25 de julho de 2011

Existe o amor verdadeiro - capitulo 6

No dia seguinte Ela estava na escola procurando alguém que pudesse ajuda-lá, ela viu um casal abraçados, tirou um frasco da mochila e um um brilho meio ofuscado e púrpura apareceu dentro dele.
-Hum, eles só se amam pela beleza-Ela disse soltanto um leve suspiro.
Lovely olhou para um casal que era da sala dela, no ano passado ela era apaixonada por aquele garoto, ele se chamava Caio, pois ele era gentil, mas agora era um idiota, a namorada dela também gostava de irrita-lá, Karen.
“Só por que eles são chatos comigo não significa que não possam amar”- ela pensou abrindo novamente o frasco.
Um brilho agora cor de rosa apareceu dentro do frasco.
-Hum- Ela disse sorrindo- Quase lá, mas falta algo especial.
A garota olhou para Lovely com e estranhou o fato dela estar olhando para eles.
-O que foi, Tati? Está vendo fadas por acaso? –Ela disse se mostrando superior.
“Acho que já sei o que falta, mas eu não posso dar isso a eles”-Ela pensava, se levantou e foi andando. O garoto se levantou foi até ela dizendo
-Ela te fez uma pergunta, não vai responder?
-“Não tenho tempo para isso”- ela dizia a si mesma, enquanto desviava do garoto.
-Maluca- O garoto dizia enquanto Lovely se afastava.
Na maioria das vezes Lovely teria socado a cara dele, mas ela não podia se distrair, sua cidade e suas amigas estavam em perigo. Lovely voltou a realidade quando ouviu uma voz.
-Você é um idiota, me deixa em paz.
Caio estava irritando uma garota, já que Lovely resolveu ignorá-lo, a garota não era bonita, na verdade ela era muito feia, parecia até que ela era feia de propósito. Lovely podia ignorar Caio, mas não podia ignorar alguém que precisasse de ajuda.
-Deixa ela em paz.
-Tá bem, fica com a sua amiguinha, ela é estranha que nem você.
Depois que Caio foi embora a garota olhou para ela e disse.
-Obrigada.
-De nada, não liga não, ele pode ser muito chato as vezes, mas se prestar atenção você vai ver que ele é uma boa pessoa.
-Eu sei- Ela disse- Dá para ver pelo jeito que ele trata a namorada. Mas... Você precisa de alguma coisa?
-Como assim?
-Um desejo? Um sonho?
Lovely pensou um pouco “aparência estranhamente feia, consegue ver o interior das pessoas, e esta perguntando se eu tenho um sonho”.
-Você é uma fada madrinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário