28 de dezembro de 2011

Aventura de Diere- Capitulo 8


                No dia seguinte quando Lume voltou contaram tudo para ele, ele teve vontade de bater nos três, mas não era culpa deles (Primeiro seu projeto de sardinha, não deveria ter saído para um missão, principalmente com aquele tal de Edru cuidando da sua mulher, qualé? Você confia mesmo naquela coisa? Eu nem vou comentar o fato dela ter ido colher frutas na árvore venenosa). Lume se sentia horrível “ é tudo minha culpa” (pode apostar que é).
                Quando Diere acordou ela estava em uma tribo, os lobos tinham levado ela para lá (Sério mesmo?) Tinha vários índios em volta dela, eles falavam uma língua que ela não entendia, porem outros pareciam conhecer a língua dela.
                -Você já está bem, está segura
                Uma índia entregou um vestido para Diere e disse para ela vestir, ele era parecido com os vestidos que as índias usavam (ah, ela estavam com as roupas rasgadas por que foi arrastada por lobos na floresta, se os índios queriam ajudar por que não foram eles mesmos buscar ela?)
                -Se você continuasse grávida, vocês três morreriam
                -Três?
                -Sim, você, a criança e depois de uma semana seu marido, vocês são almas gêmeas, ele não seria feliz sem você.
                (Eu to começando a achar que a Lovely me abandonou aqui só para eu ter que ouvir essa historia melosa, aliais, quero saber quando pareceu uma boa idéia ficar grávida com 13 anos?E o bebê morreu? Que triste, o que? Ice tem um lado sensível)Bem...continuando, os garotos estavam tentando consolar Lume no pomar quando todos ele olharam para dentro da Floresta, Lume levantou a cabeça e viu Diere voltando com os índios. Ele correu até ela e a levantou nos braços abraçando-a (Acho que vou vomitar).
                -Agora da próxima vez q ela ficar grávida tudo vai dar certo- Uma das índias disse
                -Mita- Diere chamou- Tem alguém da tribo que gostou muito de você. Ele é o futuro cacique da tribo.
                -Como assim? – Mita disse
                -Me disseram que está escrito que vocês vão se casar, ele é bonito- (Agora deu para ela dar uma de Lovely?)
                 O cacique se aproximou e pediu Mita em casamento (mas que mania de se casar com 13 anos).
                Um garoto chamado Fey (não me lembro desse cara, será que é um novato?) chegou para Samanta e disse:
                -Samanta, desculpe nunca ter demonstrado, mas meu amor por você é muito grando, não vivo mais sem você, case-se comigo, e te farei feliz para sempre!!
                -Eu aceito... Eu sempre gostei de você Fay
                (Meu deus, quanta criança casando no mesmo dia) Depois de muita melação, os casais foram se formando, depois de dois ou três anos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário