24 de dezembro de 2011

Aventura de Diere- Capitulo 6


                -Gente, já deu a hora de acordar...
                Lume se levantou, mas Gabriel disse para Diere continuar deitada, pois de ela se levantasse a camisa que Lume tinha emprestado ficaria um pouco curta...E vamos dizer que Gabriel iria ver algo que ele não deveria (consigo imaginar até a cara de poker face dele). Vamos avançar essa parte, eles se trocaram, e foram fazer as atividade. Enquanto as curandeiras arrumavam os curativos, elas perguntaram curiosas:
                - Rolou alguma coisa? Você ainda é....?
                -Não rolou nada gente... eu ainda sou...
                (Diere você tem 13 anos...-.-) A noite Lume convidou Diere para sair, na floresta de flores brancas, ele havia montado uma oca para os dois, dentro havia vários colchões e almofadas. (almofada são travesseiros de fadas?).
                -Podemos ficar mais a vontade aqui
                Essa parte eu não vou descrever, mas acho que a maioria já deve saber o que aconteceu, né? Quaaaaaaaando eles voltaram, viram que os outros estavam numa reunião. Edru começou a falar:
                -Ainda bem que chegaram, estava esperando vocês para começar a reunião, aliais, estrnho ficarem até altas horas fora né?... Sem nem pedir permissão... Bem, vim dar alguns comunicados... Primeiro, vou começar a mandar mais de vocês nas missões para que seja mais seguro e resolvidas mais rapido. Decidi que não vamos mais viajar como nômades, vamos passar a viver aqui... E meninas, tenho uma missão para vocês, ouçam com atenção... Vocês vão procurar noivas para mim, bem bonitas (que tal uma gorgona? São tão bonitas quanto você), quero também que sejam ricas... isso é só.
                Diere estava indo para o quarto conversando com as garotas.
                -Eu pensei que a missão do Lume era encontrar uma noiva para ele.
                -Ele foi, mas a princesa daquele reino não queria se casar com alguem que ela não amasse, e corria boatos que ela estava grávida de um soldado
                (The soldier knocking upon the Queen doors, brincadeira).
                -Diere, preciso falar com você-Lume disse se aproximando
                -Eu também queria falar com você... Sabe, quando você tiver as missões
                -O Edrudao não é?
                -É... O único jeito de ficar livre dele... é...
                - Tendo um filho meu.
                -É, mas isso é impossível, se eu tiver um filho agora eu posso morrer (De quem foi a idéia de ir para aquela barraca no meio da floresta?)
                -Eu sei... Você vai ter que agüentar ele
                -Só se...
                -O que? Fingir que está?
                -É...
                -Acho que é a única opção...
                No dia seguinte, ficaram sabendo que haveria um festa na cidade, todos foram, menos Diere e Lume, eles iriam de noite, por isso ela teve que fazer o café da manhã para os dois, ela ensinou Lume a colher limões, enquanto ela colhia aquelas frutinhas da árvore com espinhos (Já passou pela cabeça de alguém plantar essa arvore como se fosse um bonsai?).
                Depois eles fizeram o almoço juntos (falando nisso eu to com fome, Ice, já que você não ta fazendo nada pode pegar os biscoitos que estão no armário pra gente comer?), todos chegaram e adoraram o almoço.
                A noite eles foram para a festa, comeram frutas com chocolate, doces, frango e todas essas coisa que eu to com vontade de comer agora, passearam um pouco pela cidade (compraram algumas coisas, mas isso não vem ao caso)

Nenhum comentário:

Postar um comentário