15 de outubro de 2011

A fada da nevoa- Capitulo 7

- ELA O QUE!!!!!!???????- Diere gritou
                -Fugiu-Ice disse
                -Para onde?
                -Ninguém faz a menor idéia, a única que tem uma pequena pista é a boneca dela, e a única coisa que ela sabe é que ela saiu de noite dizendo sobre uma missão. Já perguntei para todo mundo, ninguém sabe.
                -Eu sei...
                Todas se viraram e viram uma menina de cabelos verdes e olhos azuis, ela tinha um amuleto de sereia.
                -Meu nome é Mita, existe uma lenda que conta se você esperar num ponto de ônibus quando se está triste um ônibus estranho vai te levar para um lugar onde você irá esquecer das suas tristezas de tudo.
                -Mas como você sabe que Lovely está lá?
                Mita não queria entregar Marina, mas precisava responder alguma coisa, num acesso de pânico ela falou a primeira coisa que passou na sua cabeça.
                -Por que fui eu que mandei ela para lá
                Todas olharam espantadas para Mita sem acreditar no que haviam ouvido.
                -Por sua causa a minha prima sumiu- Ice disse
                -Na verdade, foi por sua causa Ice – Kaila corrigiu
                -KAILA!!! Agora não!!! Me diz onde fica essa droga de lugar!!!- Ela rosnou para Mita.
                - É complicado de explicar, mas vocês precisam encontrar logo, o lugar foi criado por uma fada que se alimenta da alma das pessoas, a cada 100 mil anos ela precisa devorar a alma de uma fada como ela, se não encontrarmos logo ela irá morrer.
                -MORRER!!!! MORRER??? SE NÃO ACHARMOS ELA EU MESMA VOU MATAR VOCÊ!!!- Giovana gritou
                -Calma, eu acho que tem como encontrar ela- Mita disse.
                Mita começou a elaborar um plano, ela se ofereceria para ir no lugar de Marina, assim sua amiga estaria salva, iria levar as outras fadas para derrotar a fada da nevoa, seu plano era quase perfeito, mas corria o risco de todas serem derrotadas e terem as almas devoradas.
                -Lovely, acorda
                -Hum? O que foi?
                -Pode me contar mais sobre as suas primas e as outras fadas?
                -Primas? Eu tenho primas?
                -Lovely?
                -Eu não consigo me lembrar
                -Consegue se lembrar do seu nome de humana?
                Lovely tentava se lembrar de alguma coisa, mas tudo parecia vazio “ por que eu vim para cá?” , mas por mais que se esforçasse não conseguia lembrar, sabia que havia uma coisa que a fez fugir, mas não consegui lembrar nem o seu nome.
                -Eu não lembro, eu não consigo lembrar o meu antigo nome...
                Gevan disse para Lovely voltar a dormir, ela se levantou e desceu com dificuldade a escada, foi até uma sala escondida no corredor, ela abriu e ficou frente a frente com a fada da nevoa.
                -Gevan?- Ela disse calmamente- O que faz por aqui?
                -Deixe ela ir, existem pessoas que se importam com ela. Ela só estava triste, isso acontece com qualquer um.
                -E por que você acha que eu faria isso? O que aconteceu? Se identificou com ela?
                -Não...
                A fada fez com que todas as lembranças ruins voltassem a mente de Gevan, a fada dos ventos caiu no chão ao se lembrar de tudo.
                -Se lembra Gevan? Ele te abandonou, você foi pedir ajuda para as suas amigas mas elas negaram, sua família tinha te abandonado- ela dizia enquanto voava lentamente em volta dela- Sabia que eles foram muito mais felizes sem você? Nem se quer sentiram a sua falta.
                -Eu vou contar a ela, vou contar tudo sobre você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário