25 de abril de 2011

Ultimo capitulo

Ele espumava pela boca, seus olhos estavam repletos de ódio e loucura, parecia obcecado com os tais amuletos.
                - Se não saírem daqui eu terei que mata-lás...
Ele agarrou a minha perna com força e começou a girar, não sabia se a minha perna iria se soltar antes dele me arremessar contra algo. Apertei a mão com força e percebi que ainda estava com a borboleta, não iria me ajudar em nada naquela hora, comecei a pensar, vou morrer aqui, nunca mais verei a minha mãe ou as minhas amigas Mariana e Karen.
O cristal começou a brilhar forte, o brilho ofuscou o monstro que me soltou, eu fui em direção a parede e bati com muita força, primeiro eu pensei que estava morta, mas não, eu estava viva, olhei para ver se tinha quebrado alguma coisa e percebi que estava com uma roupa feita de pétalas de flores, e agora eu tinha asas. Não sentia dor, que dizer, parecia que eu só tinha levado um tombo, mas estava bem. Tomomi olhava espantada para mim, o monstro veio para cima de mim e eu consegui levantar ele e arremessá-lo contra a parede, eu era forte, achei que ele ainda estava vivo por que ele era pesado e não consegui joga-lo com força.
Me virei para ver se Tomomi estava bem, mas o monstro me agarrou de novo, e eu não conseguia me mexer. Tomomi que estava parada o tempo todo, parecia que tinha acordado de um transe, ela começou a chutar o monstro, o cristal no bolso dela começou a brilhar e ela ganhou asas que pareciam cristais de gelo, e um vestido grande e grosso, ela levantou o monstro com uma só mão, ela era bem mais forte, torceu o braço dele até ele me soltar, nós duas demos um soco que o fez atravessar a parede, vimos ele cair numa profunda escuridão que parecia não acabar mais, depois de um bom tempo escutamos ele bater no fundo, nada teria sobrevivido aquilo. Nós duas nos sentamos não acreditamos no que tínhamos feito.
O chão começou a tremer e vários monstros apareceram brotando do chão, nós duas tivemos que levantar vôo para não sermos pegas.
-Quero que conheçam o primeiro grupo de caçadores, cada um de nós passou anos procurando os amuletos da magia
- Amuletos?
-Essa borboleta de cristal, ela é o símbolo das fadas me de ela!!!
-Não!!!
Ele pegou Ice pelo braço e me pegou pelo pescoço, e disse:
-Arranquem o amuleto!!!
Comecei a me debater mas ele estava apertando o meu pescoço,eu estava quase desmaiando quando eu senti as minhas mãos ficarem quentes eu apontei para o monstro e uma esfera de energia arrancou a cabeça dele e feriu outros, fiquei olhando para Ice , eu podia lançar bolas de energia pelas mãos. Ice começou a fazer a mesma coisa, eu achei assustador.
Quando derrotamos o ultimo monstro aconteceu uma coisa estranha, as ruínas se transformaram num luxuoso castelo, a biblioteca onde estávamos ganhou um lustre que iluminava toda a sala, os monstros desapareceram, uma pagina começou a ser escrita no livro:
“ Depois de mais de mil anos duas fadas, Lovelina Lótus e Iced Cristal, foram parar em Magictopia, e apesar de serem apenas crianças, elas encontraram os amuletos, e derrotaram os caçadores amaldiçoados que reinavam na cidade.
As novas Princesas teriam muito o que aprender e juntar as fadas, bruxas e sereias novamente, reconstruir a cidade  e fugir dos caçadores que ainda viviam em seu mundo e escaparam da maldição.”
-Lovelina Lótus? Gostei desse nome.
-Eu Também gostei de Ice, como você acha que vamos reconstruir a cidade?
-Bem acho que do mesmo jeito que reconstruímos o castelo. Estou mais preocupada em como vamos sair daqui.
Nem percebemos que havia uma segunda porta na sala que parecia um portal, Ice empurrou a porta que deu para a floresta, nos duas saímos e fomos para casa.
Nós passamos as férias reconstruindo Magictopia, descobrimos que os lugares que criávamos eram ligados com lugares que conhecíamos. Meu quarto em Magictopia era ligado com o meu quarto de verdade, a praia das sereias era ligada com a praia das conchas, e assim por diante.
Meu quarto é muito bonito a minha cama é uma flor gigante, e eu tenho um jardim na sacada, o quarto da Ice cai neve, e o chão é feito de gelo.
Quando voltei para São Paulo levei duas pedras para a escola.
-O que é isso Tati?
-É o presente que eu prometi.
-Que é essa coisa?- Disse um garoto chato arrancando da minha mão, fiquei com medo que a pedra virasse algo e ele poderia visitar Magictopia o tempo todo.
-Ah é só uma pedra- ele disse jogando-a no chão. Pelo jeito a pedra só se transformava se a pessoa tivesse magia por dentro.
Mariana pegou a pedra e ela virou uma borboleta de cristal amarelo, ela era uma fada da eletricidade. Karen pegou a outra pedra que virou uma borboleta azul escuro, ela era uma fada da água,depois de explicar tudo pra elas eu as levei para conhecer Magictopia, Mariana passou a se chamar sugar e Karen Uise.
Aliais a Tomomi vai ganhar uma irmã, ela vai se chamar Kamila.
Bem chegamos ao final dessa historia, tudo acabou bem, aquelas ruinas se tornaram um luxuoso castelo, as nuvens cinzas sumiram e do alto do castelo pode-se ver o reino, a unica parte que continua um tanto assustadora é uma região ao Sul, o que será?

Nenhum comentário:

Postar um comentário