18 de junho de 2011

Giselle- Capitulo 3- Ivone


Quando acordei eu estava no sofá de uma casa bem antiga, a mulher de ontem a noite estava na cozinha, ela saiu de lá com um prato de bolo e disse:
-Acordou? Deve estar com fome
-Quem é você- eu disse pegando um pedaço de bolo
-Eu estava esperando você, é muito perigoso voar numa tempestade, você deveria saber disso, ainda me lembro do dia que você era apenas um bebê.
-Você é a minha mãe?
A mulher começou a rir e disse:
-Se você conhecesse a sua mãe- ela fez uma longa pausa e disse:
-Minha irmã sempre foi muito egoísta, sua avó tinha muito orgulho dela, fazia de tudo para conseguir o que queria, sem se importar com ninguem.
-Você é a irmã da minha mãe?!
-Sou, meu nome é Ivone, eu era a irmã mais velha, e a ovelha negra da família, numa família de bruxas más eu era a boazinha.
Eu peguei uma foto de três garotas, uma de cabelos cor de mel e olhos azuis, outra de cabelos negros e olhos verdes e a ultima deveria ser Ivone.
-Quem são essas duas- eu disse apontando.  
-Essa de cabelo castanho é a sua mãe, você tem o cabelo igual ao dela. Essa de cabelo escuro se chama Catarina, foi ela que matou a sua mãe, ela era uma feiticeira muito poderosa, nós éramos amigas.
Ivone me contou tudo sobre a historia da minha mãe, que ela e Catarina eram rivais e que Roxane sempre teve muita inveja dela. Ela me contou um pouco sobre o meu pai, mas disse que não o conheceu direito
-Antes de ir destruir Catarina ela veio aqui e me entregou você dizendo para eu dar um fim naquilo, quando ela foi embora eu fui para um outro pais deixar você com uma família que cuidasse de você, assim você estaria a salvo da sua avó e as outras bruxas más que poderiam te matar.
-E você?
-Eu nunca fui boa em feitiços e essas coisas, por isso não me consideram uma ameaça,também posso prever o futuro, mas só de vez em quando. Aliais Giselle, você fará uma amiga aqui no Brasil.
-Brasil? Eu estou no Brasil?
-Você ia para os Estados Unidos, mas acabou caindo do navio e veio parar aqui.
-AI!!!! Acabei de lembrar, as minhas malas!!!
-Não se preocupe, eu trouxe elas com um feitiço.
Eu olhei para o chão e as minhas malas estavam lá.
-E sobre a garota que você falou?
- Eu não sei de todos os detalhes, mas parece que ela passa um tempo numa cidade perdida, ela é uma fada.
-Uma fada? Ela é pequena?
-Não, as fadas agora são do tamanho dos humanos e tão poderosas quanto bruxas, nunca vi uma de verdade, mas dizem que existem varias. É melhor você ir, sua avó vai vir aqui mais tarde.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário