5 de dezembro de 2011

Artefatos das fadas madrinhas- capitulo 11

Elas saíram correndo esperando que tudo desse certo com Lovely, um dos caçadores que estavam avaliando os alunos disse.
-Essa daí já era, podem levar.
Lovely foi levada para uma espécie de laboratório onde havia uma mesa com um bisturi e pinças.
“Puts, eles vão me dissecar, não se eu puder impedir...”
-Não acha estranho ela não ter sangrado?
-Ela foi morta por uma arma que roubamos dela, uma arma de fada, deve matar sem sangrar.
-Como fadas são frescas... Espera... Ela ta respirando!!!
Lovely se levantou dando um chute com os dois pés na cara de um e um soco no outro. Ela se levantou rápido e começou a pensar em um plano para salvar as outras. Ela vasculhou as gavetas do laboratório e achou um clip e uma borracha, isso fez ela se lembrar de um incidente na sua escola, entortou o clip e passou pela borracha. Ela procurou uma tomada e protegendo os olhos se aproximou.
-Cara isso vai explodir.- Ela disse enfiando o clip na tomada.
As lâmpadas explodiram  junto com alguns computadores , a Academia toda tinha sofrido um curto circuito, tudo estava escuro.
-Deu certo... Ai...Nunca mais vou fazer isso. Agora tenho que encontrar Rani e salvar as outras, eu deveria ter feito isso antes de ferrar com a energia, não enxergo nada.
Ela saiu silenciosa pelos corredores tentando achar Rani.
-Não encontro ela em lugar algum, tenho certeza que ela devia estar por aqui.
Lovely escuta vozes e segue silenciosamente na direção
-Seu nome é Rani, certo? Vamos fazer uma troca me de uma mecha do seu cabelo e poderá ser solta.
-Serio? E o que vai acontecer com as fadas?
-Você não se importa com elas, sua família nunca se importou, com a mecha do seu cabelo nós vamos poder fazer com que elas desapareçam. O que me diz? Nós temos um trato?
-Sim- Ela disse
-Mas que traidora...
-Ouviu isso?
Ele pegou uma lanterna e foi para o corredor onde Lovely estava.
“Eu deveria aprender a ficar de boca fechada”
Mas antes que ele saísse um telefone tocou ele colocou no alto-falante para atender.
-Senhor!!! A energia foi cortada!!!
-Eu já sei disso, algum poste deve ter caído, por que está me perturbando com isso?
-Não foi uma simples queda de energia, foi um curto circuito, e a fada que havia sido morta sumiu.
-O que!!?? COMO ASSIM ELA SUMIU???!!! Virou um zumbi por acaso???!!!
-Não sabemos senhor, os dois caçadores que estavam no laboratório estão desacordados.
-Quero que encontrem essa fada, ela deve estar em algum lugar!!!!
-Estou aqui!!!!- Ela disse dando uma pancada no diretor que gemeu de dor – Ice tem razão, depois de um tempo você se acostuma.
Mas antes que ela pudesse se dar conta Rani a acertou na cabeça.
-RANI!!!!! FICOU MALUCA????!!!! ISSO MACHUCOU!!!!
Lovely se tocou do objetivo de Rani e começou a gritar.
-SUA...SUA TRAIDORA!!!!! EU VOU TE MATAR!!!! Qual o seu problema???!!! Ahhhhhhh
Enquanto Lovely gritava como uma louca foi atingida por um choque elétrico de um caçador que estava atrás dela.
-Você daria uma ótima caçadora, talvez possa entra na prova dessa tarde, sabe obedecer ordens?
Rani começou a pensar no que estava fazendo, ela só tinha se recusado a ajudar Karim por causa da historia da sua família, isso não estava certo.
-Sei, mas mais importante que saber quando obedecer ordens, é saber quando não obedecer- ela disse dando uma pancada no caçador.
-Sua garota estúpida, eu vou...
Lovely tinha se levantado e nocauteado ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário