1 de outubro de 2011

A fada da nevoa- Capitulo 1

Já ouviu falar daquelas lendas sobre fantasmas que aparecem num cruzamento pois houve um acidente por lá? Bem... Não são exatamente lendas...
                Nas noites frias e úmidas são muito perigosas, a neblina começa a ficar mais densa, a estrada mais escorregadia, e o carro mais difícil de se controlar até que... Bem já devem imaginar.
                A ambulância, e a policia já vai chegar, junto com os repórteres e os curiosos, sangue se espalha pelo asfalto e a neblina fica mais densa...
                -Preciso de mais...
                A neblina já esta ficando mais fraca, e as almas dos que morreram já foram para o “outro lado”... Será?
                Lovely estava muito feliz, finalmente depois de uma semana ela finalmente voltou para casa.  “Foi só uma semana, mas parecia um mês” ela pensava, estou louca para rever todo mundo. Passou os últimos dias num hotel, mas curiosamente nada é melhor do que voltar a tomar banho na sua casa, ela estava no banheiro do castelo, abriu a torneira e colocou sabonete liquido de rosas, entrou e ficou um tempo aproveitando a água quente.
                -Ah!!! Nada melhor do que lavar o cabelo com xampu de lótus, como o meu nome- Ela disse pegando a embalagem- Estou louca para ver todo mundo.
                Ela saiu da banheira em forma de coração e colocou um roupão rosa, subindo as escadas que davam para o “segundo” andar do seu quarto. Melody viu a dona saindo do banheiro e entrou no armário pegando uma roupa, não era um vestido, ou uma flor feita de flores, uma camiseta rosa e uma calça jeans.
                -Obrigada Melody.
                Depois que terminou de ser vestir saiu para o jardim que ficava na sacada, era algo fisicamente impossível ter um jardim naquela altura, mas isso não importava muito, ela foi para a beira da saca e abriu as asas.
                -É muito bom ter asas novamente, me sinto tão livre- Ela disse levantando vôo.
                Melody foi logo atrás de Lovely, passaram por cima da floresta das ninfas, era uma floresta imensa, que não parava de crescer, talvez construíssem uma cidade nela, em cima das árvores, assim não precisariam derrubar as árvores, ela se lembrou da cidade dos ewoks de Star Wars, o filme que seu primo mais gosta. “ Na primavera ficaria muito bonito, cheio de flores pelo chão”. Ela nem havia percebido que já havia chegado na escola.
                -ICE!!!! EU VOLTEI!!!!- Ela disse acenando para a prima.
                Mas Ice não ouviu, estava ocupada com alguma coisa. Lovely aterrissou em frente a Ice.
                -Lovely? Você voltou? Desculpe, estou muito ocupada, tenho prova na próxima aula. Preciso estudar.
                -Prova de que?
                -Matemática.
                -Matemática?
                -É, eu vim para cá por que é mais tranquilo.
                -Hum, que tal a noite nós nos reunirmos todas para fazer uma reunião, ou algo assim?
                -Não vai dar, Kaila está treinando vôo com Giovana, tinha que ver como ela voava mal quando fomos para a Romênia.
                -Vocês foram para a Romênia?
                -Sim, quando estávamos lutando contra vampiros.
                -Existem vampiros?
                - Existem, é uma longa historia, não tenho tempo para te contar tenho prova amanhã também.
                -Tudo bem, acho que eu vou perguntar se a Diere quer passar um tempo comigo.
                Ice não respondeu, ela estava muito distraída estudando. Lovely saiu do pátio e foi para o estábulo improvisado de Pegasus.
                -Diere? Você está ai?

Nenhum comentário:

Postar um comentário