5 de outubro de 2011

A fada da nevoa- Capitulo 3

-Puxa que lenda legal, mas você acha que é verdade?
                -Não custa nada tentar, que tal você fazer está noite?
                -Não, eu não estou tão triste assim,  elas só estão ocupadas, depois nós vamos nos reunir e eu vou contar como foram as férias... Ai!!! Eu lembrei, a minha boneca, eu tinha deixado ela no meu lugar, tenho que voltar para casa!!!
                Lovely abriu as asas e saiu voando de lá, Marina ficou sentada no banco, uma sereia de mais ou menos 10 anos se aproximou de Marina mas Lovely já estava muito longe para ver.
                -Você acha que isso foi certo?
                -Claro que foi Mita!!!!
                -Mas a Lovely não fez nada.
                -O acordo você sabe bem qual era o acordo, uma fada triste pelo artefato.
                Mita soltou um suspiro baixo, Marina de levantou e foi embora, Mita ficou lá no pátio observando Lovely que voava para o castelo.
                Lovely entrou no seu quarto através do espelho, olhou para ver se ninguém estava no quarto, não, só a sua boneca que estava lendo um livro.
                -Lovely!!! Senti a sua falta, foi legal ser você por uma semana inteira, mas eu estou morrendo de sono.
                -Não quer saber como foram as minhas férias?
                -Você sabe que eu não me interesso por coisas mágicas.
                -É mesmo, é que você é tão parecida comigo que as vezes eu esqueço que somos muit diferentes. Boa noite.
                -Boa noite, ah, amanhã você vai sair com o seu pai- Ela disse virando uma boneca.
                Lovely soltou um suspiro e foi guardou a boneca
                No dia seguinte ela estava numa livraria, essa era uma das coisas que ela sentiu saudade, ler livros, ela pegou um livro sobre feitiços, e pensou:
                “Meu pai não gosta muito dessas coisas, mas tudo bem, eu trouxe meu dinheiro”
                Mas assim que saiu do caixa, o pai estava esperando por ela e olhou muito estranho para o livro.
                -Feitiços? O que aconteceu com você? Regrediu?
                -O que?
                -E eu pensando que finalmente tinha abandonado aquela besteira, finalmente estava agindo como uma adulta, e agora regrediu...
                Lovely passou o dia escutando o pai falar, como a boneca agia de modo diferente de Lovely todos achavam que ela havia mudado, mas não era culpa da boneca, ela não podia ser algo que não era, mas Lovely também não conseguiria agir como a boneca. Ninguém pode fingir ser o que não é, algo, por menor que seja acaba escapando.
                “Eles estavam mais felizes sem mim” –Ela pensava- “ Vou passar a tarde em  Magictopia, vou me sentir melhor”
                Ela atravessou novamente o espelho e foi para o seu quarto no castelo. Desceu as escadas e foi para a sala de estar. Todas estavam lá conversando.
                -Oi gente, por que não me chamaram? Eu estou louca para cont...
                -Desculpa Lovely, mas estamos ocupadas, precisamos decidir algumas coisas, sobre como vamos resolver o problema dos vampiros...- Giselle disse
                -Talvez eu possa ajudar...
                -Melhor não- ice disse- Vai ser uma longa historia para explicar isso para você, e a cada minuto que perdemos Alex precisa matar uma pessoa para sobreviver, ou um animal, mas a maioria das fadas dos animais não concorda com isso- Ice disse olhando para Diere- E sem falar que ninguém precisa de você
                Lovely saiu um pouco triste de lá, e resolveu voltar para casa. Giselle olhou zangada para Ice e disse:
                -Já te disseram que você exagera?
                -O que eu fiz?

Nenhum comentário:

Postar um comentário