visto Magictopia, ele ficou preso em uma sela, ouvindo Lovely reclamar sobre o que ela poderia estar fazendo ao invés de estar presa lá.
                -Não é lindo?- Ela disse- O pátio da escola é o meu lugar favorito, tem uma fonte com mesa para as sereias, e pelo que a Marina falou, tem mesas lá no fundo da fonte iluminadas com peixes que brilham, ali tem mesas que flutuam bem lá no alto, para nós fadas, assim o chão não fica lotado.
                -Assim os alunos que não tem asas nem caudas, como eu, ou feiticeiros podem ficar aqui no chão. Em cima das árvores, ou nas mesas normais. Mas um dos lugares mais legais é a sala de lutas, é lá que nós treinamos as habilidades em lutas. Ou qualquer outra coisa que precise de força.
                -LOVELY- Ice gritou- Finalmente você chegou, preciso de ajuda.
                -Ajuda?
                -Eu tenho que lutar com mais uma pessoa, mas ninguém quer lutar comigo.
                -Por que será?-Alex disse revirando os olhos
                -Mas e a Samanta, e a Giovana?
                -Eu já lutei com elas, e ganhei- Ela disse convencida- Mas a professora disse que eu preciso de mais uma luta.
                -Eu luto com ela- Zair disse, era só uma fada do gelo de 13 anos, qual seria o problema? Ele pensava.
                -Você? Quer Lutar contra a Ice?
                -Claro- Ele disse tranquilo
                -Foi um prazer te conhecer Zair, vou sentir a sua falta- Alex disse.
                Os dois foram para a Arena, tinha vários aluno sentados para assistir, Kaila estava lá, Alex e Lovely se sentaram ao lado dela, dali ela ouvia os comentários.
                -Ele por acaso é suicida? Ninguém nunca derrotou a Ice!
                -Mas e a Samanta?
                -Isso é um boato, duvido que ela teria derrotado a Ice.
                Lovely teve vontade de rir, ela sabia que era verdade, mas até hoje ninguém acreditava.
                -Acho que a Escola inteira está aqui- Kaila disse.
                -Não se preocupe Kaila, qualquer coisa eu paro a luta.
                -Até parece que uma fada das flores como você poderia deter uma luta da Ice, ta pensando que é quem?- Marina disse.
                -Me diz ai Kaila, por que ela sempre está por perto?
                -Não liga pra ela Lovely a luta vai começar
                O que ninguém tinha notado era que Zair não tinha nenhuma arma amuleto, mas Ice tinha uma espada que cortava TUDO. Ela tirou o hachi dos cabelos que virou uma espada.
                Ela correu em direção a Zair, mas ele a arremeçou, talvez tivesse machucado se ela não soubesse voar.
                -Como algo tão pesado consegue voar?
                -Essa não!!!-Alex, Kaila e Lovely disseram juntos.-Ele tá morto.
                -Por que?- Marina perguntou.
                -Ele falou a palavra proibida- Alex explicou- Lovely, vamos precisar da sua ajuda.
                -Tudo bem- Ela disse tirando o prendedor de cabelo que se transformou em um arco e flecha.-Kaila, diga alguma coisa para me deixar triste.
                -O que vai fazer Lovely? Vai lançar uma flecha e fazer os dois se apaixonarem?- Marina continuou provocando
                Enquanto isso Ice tinha arremessado Zair pelos ares.
                -Puxa, eu não sabia que feiticeiros voavam- Alex comentou.
                Ela cortou a lateral do peito dele enquanto ele estava no ar e deu um soco que o jogou no chão.
                -Rápido Kaila!!!!- Lovely gritou.- Pensa em alguma coisa.
                -Patético, deve ser por isso que não tem namorado, a fada mais estranha da escola- Marina continuou.
                -Olha! Não é que a Marina serve para alguma coisa?- Lovely disse lançando a flecha, que atingiu Zair que ficou paralisado com a flecha de tristeza
                -Que mira horrível!
                Ela lançou mais uma flecha atingindo Ice, que caiu paralisada no chão.
                -Foi mal Zair, passa depois de um tempo.

Um comentário:

  1. Ameieeeeee visite meu blog e me add no face para passa mensagem ou algo assim pff amei o casamento da borboleta negra bjs Isadora

    ResponderExcluir