25 de junho de 2011

Diere a fada dos animais- Capitulo 2 Diere chega em Magictopia

                 A mãe de Tameria criava jóias amaldiçoadas para proteger um tesouro, e o seu pai forjava armas mágicas, Tameria era conhecida por ter unido as duas coisas de um jeito muito especial. Ela criava armas mágicas, mas para que as fadas ou bruxas carregassem elas pelo mundo dos humanos ela enfeitiçava para que pudessem ser usados como acessórios, como um anel que hipnotiza as pessoas ou um broche que vira um escudo.
                -Hum... interessante, assim ela poderia carregar a espada e o amuleto juntos. Vou tentar criar algo assim.
                Tameria começou a fazer a espada na sua oficina e Lovely ficou esperando na entrada, um tempo depois ela saiu com uma espada de cristal, ela fez um movimento e a espada virou um palito de cabelo branco com pedras enfeitando.
                -Puxa, ficou muito legal!!!
                -Espera, antes de ir eu preciso te dar uma coisa.
                Ela foi até a parede onde tinha um arco e flecha pendurado, na ponta da flecha tinha um coração, como se fosse uma flecha de cupido.
                -Para você, é um arco e flecha muito especial, pode ferir as pessoas, ou abrir o coração delas para que se apaixonem.
                -Muito obrigada, me ajudou muito.
                -Volte sempre.
                No dia seguinte M... estava procurando o dono da pedra para perguntar por que ela havia virado uma borboleta de cristal. Ela entrou no banheiro feminino onde por acaso Lovely havia deixado um portal. Quando ela colocou a borboleta em cima da pia, um portal se abriu e ela caiu dentro dele.
                Quando acordou ela estava em Magictopia, no meio do campo dos unicórnios. Um unicórnio negro estava tentando acorda - lá, seu nome era Pegasus, o pelo dele era bem escuro, e ao invés de um chifre dourado o dele era prateado.
                -Acorde fada dos animais.
                -An? O que aconteceu?Fada dos animais?
                M... se levantou e quase desmaiou ao ver um unicórnio falante. Ela tentou tocá-lo mas ele se esquivou mantendo um olhar seco e serio.
                -Q- quem é você?
                - Meu nome é pegasus, eu estou esperando a verdadeira fada dos animais, mas pelo jeito, não é você.
                -Eu? Fada dos animais, eu... eu... Mas como você sabe que não sou a fada dos animais?
                -Uma fada dos animais deve ser decidida e confiante, você parece um filhote de passarinho que acabou de sair do ovo.
                -Nossa como você é grosso.
                Enquanto isso Lovely estava procurando a pedra.
                -Ai  caramba, onde eu perdi? Será que eu derrubei na pirua? Se fosse assim alguém já teria encontrado.
                Umas meninas estavam conversando perto e Lovely acabou ouvindo uma parte.
                -Onde a M... foi parar? Ela estava aqui na primeira aula não estava?
                Isso foi o suficiente para Lovely entrar em pânico, principalmente por ter uma memória horrível ela não se lembrava quem era M....
                -Não tem jeito, eu tenho q ir para Magictopia procurar essa garota.
                Ela entrou no banheiro e passou pelo portal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário