23 de maio de 2011

A Borboleta negra- capitulo 3- A traição

-Tem algo de errado- Ela disse.
-Ela esta apaixonada- Disse Jennifer.
-Não, é isso, tem algo de errado nele.
-Você é paranóica Giovana.
Quando todos já tinham ido dormir Luis foi até a tenda de Delina, a perna dele estava bem melhor, conseguia andar sem fazer barulho, ele tirou uma adaga de pedra negra de um cinto que estava escondido debaixo da roupa, ele se aproximou da cama com a adaga na mão... Mas quando já estava bem perto ele parou, alguma coisa dentro dele o impedia. Ele saiu do acampamento e foi para o parque se jogou na grama gritando:
-PORQUE EU NÃO CONSIGO MATA-LÁ?? Já matei tantos, por que com ela é diferente?
Ele ficou lá durante um tempo quando viu uns homens se aproximando, eram os caçadores.
-Rick!!! Que bom te ver, já matou a garota? Onde é o esconderijo dela
-Não, ainda não. Não sei onde ela mora. Mas por que querem mata-lá?
-Ela matou nossos parceiros é perigosa. E sem falar que ela é uma fada, e todos sabem que fadas podem fazer com que as pessoas se apaixonem por elas. E ela fez a mesma coisa com você não é mesmo?
Rick começou a acreditar que ela o enfeitiçou. Como seria possível ele gostar dela em apenas dois dias? Um ódio começou a crescer dentro dele.
-Ela mora naquele lugar abandonado. Amanhã à noite vocês podem atacar o lugar eu vou manter ela longe do acampamento.
Na noite seguinte Rick e Delina saíram e os caçadores invadiram o acampamento, foi uma massacre, a única fada que já tinha ficado frente a frente com um caçador era Giovana, ela não sabia como eles haviam conseguido encontrar o acampamento, já que era protegido por um feitiço mas ela tinha uma leve suspeita, ela não podia avisar Delina, as outras fadas precisavam dela, ela teve que se esconder para não ser morta.
“Por que eles não estão capturando as fadas? Geralmente eles fazem experiências com fadas capturadas, por que não capturaram nenhuma”
De repente uma frase apareceu em sua mente que fez o seu sangue gelar:
“Por que eles vão fazer varias experiências em uma fada só... Borboleta!!!”
Quando Delina e Rick voltaram os caçadores estavam esperando por eles.
- O que aconteceu aqui? Cadê as outras?- Ela perguntou.
-Delina, há quanto tempo, como vai o seu pai? Ah, é mesmo, eu matei ele.- Um dos homens disse.
Os olhos de Delina se arregalaram, era Marcos o caçador que foi na casa da sua família.
- Luis, fica atrás de mim- Ela disse
Rick largou o braço dela e foi para o lado dos caçadores.
-Luis?- Marcos riu- Esse foi o nome que você inventou? Delina... O nome dele é Rick. Levem ela- Ele ordenou
Os outros caçadores correram atrás dela, ela tentou sair voando, mas uma flecha de metal atravessou a asa dela e ela caiu no chão.
-Eu confiei em você!!!-Ela disse
“Eu também”- Ele pensou
Os caçadores colocaram ela numa jaula a prova de magia, Marcos entregou um saco de dinheiro a Rick. Os Caçadores foram embora e ele ficou ali no antigo acampamento. Giovana se aproximou dele e o agarrou por trás.
-PARA ONDE LEVARAM ELA?!-Ela gritou
-Parece que sobrou uma... Ela vai ter o que merece.
-Como assim? Ela não te fez nada.
-Ela me enfeitiçou, o Marcos disse que fadas podem hipnotizar as pessoas.
-E o babaca acreditou, como humanos são burros, não está vendo que ele te enganou?
-Como é possível que eu tenha me apaixonado por ela em tão pouco tempo.
-Como, eu não sei, mas ela gostava de você, e ela nunca foi boa em feitiços, não tinha como ter sido ela. Eu te mataria agora por ser tão tonto, mas preciso de você para achar a Borboleta.
-O nome dela é Delina. Eles a levaram para a casa do Marcos tem um laboratório embaixo.
A casa parecia com uma casa normal, mas embaixo dava para ver que havia um enorme laboratório. Giovana estava procurando Delina, que estava presa numa jaula de vidro.
Os dois entraram lá e lutaram contra os caçadores. Quando entraram na sala que Delina estava ela atacou ele.
-Seu traidor, eu vou quebrar sua outra perna.- Ela dizia pulando em cima dele.
-Delina, eu sei que eu fui um idiota, me perdoe
-Perdoar você?Por sua causa todas as minhas amigas estão mortas, Eu deveria te matar agora mesmo.
-E por que não faz isso?-Giovana perguntou.
-Ei! Eu quero ficar vivo!-Ele disse- Delina, eu não sei como, mas eu te amo.
-Eu acho que vou vomitar- Disse Giovana.
-Mas por mais que você seja um idiota, eu não consigo parar de gostar de você.
Giovana realmente estava vomitando, ela virou o rosto quando os dois se beijaram, Giovana, definitivamente não era uma fada romântica, aquela cena foi cortada quando Marcos apareceu.
-Sabia que iria atrás da sua fada- ele disse.
-Você me enganou, ela não pode me enfeitiçar- Rick disse.
-Não me entenda mal, a missão da minha família é extinguir todos esses monstros.
O sangue de Giovana congelou, era isso que a mãe dela tinha falado, que ela era um monstro, talvez tivesse sido só o susto, mas agora ela não teria como saber.

Nenhum comentário:

Postar um comentário